sábado, maio 02, 2009

Ideias incríveis, fantásticas, sensacionais.


Tive uma idéia para um vídeo game – pode ser também um jogo de tabuleiro, depende das empresas interessadas em me patrocinar, ou quem sabe as duas coisas. Trata-se de um vídeo game para mulheres. O objetivo do vídeo game é arranjar um marido e levá-lo para o altar. O jogo pode se desenrolar num labirinto, tipo o velho pac man (mas, claro, com a tecnologia que se tem hoje em dia, dá pra fazer coisas incríveis, terceira dimensão...) – ou patamares, andares, esqueci qual vídeo game tem isso – onde a mulher anda por ele, arrastando o homem, e lá no final um altarzinho e um padre esperando. Vizualizaram? Mas até lá vários obstáculos vão surgir. Exemplo: ex namoradas-encostos, que não largam do pé. Tá andando, surge uma ex namorada do nada. Aí a mulher tem duas opções: tirar do seu buquê mágico – sim, ela terá um buquê mágico – uma espada destruidora de ex-namoradas (o problema é que ela só terá direito a usar a espada 3 vezes e surgem entre 6 a 9 ex-namoradas. A mesma, claro) ou desviar. Só que se ela desviar a ex pode voltar. De repente, um filho de um relacionamento passado surge! Daí você tem que arrastar o potencial marido e o moleque – que, claro, vai começar a dar problema na escola, ter DDA, se envolver com drogas pesadas, engravidar alguém, bater de carro, arrumar briga em boate...Outro obstáculo: um tonel de pinga de 20 litros cai sobre a cabeça do homem e aparece um aviso: “seu namorado virou alcoólatra” (e também cocaína ou outras drogas, a ver). De novo, as opções são: não deixar o tonel cair nele ou, uma vez caído, ir ao AA. E os obstáculos vão surgindo: “nossa! Você engordou 10 quilos” – nisso o namorado fica um pouco mais longe de você. “Gravidez indesejada”. “Amiga interesseira”. “Ex-mulher psicopata”. “Sogra peçonhenta” e por aí vai.

Pode rolar um tipo War também: “seu objetivo é casar com um jogador de futebol e ganhar pensão para três filhos”. Isso! Os homens podem ter profissões e cada jogadora tira um objetivo – no caso de ser um jogo de tabuleiro. Aí pode tirar aquelas cartinhas amarelas: “você realizou uma cirurgia plástica nos grandes lábios que não deu certo. Volte duas casas”, ou “Ih!!! O silicone estourou a uma semana do casamento! Volte cinco casas até se recuperar” ou “Clube de swingue!! Troque de parceiro com a jogadora à direita!” ou quem sabe ainda: “você descobriu que é lésbica. Abandone o jogo e leve a amiga da esquerda junto”.

Pensando bem talvez fosse melhor ser um jogo para homens e mulheres. O objetivo da mulher seria casar e do homem fugir com a vizinha boazuda pro Caribe, ou “você se tornou um ex-BBB, chute a baranga que está com você, afinal agora pode pegar geral!”. Ou ao contrário: “você emagreceu 20 quilos, suas ações estão em alta! Pegue um homem melhor do que esse!”. Ou: “Carta da DR: fique três rodadas sem jogar”.

Cara, eu sou um gênio. Eu fico boba de ver a quantidade de idéias incríveis que eu tenho por dia. Eu só não sou milionária porque ninguém me descobriu. É porque esse país não valoriza as pessoas de talento! Pensem bem, galera: além do mais pode entrar na categoria “brinquedos educativos”.

Grow? Estrela? Alguém?

9 comentários:

Anônimo disse...

Gostei mais da primeira opção: tipo assim jogo do Mario de quem tenho muitas saudades. Pode contar comigo: serei a primeira a comprar.Sucesso, em tudo!

Carrie, a Estranha disse...

Valeu Anônima! Bjs.

Stella disse...

Seria no mínimo hilário! :D
Po, se eu fosse você registrava logo essa idéia em cartório... vai que daqui a pouco aparece mesmo um jogo assim... :X

Beijo

Paula Clarice disse...

Gente, essa idéia é sensacional. Larga a acadimia e investe nisso, hahaha

Dimy disse...

seria realmente O sucesso, principalmente SE houvesse realmente a possibilidade de alguem conseguir chegar ao sim ,da parte dele...bem, pensando melhor nos obstáculos...acho que a mulher deveria tb ter um aparte, um dexaplánumqueromaiscasá, sacumé?, gente, é muito sofrimento!!!!Já pensou se isso existisse de "verdade"?Aff!!!Ainda bem que não, é tudo um mar de rosas cor de rosa nessa vida...valha-me Deus que é!!!
Para os aficcionados em terror seria um prato cheio!
Mas aviso, de amiga, vá primeiro a uma advogada, p firmar acordos, já pensou se alguém resolve que quer fazer isso na própria vida???Já até vejo manchetes, nas "melhores" revistas:A foto da tal louca ensandecida apontando para o jogo e dizendo, com voz embargada:"Tirei a idéia DAQUI!!!"
Bom se precaver, tem cabecinha p tudo no mundo!!!
Carrie, a estranha, amo vir aqui "te ler"!!!
beijos

B. disse...

hahahaha. Você faria dinheiro na profissão de desenvolvedora de games. certeza.

Flavia Oliveira disse...

Hahaha!!! Ri muuuuuuuuito com as cartas do jogo de tabuleiro. Só você mesmo para ter essas idéias.

Olha, esse joguinho (http://www.missbimbo.com/) não é exatamente a sua idéia, mas tem alguns conceitos parecidos. Li sobre ele no blog Just Lia (http://www.justlia.com.br/2009/04/miss-bimbo/) e lá ela explica sobre o jogo.

Surreal...

Beijos!

Livia disse...

Esse é o jogo da minha vida!
Se eu tivesse dinheiro, te patrocinava!
Beijos

*Ta* disse...

Muito bom !!! Finalmente um jogo de video game q eu gostaria de jogar !! hahahaha !! Não vejo muita graça em jogos de futebol, nem corridas de carros... Guitar Hero até vai... mas essa sua idéia foi genial !!
Ia conseguir fazer com que mulheres que não gostam dos jogos q eu citei passassem a gostar de video game !! hehehe !!
Depois do doutorado, corre procurar um patrocínio !! hehehe !
Bjoss !