quinta-feira, março 22, 2007

Saco


Resolvi mudar os móveis de lugar no meu quarto, de modo a ter mais espaço na minha mesa, já que eu fico com dois computadores entulhando o meio de campo. Após arrastar móveis pra lá e pra cá eu descubro que a melhor posição é...a que estava anteriormente. Só que nessa brincadeira meu monitor não liga mais. Liguei pro técnico, pra saber se eu tinha conectado alguma parada errada e após alguns testes ele chega a conclusão que a placa de vídeo deve ter sido danificada nessa brincadeira toda. E ele só pode vir aqui segunda. Que ótimo. Agora além de um computador atravancando o caminho eu tenho um computador atravancando o caminho e que não funciona.

Fui ao ortopedista. Esperei horas, quando fui atendida o cara praticamente não me deu atenção – quando deu foi pra olhar pros meus peitos – depois mediu meus reflexos, mandou eu apertar a mão dele e disse que aparentemente eu não tenho nada no joelho nem no pescoço, além de uma tensão nos ombros – coisa que eu, que não fiz medicina, também sei. Me pediu uma radiografia dos dois. Quando foi me examinar disse: sua mão sempre sua assim? Quase que eu respondi: não, só quando um médico gordo, asqueroso e babão como você chega perto de mim. Disse: é que hoje tá quente. Ele: é, mas eu não estou suando assim. Eu: é que eu transpiro muito.

Isso que dá ser hipocondríaca. Quem mandou eu inventar problema onde não tenho, né? Não vou bater bosta de chapa nenhuma. Pra que? Pra ele dizer que “eu preciso fazer exercícios e alguma atividade relaxante como a Yôoooooga”?

Tô de péssimo humor. Mas daqui a pouco passa.

Vou pintar meu cabelo de preto mês que vem. Azulado.

2 comentários:

Dani Machado disse...

Tem uma piadinha na área da saúde que assim: Vc sabe onde esconder uma nota de 100 dólares de um ortopedista? Só colocar dentro de um livro de medicina. Reza a lenda que ortopedista não é médico. Cada dia isso se faz mais verdade, né?
Bjs

Carrie, a Estranha disse...

Hahahaha...muito bom, Dani! Acho q é verdade!