segunda-feira, dezembro 22, 2008

Que coisas

Minhas Meninas Superpoderosas foram ao dotô. Elas passaram a noite lá. Realmente eram vírus e mais vírus que estavam deixando-as lentas e cansadinhas, sem seus superpoderes. Desde a invasão russa elas nunca mais foram as mesmas. Espero que depois disso meu ponto de interrogação volte, já que, de certezas bastam as minhas. Eu preciso de dúvidas.

Mas o gênio que fez a rede wireless aqui de casa esqueceu de me dar a senha. Daí que, como foi tudo reinstalado, não consigo me conectar pelas Meninas. Aí me disseram que deve ser uma senha básica, meio padrão, do tipo 123456789A ou do tipo, mas tentei isso mais algumas opções parecidas e nada adiantou. Resultado: vou ter que chamar o homi aqui.

Conserto de computador: 60 reau. Ter paz de espírito vendo seu computador funcionando: priceless.

Enquanto isso, escrevo em Alcides, meu computador de mesa. Alcides ganhou uma tela dessas fininhas que mamãe trocou por pontos no banco e novos teclados. Tudo pretinho. Mas ela achata as silhuetas (a tela, não mamãe). Acho que tem alguma configuraçãozinha que eu posso mexer pra melhorar, não tem?

Alcides tá bom, apesar de ter 39,9% de sua memória de 40 GB ocupada. Tem horas em que ele confunde as pessoas, acha que é uma máquina de escrever, troca datas, chama pelo nome errado, se perde na rua - enquanto algum vizinho vem entregá-lo em casa - mas fora isso está bom. Só não gosta de Skype. Alcides não dá certo com Skype. Ele também vai no dotô (mas shhh!!! ele não pode saber).

E olha que Alcides nem é tão velho assim. Ele recebeu um super up grade ano passado – forçado, é verdade, devido a uns pobrema de saúde. Mas acho que Alcides vai precisar de mais memória. Ou então era saudade de mim. Já falei pra ele que não tinha como levá-lo pra NY, que eu não prefiro as Meninas a ele, que é apenas uma questão prática, já que ele é maior e elas são maiores... Ainda mais agora que ele tá de tela e teclado novo. Tá até mais confortável que as Meninas. Eu realmente não tenho preferência. Mas Alcides é temperamental. Pior que ele só Cleide, minha impressora.

Essas minhas crianças...mas a saúde delas é o mais importante. Elas estando bem, eu estou bem. O que a gente não faz pelos filhos, não é mesmo? Entrando o ano com eles vermifugados e vacinados, tudo vai bem. Eu ainda estou sem plano de saúde, mas isso é o de menos. Primeiro a saúde de minhas crianças.


***


Pelo menos não tá tão calor né, plebe? A chuva deu uma boa aliviada no frio. Que continue assim pelo verão todo – menos a parte das catástrofes.


***

Além de Boa Forma, outra publicação editorial de alto nível intelectual que assinamos em Versailles e que preciso urgentemente me atualizar é Quem Acontece. O problema é que, ao contrário da primeira, esta é semanal. Então são 16 Quems Aconteces. E você sabe, né? Para o mundo das celebridades 4 meses é o tempo de descobrir o amor da vida, noivar, casar, engravidar, perder o filho levar porrada, separar e o cara ainda por cima aparecer morto em quarto de motel.

Fico sabendo que o Marcelo Camelo, que é da minha idade, quase (tem umas pessoas que eram da minha idade e de repente param de ser. Pra mim ele tinha 32, mas tão dizendo que é 30, então tá), tá namorando a Mallu Magalhães, cantora, de 16; vejo o casamento da Sandijunior com o Lucas Lima (não vou comentar o fato dele estar postando no blog dele em plena lua de mel ao invés de estar postando em outro lugar. Não vou. Não insistam. Acho que eu também postaria na minha lua de mel. Acho esse negócio de lua de mel extremamente anti-clímax e broxante. Mas o que eu sei, não é verdade? Nunca me casei) – aliás, eu gosto da Sandijunior. Não das músicas, mas dela a nível de selumano enquanto pessoa-gente. Também fiquei sabendo que ela mandou instalar duas portas blindadas no apartamento de 250 metros quadrados que eles vão morar em Campinas. Que coisa.

Sabem quem pegou o bouquet da Sandijunior? A Ellen Jabour, ex do Santoro. Que coisa.

O Sandijunior fez dança do “Trilher”, do Michael Jackson, na festa de casamento da irmã, a Sandijunior. Que coisa! O Sandijunior tentando ser mal é realmente uma coisa.

Vejo outra foto mais bizarra (se é que é possível) da Amy Winehouse. Quantos meses vocês acham que ela dura? Vício de crack, minha gente. Enfisema. Não tem chance de recuperar. Uma pena.


Casamento de Juliana Paes; brigas de Luana e Dado (dado, dado, cada um no seu quadrado); morte do Pê Eme da Suzana Vieira (nós, aqui do Sublime, acompanhamos a saga de Suzana); namoro de Luana e ex-de Ivete; Galisteu com Alexandre Iódice; Claúdia Leitte-com-dois-Ts dançando de barriga de 8 meses em trio elétrico; Daniele Winitis que tatuou o nome do filho no braço; Ticiane Pinheiro dizendo que agora não é mais a filha da garota de Ipanema, nem a mulher de Roberto Justus, mas está sendo reconhecida pelo seu trabalho...que coisa.


Aliás, tem umas mulheres que sempre pegam os mesmos homens, vocês já notaram? Luana Piovani, Adriane Galisteu, Ivete Sangalo tão sempre namorando os mesmos caras. Uma larga, a outra pega. Os caras também são basicamente os mesmos: Rico Mansur, Felipe Simão, Aquele alguma coisa Rangel...


***


Meu ídolo, (não, não é Frota), Silvester Stalone, está no Brasil procurando locações pro seu próximo filme. Será sobre mercenários que ajudam a derrubar uma ditadura na América Latina. Quem me contou foi o Wagner Montes, que tá com programa depois do almoço.

4 comentários:

cris disse...

teu ídolo coisa nenhuma. NOOOSSSOOO, tá, que eu amo o rocky balboa!!! ah, e wagner montes aqui em casa é programa obrigatório na hora do almoço, tá pensando o quê? minina, quando é que vc vai me convidar pra dormir em versailles de novo, hein? preciso atualizar minhas leituras, hehehe. [deixa eu te contar rapidinho: o namô é o fofinho que agora habita meu coração. é piloto, vive voando pra lá e pra cá, me deixa louca de saudades. ah, o amor...]

bjs!!!!

tak disse...

EI, benvinda de volta às nossas terras molhadas, menina Carrie!!! Ah! E ontem passou Rocky I em algum canal obscuro a cabo. A versão dublada! Mais clássica ainda.. Beijo!

Anônimo disse...

hahahaha, Carrie, vc perdeu coisas incríveis de serem acompanhadas nas bancas de jornal, naquela atualização básica q fazemos de manhã, na correria pro ponto do ônibus. Dessas notícias, a melhor (pois, afinal, a criatividade dos jornalistas da imprensa marrom é impagável) foi pós-briga Luana e Dado. A manchete ilustrada de capa de um desses jornais meia-hora-cinquenta-centavos era:
"LUANA NÃO TEM MAIS [foto do Dado]EM CASA!!!"
hahahahahahaha "sacou?", kkkkkkkkkkkkk
quase fiz xixi na calça!
Seja bem vinda!!!
Amana

PS: Faltou comentar o Fábio Assunção, minina!

Carrie, a Estranha disse...

Cris,

Comentário de Formiga Irmã: nossa, nunca vi um piloto ao vivo! Eu tb acho q não! Rsrsrs...

Tak,

É, a versão dublada é um crássico.

Amana,

Hahahahaha...cara, esses jornais são os melhores!

Sobre o Fábio Assunção, esse eu fiquei sabendo ainda nos States (o mesmo com o caso da Luana). Formigas Mãe e irmã me informavam sempre.

A pergunta é: nem na ficção poderiam inventar um casal mais perfeito q Luana e Dado. Como ninguém nunca pensou nisso antes? Os dois mais malas, estrelas, canastrões e barraqueiros da TV juntos! Cara, melhor do q eles só o casamento do Frota e da Claudia Raia na candelária.

Bjs