segunda-feira, março 17, 2008

Esse estranho lugar chamado Niterói


Sábado fui à província de Niterói, acompanhar Formiga Irmã em um compromisso. Almoçamos em um shopping tido como “AA” (não, não se trata de propriedade dos Alcoólicos Anônimos, mas da Classe AA), porque era o mais perto do lugar onde ela ia. Almoçamos em um lugar normal, nada muito caro – mesmo porque o shopping tem as mesmas lojas que qualquer outro shopping. Depois fomos até o banheiro do referido estabelecimento pra escovar nossas dentições, pessoas higiênicas que somos. Quando eu termino de escovar e Fu Sis finaliza o seu processo, entra uma servente:

- Ooooi!!!! Vocês me desculpem (lá vem merda), vocês até já acabaram, mas nesse banheiro não é permitido escovar os dentes. Pra escovar os dentes só no quinto andar. Me desculpem, tá? São regras do shopping. Vou até dar uma limpada na pia, se não eles brigam comigo.

Fiquei parada olhando para Formiga Sister, pensando porque diabos não podíamos escovar os dentes ali, se era um banheiro, com uma enorme pia e com aquelas caixinhas contendo fio dental pras pessoas se servirem. Quer dizer, fio dental tudo bem. Sair aquele naco de carne e você cuspir na pia, tudo bem! Escovar os dentes, não – como se tivéssemos cuspido a pasta na pia toda. Só no quinto andar.

Saímos rindo e pensando na vida do funcionário daquele shopping: fio dental no segundo andar, escova no quinto e...enxaguante bucal no sétimo? Gargarejos são terminantemente proibidos, sob o risco de expulsão?

Isso é Niterói. Ô cafonalha de cidade. Pior do que ser cafona é não admitir a sua cafonice. Depois não querem que as pessoas façam piadinhas com o fato de que a melhor coisa de Niterói é a vista do Rio, e de que Niterói é a cidade-sorriso (já que quando a pessoa diz “moro em Niterói” o interlocutor sempre responde com um sorriso amarelo: “ah...niterói?”).

E ainda me perguntam porque, tendo feito graduação, mestrado e doutorado em Niterói, eu nunca morei lá, sempre preferindo o Rio. Minha gente. Eu já nasci em Volta Redonda. Chega, né?

4 comentários:

Cris disse...

hahahahahaha, eu te falei, né? tivesse sido comigo eles iam ver as penas voar, porque não ia ficar barato não, onde já se viu. a classe 'mérdia' niteroiense fede. pensa que está em paris. bando de bestas. e você acredita que as peruas aqui não atravessam a ponte nem pra ir ao teatro e ao cinema? provicianismo é isso aí. bjs!!!

[gente, eu moro em niterói há 30 anos. sou carioca, mas já fui adotada pela cidade, então posso malhar com conviccão, hahahahaha]

Marcela disse...

Então... não é só em shopping de Niterói q não se pode escovar dentes. Li outro dia no Ancelmo e, se não me falha a memória, no Shopping da Gávea tb não pode...

Bella disse...

nossa, nada a ver baby. vc acha q só aqui q rolam essas frescuras?? frescuras existem em toda parte ainda mais se tratando de classe AA ou whatever.
nunca fizeram piadinha por eu morar aqui, a não ser vc agora né? hahaha! eu moraria no rio tranquilamente, mas dependendo do lugar, acho q prefiro ficar aqui msm...

Lenissa disse...

Ameeeeeeeeeeeeeeeei. I hate Niterói e falo pra quem quiser. Eita lugarzinho pra ter todos os defeitos da cidade grande e todos os defeitos da cidade pequena. Tem lombada, daquelas que detonam seu carro, já viu? Pelamôr... "Já nasci em Volta Redonda, chega né?" hahahahaha, me acabei!