domingo, março 28, 2010

Efeito Lia

Sabem por que, no fundo, eu não quero que a Lia saia? Porque ela é uma mala sem alça, louca varrida, mas eu pareço um pouco com ela. Sabe gente que reclama de tudo, até quando está na final? Gente que começa a chorar de pensar que poderia ter ido pro paredão junto com o Cadu ou o Dourado - ao invés de ficar feliz porque não? Gente que deveria ter ficado quieta, mas resolve sempre abrir a porra da caralha da boca? Então. Sou eu. Prazer. Carrie Lia.

Quando eu morrer, escrevam no meu túmulo: "finalmente quieta". A frase que eu mais penso é: "por que eu não calo a minha boca?". Na boa? Conversando a gente NÃO se entende. Ninguém ensina nada a ninguém. Ninguém convence ninguém a nada, a não ser do que ele já quer ser convencido. Sócrates na veia: você só ensina para o aluno aquilo que já está dentro dele e você só faz aflorar.

Força, Lia. Você é mala, mas um dia você aprende. Eu ainda não aprendi, mas tenho esperanças.

PS: Detalhe: eu me meto em discussões que eu sequer concordo completamente com o ponto de vista defendido por mim mesma, mas me meto pelo simples fato de que não suporto dogmatismos. Tipo...se mata, Carrie. Pede pra sair.

16 comentários:

Alê disse...

Hahahahaha

Gostei do post.

Eu vou escrever para você essa semana e por favor, jamais eu chamaria alguém para participar de qualquer doutrina (tava lendo os comentários lá no Nervocalm e vi as colocações do pessoal).

Apenas estava achando engraçado que ao remarmos definitvamente contra a maré do que os outros acham, vira uma discussão sem fim.

Como disse Jung: "Sou eu próprio uma questão colocada ao mundo e devo fornecer minha resposta; caso contrário, estarei reduzido à resposta que o mundo me der".

É isso que eu procuro Carrie, a minha resposta.

Mas, eu não sento em cadeira para discutir religião, muito menos convidar ninguém a freqüentar nada.

O constrangimento e o deslocamento é o simples fato de sempre ouvir as mesmas histórias das pessoas, as mesmas teclas sendo batidas e nada de novo.

É Darwin, é Bíblia, é o inferno.

E tudo sempre gira em torno do poder.
Tudo sempre é a mesma justificativa.

No fim, mesmo seguindo um pensamento filosófico ou uma doutrina (nem sei como definir), eu gosto é de sentar, saber como foi o dia do meu próximo, ver o Dourado do Big Brother recitar um poema e ainda ver um e-mail dos meus primos da Desciclopédia onde está escrito que o coisa ruim (vulgo capeta) virou dono do tônico do Maracugina para ver se o povo se acalmava, porque nem ele mais agüentava levar a culpa por tudo.

Bom, meu assunto sobre pré-julgamentos e pré- questionamentos acho que termina por aqui.

Termino com essas três fases de Jung que eu adoro e no meu túmulo com certeza acho que vai vir escrito assim: "a que rema contra a maré".

Frases de Jung:

"Creio simplesmente que alguma parte do Eu ou da alma humana não está sujeita as leis do espaço e do tempo".

"O mundo dos deuses e espíritos é 'nada mais' que o coletivo inconsciente dentro de mim".

"O sapato que se ajusta a um homem aperta o outro; não há nada para a vida que funcione em todos os casos."

Continue assim Carrie, não mude não e eu espero que você e a Bel continuem bem e sendo amigas.

Esses assuntos sobre religião, de verdade, era a última coisa que deveria ser discutida em qualquer lugar e eu só não vou comentar mais na Bel porque eu cansei dessas histórias de religião e porque eu não vi um outro lado da questão e eu adoro um bate bola sobre qualquer assunto.

E isso não tem nada a ver com imposição de religião que um segue ou outro, mas é o simples fato de aprender o que eu não sei, o lado que eu não vi, sem julgamentos.

Sabe aquele seu post do Rubem Fonseca onde você mostra os dois lados dele?

Acho que é isso.

De verdade? Espero não ter me tornado uma chata com esse comentário (sim, eu ainda me preocupo com isso) e eu acho super legal suas colocações quanto aos seus pontos de vista.

Beijos

Alê

P.S.: Olha quanto ao se mata Carrie, pede pra sair, acho que no fim, eu fiz isso e já saí.

Alê disse...

O poema do Dourado ao qual me referi:

http://www.youtube.com/watch?v=dhh5BzAGgXQ

Eu não agüento a caracterização dele no final desse vídeo.

:D

Beijos

Alê

trinity disse...

Carrie você é muito muito inteligente e maravilhosa.
Tem pensamentos e argumentos sobre inúmeros assuntos! Por favor, não se compare a Lia!

Carrie, a Estranha disse...

Alê,

Vc sempre cita o Jung nas suas intervenções...vc é psicóloga?

Trinity,

Obrigada pelos elogios, mas eu sou malinha, tb.

Andrea disse...

Carrie, meu deus!!! Concordo tanto com vc.
Dogmatismos me matam. Estudo Literatura e vc não sabe o quanto tem gente que estuda a mesma coisa que eu e aposta em dogmas. E eu, burra, quero primeiro discutir, como se não houvesse amanhã, depois matar a pessoa limitada que está na área errada e só fica reproduzindo Bosis e Faôros, e depois me matar por que é claro que eu não vou dar conta de nenhum dos dois primeiros passos.
Já tô quase me jogando na Linguística, mas meu senso do ridículo não deixa. Me identifiquei muito com a Lia. Nunca opto pelo mais fácil, pelo mais vantajoso, sempre entro em discussões a toa e que só me levam a ser vista como louca ou rebelde. Ou seja: Burra bagarai!Na outra vida quero sair Fernanda e ficando na aba dos "coração bão".

Carrie, a Estranha disse...

"Já tô quase me jogando na Linguística, mas meu senso do ridículo não deixa".

Chorando de rir aqui com esse comentário!!!

Miss Jones disse...

PELAMORDEDEUS!! ALGUÉM ME EXPLICA O QUE ACONTECEU?! COMO ASSIM A FERNANDA FICOU E A LIA SAIU?? O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM ESSE POVO?? VAMOS ATURAR A SAFADA NA FINAL AGORA, É ISSO?? A mulher faz a putaria que faz e ainda fica na final??
É isso aí... bora matar geral. Nesse país,quanto mais merda a gente faz na vida, mais se dá bem... cidadão ético é o cacete, vamos ser éticos a troco de quê?? Vamos sacanear os outros mesmo pq é esse o caminho do sucesso...

Aff me estressei. Absurdo total. Só me falta agora ela ganhar o BBB...

Carrie, a Estranha disse...

Miss Jones

Tá em segundo.

Lila disse...

Super me identifiquei com esse post. Eu sou assim: falo quando não pode, discuto quando ninguém quer ouvir e defendo pontos de vistas mesmo sem ter tanta certeza deles, principalmente quando alguém é contrário. Aí, meu rei, tô dentríssimo lutando até o fim. Amo seu blog e força no concurso. Tomara que vc passe.

Carrie, a Estranha disse...

Oi Lila,

Muito obrigada. Mesmo.

Um beijo

Bianca disse...

Caraca, gente. Odeio a Lia.
Carrie, não se compare a ela. Eu adoro você. :)
Dei pulos de alegria qdo ela saiu. Aliás, acho absurdo ela ter permanecido até ontem. Como acho um absurdo o Dourado ganhar. Ele é um ignorante. Na verdade, podia acumular essa merda pro ano que vem, pq merecer mesmo, ninguém merece.

Andrea disse...

Pô, Bianca odeia mesmo...Seu ódio está reverberando em 3 coments...Deixe o amor entrar em sua vidaaaaa...

Carrie, estou desolada e não vejo mais BBB. Fora Boninho! (hahahahha, bem tosca e fanática)

Carrie, a Estranha disse...

Nããão, Bianca. Dourado é rei. DouRei (péééssima). Cadu é príncipe.

Andrea,

Sua torcida era pra quem? Aliás, foi pra alguém neste BBB?

Andrea disse...

Lia, claro!, desde que ela tirou a Tessália da posição de mocinha com vozinha de hello kitty para o Bial. Gosto do Cadu também pq como vc falou ele é príncipe, do tipo difícil de encontrar por aí. Só não gosto muito da torcida do Cadu, os moderados chatos, que votaram pra Lia sair e agora vão tomar Fernanda em segundo lugar pela cara. Aiiii, gente sem noção estratégica....rs

Andrea disse...

Perceba que eu não ando torcendo muito pelo português, ultimamente. Liga não, comentário mal escrito é estilo...rs

Alê disse...

Morrendo de rir com os coments da Andrea.

Toda vez que vejo o Dourado eu só lembro dos filmes do Rocky Balboa.
Acho a história do Dourado parecida.

Beijos

Alê