sexta-feira, junho 13, 2008


No filme Sex and the City Carrie, a Bradshaw diz que muitas garotas de vinte e poucos anos vão a NYC em busca de grifes e amor. Encontrá-lo – o amor – era quase tão difícil quanto um bom apartamento. Eu estou achando que achar um bom apartamento é mais difícil.

Todo mundo me deu a dica da Craiglist e me avisaram sobre a possível estranheza de alguns anúncios – como por exemplo de pessoas que alugam quartos a 200 dólares com a condição de que você faça todo o serviço doméstico de calcinha e soutien. Achei que era exagero. Daí me deparei com um apartamento lindo no Village, em Manhattam, pertinho da NYU, por...1 dólar. Isso mesmo, 1 dólar. O cara era um italiano de 39 anos que ia duas vezes apenas por semana à NY e procurava a Sexy Female roomate para certos arrangements. E pedia fotos.

Lá na minha terra a gente chama isso de Teúda e Manteúda.

Depois achei um anúncio super sério, com fotos ótimas do apartamento. No final: “it’s an alcohol/drug apartment”. Pensei comigo: 1) o apartamento usa drogas e bebe e 2) O apartamento é para pessoas que bebem e usam drogas.

Depois vi um outro em que um casal dizia não aceitar fumantes. Mas usuários de droga tudo bem. Quer dizer: cigarro, não. Crack e heroína tudo bem.



Acho locais no cu do Queens a 600 dólares.

Seguindo os conselhos da minha mais nova amiga de infância e leitora deste blog Raquel, moradora de NY, melhor é o boca a boca. Saí espalhando a notícia para todos os conhecidos e desde então tenho recebido alguns anúncios interessantes. O problema é que, se você tiver que alugar seu quarto, caro leitor, para alguém que acabou de conhecer e foi com a cara ou alguém que você só falou por e-mail, quem você escolheria? Pois é. Pelo visto acho que só quando eu chegar lá vou conseguir alugar alguma coisa. Até lá acho que ficarei em um hostel no Chelsea. 80/dólares o quarto single. Caro, mas ainda assim muito barato comparado a um hotel.
Vocês não podem espalhar para os seus conhecidos que eu estou procurando um quarto?

Às vezes eu me pergunto porque fui escolher a cidade mais cara do mundo. Aí meu orientador diz pra eu “não me intimidar por ter escolhido o céu”. Se eu tivesse indo pro Canadá ou pra qualquer outro lugar dos EUA a minha bolsa daria tranqüilamente.

Bom, mas aí não seria Nova Iorque.

5 comentários:

Ila disse...

CARRIE!!!

Você JÁ ESTÁ dominando o mundo!!!

:-O

tak disse...

Que legal acompanhar os seus preparativos para NY... Fiquei feliz quando li que você conseguiu a bolsa... Eu me identifiquei muito. To postulando uma bolsa sanduíche pro meu mestrado, em Paris, pra Janeiro. Mas já estou procurando lugar por lá e te digo que também não é nem fácil nem barato. O que eu arrumei até o momento foram alguns dormitórios da universidade com mensalidade de €550,00. É! Vida de estudante não é mole, mas acho que vale a pena! Saiba que to torcendo muito por você! Beijo e boa sorte.

Hetie & Claudio disse...

Carrie querida do coracao: Vou ver para vc qto seria a diaria no Pensilvannya na 7a... e praticamente na Brodway... fiquei umas 2 vezes la... tem uns mickey mouse"s passeando pelo quarto, as vezes, e sempre ficamos em andar alto, mas aonde em NYC nao tem rato??? (sao camundongos pequenininhos... desculpe se vc nao sabia, mas eh verdade... (por isso que o Disney criou o Mickey...)well... tambem vou ver com uma menina que fez estagio la no office e esta la agora, se ela tem algum conhecido, alguma coisa...depois te falo...beijos...)

Carrie, a Estranha disse...

Ila,

Rsrsrsr...

Tak,

Puxa, legal! Estou torcendo.

Hetie!

Nããão! Ratos?? Nããão, ninguém me avisaram, como diria um amigo meu.

Tudo bem. Se eu chega até lá não serão míseros ratinhos q vão me deter.

Bjs

Anônimo disse...

Carrie querida: no tempo que nao tinha inflacao aqui ainda dava para ir no Pennsilvanya NY. Agora, vamos supor que voce demore 1 mes para achar um lugar para ficar: voce gastaria mais de $6,000.00!!! achei um pouco demais, mas em todo caso, estou de passando o preco... (que absurdo, nao?!. Vou mandar o email para a ex-estagiaria do office. Beijos. Hetie