segunda-feira, outubro 13, 2008


Bem amigos do SublimeSucubuS, cês tão bonzinhos? Eu to boazinha. Fiquei sem escrever pra ver se vocês sentiam minha falta, mas como ninguém sentiu eu voltei assim mesmo. Poderia dizer que “é falta de tempo” ou “é falta de idéias” (eu nunca tenho falta de idéias. Ao contrário, eu escrevo pra ver se as idéias diminuem um pouco. As idéias me atormentam 24 horas por dia. Quem sabe um dia eu consiga, de tanto escrever, ficar finalmente livre delas), mas não é o caso.

Menina Gisele chegou em segurança e já fui vê-la. Passa bem (apesar do cabelo dela quase ter pegado fogo no restaurante indiano, mas tudo bem – daquelas que só apavora, mas não conta a história, né? Adoro fazer isso!). Aliás, não me falem em restaurante indiano mais. Fui ontem de dia num rodízio de indiano e numa feira indiana. Depois comi doces indianos. Depois, quando fui encontrar Menina Gisele, onde ela e as amigas quiseram ir? Num indiano. Eu não comi, pois tinha almoçado muito, mas belisquei. Não me falem de curry nem em pimenta.

Já cheguei fazendo lenha na biblioteca hoje. Cheguei, deixei minhas coisas e fui escovar os dentes. Pensei comigo: “ih, esqueci de por o celular no silencioso! Ah, mas ninguém me liga, mesmo!”. Mas, sabedora de que Murphy é meu amigo e gosta muito de mim, pensei: “é claro que meu celular vai tocar justo hoje!”. Escovei os dentes correndo e voltei. Não deu outra. A sorte foi que ele começou a tocar assim que eu entrei na sala e eu reconheci o meu toque “nostalgia” (parênteses: já existir um toque de celular chamado “nostalgia” já estabelece o grau de consumismo de uma sociedade) que é o toque de um telefone antigo. Já vi as pessoas se olhando, já cheguei correndo pedindo “so sorry” e saí de mochila e tudo pra atender. Que, evidentemente, parou de tocar depois que eu peguei – ah, Murphy, porque você não é meu amigo na hora de me fazer ficar presa no elevador com um cara maravilhoso, ou tropeçar com o bonitão argentino, mas nããããão. Nada disso. Se fosse assim, você não seria Murphy).

Estamos aqui agora, positiva e operante. Câmbio.

4 comentários:

helena disse...

Como gosto de te ler!
Câmbio.

Milema disse...

Nao te abandonei. Te leio todos os dias, mas estava meio sem tempo de comentar. Nao deixe de escrever. Esse blog me diverte, me informa e faz c a saudade seja menor. Bjinhos

Brisa disse...

Mas claro que sentiram falta! :)

Dani disse...

A Gi comentou esse lance do cabelo, mas ainda não entendi e vc tb só comenta...ah, não!!!!!
Criei a comunidade...
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=72636017