sexta-feira, setembro 26, 2008

Comprei uma calça preta na GAP. 40 dólares, na promoção. Excelente. Vestiu otimamente. Como nunca sei esse lance de numeração peguei uma 8 e outra 10. A 10 ficou larga. A oito ficou boa, quase larga também, mas tranqüila – não ia levar a seis, né? Chegando em casa vou conferir e vejo que 8 corresponde a 38 no Brasil. Impossível, caras pálidas. Por mais que eu tenha emagrecido eu não visto 38 desde a terceira série primária. Alguém sabe me dizer a que o 8 equivale? Ah, fala que é 42, fala! O que está ótimo, afinal pra quem vestia 46 com strech...

Ou o manequim da GAP é muuuito grande? Será que eu fui numa GAP de gordo? Ah é: calça de paninho, normal, sem strech.

O mais legal é que as calças aqui tem comprimentos. Ela pode ser “ank” (que foi a que eu comprei) que é mais curta, quer dizer, na verdade ela é como se fosse uma calça com bainha, já; a regular, que é um tamanho normal e a grande (esqueci o nome...tall?) pra quem é alto. Então, tecnicamente aqui nos EUA eu sou baixinha.

Hahahaha...eu visto 38, sou baixinha e sociável!!!! Hahahahah...virei outra pessoa!

Carrie White: derrubando mitos sobre os EUA. Mito número 1: os EUA engordam porque aqui as pessoas comem mal. As pessoas comem mal porque gordo é safado em qualquer lugar do mundo e aproveita pra vir aos EUA pra comer porcaria e dar desculpa que engordou por causa da comida.



***

Duas butina jeitada (tradução: duas botas muito legais) por 44. Você comprava uma e a outra saía pela metade do preço. Ambas eram por volta de 30 Uma, a tal de práaastico. Bom, ela não é igual a que a gente usava na infância e é bem mais confortável. É preta, de bolinhas cinzas e brancas – e o leitor ali do canto que deu uma gargalhada acaba de levar uma butinada na idéia! Calaboca, leitor prego! Totalmente stylish! Vou arrasar na Ecripse Naiti Crube em Andrelândia – só periga o povo achar que eu acabei de tirar tarefa na roça e vim no caminhão de leite das seis. A outra é marronzinha, com uma pelinha. E tinha mais muitas outras. Algumas bregas, outras bem legais. O foda é aguentar a música mexicana no último volume. É a segunda vez que eu vou lá e elas tão ouvindo isso.
***

Meias: seis pares por quatro dólares. Meia branca, de algodão, grossa, boa.

Meinha de menininha, coloridinha, alta: 1.99 cada na GAP (com direito a vendedora paulista dizendo que quando ela vai ao Brasil as pessoas dizem “meu, que meia “da hora”).

Steinway Street: paraíso Outlet.



***

Não aguento mais encontrar brasileiros pelo Astoria. Que são todos uma mistura de Governador Valadares e Presidente Prudente.



***


Comprei ingressos pra um jogo de basquete do New York Knicks, no Madison Square Garden – mas descubro que é um jogo de exibição, já que a temporada só começa final de outubro. Mas tinha que ser esse dia, porque é quando as meninas vão estar aqui, minhas amigas (Gi e Lika).

Mas fiquei seca foi nas lutas de boxe! Uau! Já pensou que barato deve ser assistir a uma luta de boxe no Madison Square Garden? Sentar lá na frente, sentir o sangue do cara espirrando em você, o suor caindo no seu braço, pegar o dente dele? Também descobri que tem show da Madonna lá! Quem precisa pegar o show dela no Brasil, quando se tem show aqui, na maior tranqüilidade, sem os ingressos acabarem na mesma hora?
***


Hoje conheci um amigo que faz doutorado na mesma faculdade que eu no Brasil, no mesmo programa de pós-graduação, mas eu só conhecia por orkut. Ele e a mulher estão em Baltimore.

Graças a Deus que esse é o primeiro semestre que a minha orientadora daqui veio dar aula na NYU. Antes ela também dava aula em Baltimore.

Ainda bem que eu não estou em Baltimore. Baltimore deve ser chaaaaaato.


***


Formiga Mãe e Formiga Mãe, cadê vocês? Me deserdaram depois que eu disse que vou morar aqui? Não consigo falar com vocês pelo skype!
***
E o serviço de meteorologia da Família Adams informa: hoje fez 59 graus Farheneit (15 Celsius), ventou e choveu a madrugada toda e o dia todo. E eu adorei cada minuto. E pensar que estamos só no início do outono me deixa muito, muito feliz.
A minha amiguinha de exchange conversation disse que o cara que ela conheceu pra também conversar não é muito legal. Ele fala inglês muito bem, mas o problema é que ele só quer falar inglês e fica nervoso quando vai falar português (fica dizendo "uau, this is so weird"). Resultado: ela só vai conversar comigo em português. Eu sou a única. Eu não disse que eu já sabia que eu seria a melhor pessoa com quem ela ia trocar conversação? Who is the boss? WHO IS THE BOSS? Meeeee! (eu digo que eu tô salientando certos lados da minha personalidade que não são muito legais...). Ela também disse que ele detesta o Brasil e é muito chato conversar com ele, porque ele não é interessado na cultura brasileira, na literatura como eu sou.
Então eu sou baixinha, visto 38 e gosto do Brasil. Quem sabe eu também não seja ruiva e tenha um casal de gêmeos e não sei?

17 comentários:

Marcia disse...

Size 8 não é 38 não! É 42, pois o 38 é o 4.
bjs

Flavia Oliveira disse...

Eu acho que 8 é 40!! Eu visto 46 aqui no Brasil e tenho umas bermudas da GAP que são tamanho 14. Ou será que as bermudas seriam tamanho 48 e é por isso que ela sme caíram tão beom??? hahaha

Vai saber....

Parabéns pelo emagrecimento!

Beijos!

Anônimo disse...

8 = 42.

haha, passei mal com a bota em andrelandia! ahazza! e aproveite para esbanjar elegancia, ja que vai chover muito.

bao, nao da pra comparar NYC com o sul ou o oeste dos eua. tem cidades dos eua em que realmente se come muito mal. ja viajei muito por aqui e morei em 4 estados. se nao fosse pelo google, eu nao acharia lugar para comer em algumas cidades - acho que o pior estado para mim foi oklahoma. mas acabava sempre encontrando algo que tivesse verdura e nao tivesse carne. acho que isso esta mudando aos poucos. ja seattle eh o paraiso dos organicos e so o povao vai os mcdonald's da vida.


natalia/ny

Anônimo disse...

o john waters eh de baltimore, e fala TAO mal de la que eu tenho que ir conhecer...

nat again =)

Carrie, a Estranha disse...

Isso, meninas! Tks! A outra tabela q eu vi dizia 8 = 42. Uia, que coisa boa!!! Tanto tempo q não vestia 42!

Bjs

nervocalm disse...

Coisa que minha experiência de tradutora me ensinou: é impossível determinar com precisão qual número lá corresponde a qual número aqui. Cada tabela é de um jeito. Já achei variações de até quatro números! Eu mesma já desisti de consultar tabelas e, como traduzo coisas visuais, vou pelo olhômetro.

Stella disse...

Poxa, então aquele filme "O Diabo Veste Prada" mandou informação errada. Porque quando a menina "emagrece", ela diz que passou a vestir 6 e na tradução aparece "36". Logo, "8" seria "38". :O
Mas eu não entendo nada disso. De qualquer forma, os EUA estão te fazendo um bem danado, heim?? Hahaha...
Olha, só não comento aqui há um tempão por falta do que falar mesmo... mas leio religiosamente seus posts. :)
Tomara que tudo continue tão legal quanto parece estar sendo, que o jogo dos Knicks seja bem bacana e que a Zorba tome banho com mais freqüência.

Sem mais o que dizer, me despeço.
Beijos da sua fã.

p.s: poste mais fotos!!! \o/

Anônimo disse...

Poste foto com as botinas. hehehe; Adooooooro. Muito estilosa vc! Bjs
Marcele

Hetie & Claudio disse...

Carrie querida do coracao: nao serve eu te informar sobre o # que eu calco: 5 = 33,5....
roupa!? sei q 1 dia comprei uma calca GAP # "1" que me serviu muito vem, por $4,99, aqui na GAP do BaySide, vc acredita???? ai, me arrependi de comprar so 1a e qdo voltei nao tinha mais nem poeira na prateleira!!!!!
sobre sua pergunta no orkut: nao, vc nao me passou o seu celu...no meu orkut acho que tem o meu (nao tenho certeza....) mas eu tb tenho o skipe, gracas a vc....vc falou nele uma vez e baixei o dito cujo no meu laptop...acho que meu endereco no skipe eh mamaandpapa47...beijos para todas/os....Hetie

Mu disse...

http://www.europanet.com.br/euro2003/index.php?cat_id=909

8=42
:(

Carrie, a Estranha disse...

Excelente, mu! Muito bom! 42 é o q eu estava imaginando.

Hetie,

Te escrevo já.

Bjs

Carla disse...

Cade as fotas das butinas, Carrie? Morri de rir com a historia da bota de prastico na Ecripse Naiti Crube. Capaz de arrumar um cabra bem brabo pra paquerar.
Essa historia de equivalencia de numeros me deixava maluca, mas nem compro mais calca no brasil. Porque que eu vou entrar numa loja e pedir uma 42, ou ainda 44, se aqui posso comprar uma 8? Muito melhor pra auto-estima.

Karine disse...

Well, acho que essas tabelas são super furadas. Visto 40 aqui no Brasil e comprei uma calça da Gap, regular, tamanho 4. Portanto, nada a ver com essas tabelas!!! Quanto à bota, vc vai arrasar aqui no Brasil com elas. Aqui elas também tentaram entrar na moda com o nome de galochas. São exatamente desse estilo que vc descreveu. Não sei como reagirão os "Gotham cityenses". Rsrsrsrs... Quanto ao jogo: vai assistir. É maravilhoso!!! Também assisti ao Knicks e adorei. Eles fazem um coro de "defense" que vc acaba entrando na onda. Vai sim. Eu também adoraria assitir à uma luta de box lá com o "Minotauro" (brasileiro famoso nessa área), mas na época que eu fui não tinha. Esse época agora tem. Beijinho. Karine

Helena disse...

Também quero voltar a vestir o 38!, nem que seja um 38-40-42, serve um qualquer!

Carrie, a Estranha disse...

Carla,

Minina, vc num sabe o q é a Ecripse Naight Crube. E a área vip? Gente, a área VIP é uma show! Um dia fui comprar uma cerveja e tinha acabado. Daí o cara disse q só na area VIP. Aí eu falei: "mas como eu entro na área VIP?", e ele: "Só subir as escadas".

Hahahahaha...

Não é fantástico?

Não, Karine! Não me desanima! Me deixa iludida com o meu 42!

Ah, vc era a companhia q eu precisava pra ver o Boxe. mas o minotauro é Vale tudo. Ele luta Boxe, tb?

Helena,

Num é, menina? Coisa boa! A gente vai ficando velha e vai baixando o padrão de exigência - e aumentando a numeraçao. Antes meu sonho era vestir 38. Depois 40. Agora com 42 eu to feliz.

bjao

Joel disse...

Programinha para o próximo finde aí:

www.ohny.org

Interested in a behind-the-scenes tour of Radio City Music Hall with architect Hugh Hardy? Or seeing site-specific dance in historic sites around the five boroughs of New York City? Or a peek at the Mark Morris Dance Center in Brooklyn? These and other arts-related events are part of the Open House New York weekend coming up on October 4 and 5: it’s a great way for visitors, as well as local couch potatoes, to see some very interesting places.

Importante mensagem para Salim:

All participating sites and programs are free of charge and open to the public at indicated times during OHNY Weekend

Carrie, a Estranha disse...

Hahahaha...valeu, Joel!