terça-feira, outubro 14, 2008



Nem é pra fazer suspense...é porque eu fico sempre na dúvida se divido coisas que acontecem com os outros. Não é a minha vida. Quando é a minha, tudo bem. Eu decido. Mas quando envolve outras pessoas...sei lá. Até que me dei conta de que algumas histórias pertecem ao meu público (clap,clap,clap...obrigada, obrigada). Um escritor não é exatamente alguém legal. Ele às vezes compra inimizades. Eu perco o amigo, mas não perco a história.
A gente vem pra NY e acha que vai encontrar um roommate que nem o Chandler, a Rachel ou a Mônica (nossa, seria óóótimo morar com a Mônica! A gente ia se dar super bem! Iríamos trocar métodos organizacionais, competiríamos pra ver quem é a mais limpa, conversaríamos sobre dieta, poderíamos correr no Central Park juntas...os pratos que ela faria eu eu comeria...nos dariamos muito bem). Até com o Joey seria legal morar – fora o entra e sai de mulher a gente veria Baywatch ou qualquer outro seriado podre amarradões na poltrona, enquanto tomaríamos uma cervejas e comeríamos pizza. Com o Ross tambem seria ótimo – mas o Ross nunca teve rommates. A gente conversaria sobre a vida acadêmica, sobre o Museu de Historia Natural, sobre ciencia e cultura. Com o Chandler nem se fala. A gente faria piadas non sense e joselíticas e os dois ririam. Com a Rachel, conversaria sobre moda. Com a Phoebes eu trocaria massagens por letras de música.

Mas não.

A vida real não é Friends. Seu roommate nao vai “…be there for you...". O melhor roommate é o que menos aparece. Não sendo a roommate da Bridget Fonda em "Mulher, solteira, procura" já tá valendo. E era isso que eu achei que eu tinha conseguido.
Se lembram que eu tinha dito sobre minha mãe e irmã ficarem aqui e o quanto ela cobraria? Pois é. Sabem qual foi a resposta ao "não se preocupe com isso"? Um e-mailzinho dela dizendo que o "preço" dela era 87 dólares por pessoa por dia (o que daria 174 por dia), mas, como era pra mim, como ela queria me ajudar (sim, com essas palavras), ela faria por 120 as duas pelos dez dias (Sendo que 3 dias estaríamos no Canadá). Mil e duzentos. Olha que gentil! Ah é: e ainda pedia pra eu pagar adiantado e deixar a casa como estava (quase que eu disse: então é pra sujar?).
Hein? Eu já paguei quase tudo e ela ainda acha que eu posso dar o cano nela? Eu já desconfio que pago o aluguel dela quase todo e ela ainda precisa lucrar quase o dobro com a estada da minha mãe e irmã? E o budismo, onde fica nisso tudo?
Tudo bem, hotel em NY tá caro, mas...essa pocilga não é um hotel. Não vai ter camareira limpando todo dia. Não vai ter café da manhã, exceto o que eu comprar no supermercado. E eu não sei quanto a vocès, mas, na minha terra quando alguém diz, em termos de preço, "não se preocupe com isso" é sinal de que não vai cobrar ou vai cobrar tão pouco que eu não preciso preocupar. Então ela foi me enrolando, enrolando, dizendo pra eu não me preocupar pra no final dar essa facada. Já que o "preço" dela é esse, porque ela não disse logo de cara? Detalhe: para a Raquel ela tinha dito 80, pra mim já foi 87. Eu vi um hotel em Chelsea, Manhattam, por esse preço.
Já que quer cobrar, porque não dividiu o mês por 31, o que daria 24,50 e multiplicou pelos dias? E que história é essa de cobrar dias em que não estaremos aqui? Vai cobrar a mala delas que vai ficar aqui, enquanto formos ao Canadá?
(continua logo mais, porque estou morrendo de sono e cansaço...juro que não é suspense)

18 comentários:

Pil disse...

Putz! Que dureza! Pior é que sempre que me falam "não te preocupa com isso" é ai mesmo que me preocupo. Sempre vem com essa de sou bonzinho pra depois enfiar a faca na maior cara de santinho. Tomara que tu tenhas optado por um hotel, pq na boa, ninguém merece pagar pra ficar na suja e ainda parecer que é um favor!!1

Ah! Pra te animar, tava lendo um blog e vi uma dica sobre uma Candy Shop em New York que acho que tu vais curtir conhecer, eu pelo menos, adoraria comprar muiiiiiiitas balas pro lá!!

Segue o link: http://www.davidlebovitz.com/archives/2008/10/papabubble.html

bjus

Lidiane disse...

Olá, Carrie!!!

Nossa, fiquei decepcionada com essa grega porca safada... e mto puta tb. Esse povo é mto escroto!!! Só pensa em ganhar dinheiro às custas do sofrimento alheio. Por isso que brasileiro é fodido. A gnt é mto bonzinho e acredita nas pessoas. Temos um coração puro e cristão católico(como diria um antigo professor de história :) hahaha). E esses vagabundos são a própria encarnação do capeta.

KKKKK!!!!

Exagerei e fui longe, não?

Bjos

a que deseja disse...

É, também acho que o hotel seria a melhor opção. Mesmo que ficasse um pouco mais caro, pelo menos não passaria a imagem de favor, como disseram aí em cima.

E no hotel elas vão ter mais conforto e higiene, acho que vale a pena gastar mais por isso.

É triste se decepcionar com as pessoas, né? Pq porca td bem, mas fdp já é demais, rs.

Beijo

Joel disse...

Para com isso, Carrie. A casa é dela, ela cobra o que bem entender. Você sabia muito bem o que podia acontecer, tanto que escreveu a respeito. Se não se preparou para isso, a culpa não é da grega. Vamos parar com esse negócio de nos acharmos os coitadinhos, que as pessoas deviam nos tratar melhor. Esse colonialismo idiota aqui do Brasil que acha que alguém tem que resolver os nossos problemas.

A meu ver você tem duas alternativas, procura outro lugar ou negocia o preço (cadê o Salim nessas horas? chama Salim!). Chega para a grega e diz, ofereço tanto. Quer?

Manhatan é cara para dedéu. Ponto.
E muito cuidado com esses hotéis mais baratos. Os bons estão sempre ocupados (me falaram de um no SoHo que seria bem legal mas nunca tem vaga). A maioria é pocilga (você vai achar a casa da grega um paraíso de limpeza em comparação).

Carrie, a Estranha disse...

Pil,

Vou ver o link. Sim, é essa a minha opção.

Lidiane,

Hahaha...é pegou pesado...


Nem digo "as custas do sofrimento", só não venha me dizer q tá me ajudando, ne?

A que deseja,

pois é. Eu tb acho.

Joel,

Não é isso. A questão não pe essa. Ela pode cobrar o qto quiser. Mas pq não disse logo? Se ela é tão "profissional" assim, pq precisou de "tempo para pensar" e me disse q eu não precisava me preocupar. Porra, 87 por dia por pessoa é pra eu não preocupar? Só se for non planeta dela. Pq me fez crer o contrário? Parece q ela armou uma "cilada" pra eu cair? Cara, eu sou pobre mais sou orgulhosa (além de limpinha). Agora não quero nem por 10 o dia.


Além disso, eu já pago o aluguel dela quase todo! Não há limites pra ganância? Se eu resolvo denunciá-la pro proprietário ela tá fudida. Ele pode despeja-la pq aqui ha leis muito rígidas sobre sublocação. E o pior: o cara fica atrás de mim.

Escute a segunda parte da historia. Houve negociação.

Cara, vc realmente nao sabe o q é casa da grega em termos de sujeira. Eu tenho ido a hoteis e até albergues.

E o pior foi o tom de estou te fazendo um favor. Ah, vá a merda. Não tá mesmo.

Bjs a todos.

Joel disse...

Paz e amor, ok?
Tudo bem, eu só sei aquilo que você escreve - aliás, eu não posso escutar a segunda parte porque ela está escrita e não gravada, ok (perco a amiga mas não perco a sacaneada)?
Mas, estava óbvio que ela não ia dar mole. Novamente, você mesma estava desconfiada.
Se ela consegue uma forma de pagar o aluguel para ela, problema dela. Tem um amigo meu que costuma dizer que sacanagem é aquilo de que a gente não faz parte.
E, peace and love, peace and love, nessa estória de sublocação ilegal, não atira a primeira pedra que precisa de duas partes para gerar a sublocação ilegal e você é uma delas. peace and love.

Para não parecer que eu sou só do contra, se ainda tiver alguma dificuldade com a hospedagem eu tenho um amigo (brasileiro) que tem casa em Newark e costuma alugar o andar de cima (ou de baixo, não lembro bem). Posso ver com ele se está livre e quanto ele faz.

Tati Tatuada disse...

Essa grega esta saindo melhor que a encomenda. Agora vejamos: Se você paga praticamente o valor do aluguel dela e ela ainda quer 1200doletas para hospedar sua mãe e irmã, podemos supor, que ela não toma banho nem lava o cabelo e não limpa a casa por ser muquirana, mão de vaca e pobre (de espírito inclusive). Espero que você encontre um lugar para hospedar sua família, porque na atual conjuntura, melhor gastar um pouco mais e deixar essa grega mercenária sem um doleta que seja.
Pronto desbafei.
Beijo

Carrie, a Estranha disse...

Joel,

Sim, peace and love! :) Quem eu mandei tomar no cu foi vc e não a grega. E ainda acho q vc não está pegando a sutileza da coisa. Jogo pedra sim. Eu não sei se pago a parte dela. Desconfio. E, se soubesse vc aceitaria - vc me perguntaria. Bom, se eu soubesse q vou ter q ficar correndo de proprietário eu te diria, não sei. Não sei mesmo. Talvez preferisse ver outro lugar.

Bom, mas obrigada pela oferta. Newark tá meio longinho demááás.

Tati,

É, já resolvemos outra coisa.

Bj

lagartaafricana disse...

Putz, q mulé babaca!

Carrie, a Estranha disse...

Joel!

Hahaha...sorry, meu querido! Escrevi o contrário do q eu queria dizer! Ia dizer "quem eu mandei tomar no cu foi a grega e não vc", mas falei exatamente o contrário! Ato falho? Não, juro q não!

Bjs

Franco disse...

Carrie,

Boa Tarde. Leio voce ha muito tempo, mas acredito que seja meu primeiro comentario.

Sinceramente minha vontae é sugerir que voce mate a Zorba e gurde num canto do apartamento, afinal pelo que voce descreve nao vai aparecer mesmo.

A outra opçao é nao falar nada e no dia em que seus familiares chegarem, acredito que a Zorba va perguntar onde eles irao ficar, responda: No Waldorf Astoria, ou entao, acho que hoje eles vao ficar na estaçao de trem, porque o albergue so vai ter vaga daqui a dois dias e com o preço que voce me passou nao da para elas ficarrem aqui nao.Agradeça e tente nao encontra-la por uns dias.

Abraços e Boa sorte.

P.S:Se precisar, eu conheço um pessoal da mafia Albanesa! rsrsrsr(é piada, nao conheço nenhum albanes, só um brasileiro chamado Albano!)

Carrie, a Estranha disse...

Franco,

Com certeza! A família de Zorba é do Canadá, até darem falta dela o corpo ja desintegrou. Posso dividir o corpo em 3 partes: cabeça numa mala, tronco na outra e membros na outra. Cada mala num armário ou quarto.

Joel disse...

Sutileza não é comigo.
Como diz a VanOr, ato falho de c. é rola!
O meu payback é que você já pagou adiantado à grega e o Salim vai fazer você ficar aí até o final. Ha, ha, ha

Carrie, a Estranha disse...

Ah claro. Agora fico até o final!

Lidiane disse...

Oi, Carrie!!!

Qdo eu tava falando do "às custas do sofrimento alheio" era da sociedade estadunidense em geral, pq eu nunca conheci povinho mais escroto que esse daí em termos de grana. Querem se dar bem em tudo. E o pior, querem nos fazer acreditar que isso é caridade, pq eles são mtooo legais e têm soluções pra tudo.

Na boa, eu acho que esse trabalho dela não existe. E, apesar de ter a ganância estadunidense na mente, não tem a coragem de trabalhar como.

Caralho, ela não tem noção do que são U$1.200,00? E ainda tem a crise...

Mas, desculpa, hoje tirei o dia pra reclamar.

Mta sorte pra vc, e arruma um lugar bem bacana pra sua mãe e irmã - o que, com tal quantia, não será mto difícil. Se comprar um pacote da CVC fica mais barato. Hehehe

Bjos

Milema disse...

Eu também ia adorar viver no mundo de Friends!!!Queria q nunca tivesse acabado.

Carrie, a Estranha disse...

Lidiane,

Acho q não dá pra generalizar. Tem gente safada em tudo qto é lugar - q nem sei se é o caso dela.

Mi,

Eu tbbbbb!!!

Bjs

Lenissa disse...

Putz - arruma um lugar "pobre mas limpinho" e aproveita pra tirar umas férias da zorba e fica com as formigas! tchanan!! Bjs