domingo, novembro 09, 2008

Como vocês sabem – ou podem imaginar – os EUA são o paraíso dos reality shows. Há realities sobre tudo o que vocês podem imaginar. Cirurgia plástica, top model, escola de etiqueta (comandado pela mulher do Ozzy, a Sharon Ousbourne – o que ela entende de etiqueta eu não posso imaginar!), maquiador de estrelas (!!!), estilistas, cabeleireiro, gordo tentando emagrecer, cantores/dançarinos, chefs de cozinha, atrizes para atuarem em filmes de terror (sério!)...até a paris Hilton tem um reality show (sobre o quê eu não sei, acho que é alguma coisa tipo modelo. Ou quem sabe aspirante a Paris Hilton). Mas o mais bizarro de todos é, sem dúvida, o Celebrity Rehab with Dr Drew, que passa no VH1. Sim, um reality show sobre celebridades que vão para reabilitação – seja por drogas, bebida, compulsão alimentar e outras adicções. Tem até canal só de Reality Show.

A primeira coisa que me impressionou foi: que celebridades são essas que eu nunca vi na vida? Aí fiquei pensando: deve ser tipo um Casa dos Artistas, que só tinha celebridades Lado B (aliás, queria aproveitar a oportunidade para mandar um beijo para o Alexandre Frota, na esperança que algum dia ele digite o nome dele no google e venha parar aqui. Frota eu te amo! O mundo ainda não está pronto para artistas do nosso quilate, mas ainda não desisti de te apresentar ao Tarantino e lançar sua carreira internacional).

Claro que esse programa só poderia ser passado na Califórnia, terra de gente realmente doida (aqui em NY eles são apenas aprendizes de maluco, quando eles se formam aqui eles se mudam pra Califórnia, onde só há profissionais). Especificamente em uma clínica em Pesadena. Eu só fico pensando: cadê o equivalente aqui ao Conselho Regional de Medicina que não caça o registro desses médicos? Filma-se tudo: as sessões de terapia em grupo, individual, os ataques de abstinência...esses dias tinha uma mulher vomitando numa lixeira.

E os tipos? Meu Deus...tem um que é um Robert Plant: coroa, meio louro, cabelo comprido...o cara tá sempre dando piti. Quando ele fala tem sempre aquele “piiii”, porque só sai palavrão. Tem umas louras estilo Pamela Anderson, todas adictas em comida, bebida ou remédio pra emagrecer.

Tem sempre a galera que aceita o tratamento e aqueles que “dão problema”. Quero saber se vai ter o momento catarse, onde eles realmente vão cair em si, aceitar que eles têm um problema que foge ao controle, que há um Poder Superior que tudo controla e pedir a serenidade pra aceitar o que não pode ser mudado, força para mudar o que pode e sabedoria para distinguir uma coisa da outra.

E quem são essas pessoas que estão ali tentando se “recuperar” ? Quem é o assessor de imprensa desse povo? Será que eles realmente acham que a carreira deles vai melhorar com isso? Essas pessoas não têm família, um amigo? Sim, porque a minha família nunca me deixaria pagar um micão desses. Se eles realmente têm um problema de adicção, então eles precisam de um tratamento de verdade e não aparecer na TV. Se eles não têm e estão forjando isso pra voltarem a ficar em evidência – se é que algum dia eles estiveram – meu Deus, então eles precisam realmente de um tratamento. De outro tipo, mas precisam.

Aí fiquei pensando: falta inventar reality show de quê? Escritores? Já pensaram? Tranca 15 aspirantes a escritores numa casa, com cadernos, canetas, laptops, dicionários e uma mesa pra cada. Bota eles pra fazerem oficinas de escrita, se corrigirem entre si (porrada! Porrada!) e vai eliminando cada um numa semana. O vencedor ganha um contrato com uma grande editora, um adiantamento pra escrever um livro e toda a campanha de lançamento deste. O nome poderia ser: “The search for the next Paul Rabbit” (aliás, ele poderia estar na mesa eliminadora). Outra idéia: realities de publicitários. Tranca meia dúzia de publicitário paulista, bota eles assistindo ao próprios comerciais e...taca fogo! Deixa queimar bem devagarzinho que é pra eles sentirem dor. De tempos em tempos um jato de gasolina.

Reality de faxineiro(a). Descobrir quem faz a melhor faxina – vários produtos de limpeza podem ser os patrocinadores, as provas incluiriam tirar manchas dificílimas das roupas, limpar misturas no chão, encerar, lavar e passar em não sei quanto tempo...

Pensei até num reality metanarrativo. Um reality show de criadores de reality show. Bota o Boni, o Roberto Justus, o Donald Trump, o Jorge Fernando e mais meia dúzia de diretores e produtores de TV. Quem sair vivo implementa sua idéia.

Eu tinha que trabalhar na televisão. Nos bastidores, só criando programas. O problema é que só aceito ser contratada pra começar do alto, já. Ninguém entende mais de televisão do que eu.

7 comentários:

Tati Tatuada disse...

Carrie o que você anda tmando que eu também qero. Me molhei de tanto rir do seu amor por Alexandre Frota e sua genial idéia para o reality Paul Rabbit.
Boa semana.
Bijo

trinity disse...

Carrie vc pode explicar melhor esse fascínio pelo Frota?

Pati Linden disse...

Ameeeeeeeeei as idéias de reality. E podiam fazer um só de criaturas magérrimas (essas modelos que só comem alface) tendo que comer só guloseimas, porcarias, fast food!!! Quem mais engordasse ganharia!!! Ah, e podiam fazer outro mandando algumas pessoas (eu entre elas) apenas para fazer compras em grandes centros mundiais, tipo Paris, Londres, Amsterdem, com cash liberado. Que tal? ehehehe
Aniver chegando, hein? Vais comemorar em NYC? Eu acho que vou novamente de novo mais uma vez pro Rio! Adoro!
Beijos
Pati Linden

Carrie, a Estranha disse...

Tati,

Tomo nada, não. Pior é isso.

trinity,

O Forta é tão, tão, tão q ele transcende as barreiras, entendeu (int). Ele não pode ser classificado mais como mau ator. Ele é q nem o Mario Gomes. Ele é um personagem de si mesmo.

Pat,

Hahahaha...Amei todos! Pronto, vc já é minha assistente direta!

Sim, niver chegando!

Bjao!

trinity disse...

Carrie vc poderia fazer uma pós-doc sobre o Frotinha ou ao menos escrever um artigo? Rsrsrs!

Stella disse...

Adorei!! Hauhauhau... você podia mandar sua idéia pra tv e virar a diretora do programa.

Primeiro manda a dos publicitários.
A-DO-REI!
uahhauahua.. :D

Beijos

Anônimo disse...

http://www.talpacreative.com/login?sid=26996