sexta-feira, janeiro 25, 2008

A maldição do Airton



Sen-sa-ci-o(divide?)-nal reviravolta no BBB. Júlia Petit dos Pobres é a nova líder. Não vamos nem discutir se foi certo ou errado, né? Tudo bem que a prova era de resistência, mas várias pessoas ali saíram porque queriam dar a liderança pra Gy. Várias pessoas fizeram combinações entre si. O zerinho ou um não deixa de ser uma combinação. Eles também fizeram prova de resistência. Quando não estavam mais agüentando usaram um meio pra ver quem saía primeiro.

But...who cares? O importante é que Alechante vazou e com ele Sandyana.

A casa agora racha: Poor Petit, Gy, PsiGay, Biancão Té Logo, Nathalhão, Namorado e Rafinha de um lado; Chatiane, MarCu, Alechante e Sandyana do outro. O Cota tá mais pro primeiro time, apesar de se dar bem com essa galera daqui também. Chatiane acha que se dá bem com a galera do primeiro grupo, mas a batata dela ta assando. Bonita-Camisa-Fernandinho também tomba pro primeiro grupo, por causa de Nathalhão – se bem que se eles terminarem, sei não...

E o Bial, puto da vida? Hahahaha

E a anta da Sandyana mongol tentando arrumar, dizendo que ele foi “neutro e imparcial” – ai, esqueci que essa songa-monga também fez jornalismo, logo ela acredita nesse papo.

Cara, Bial! Você é meu herói, cara! Eu fui fazer jornalismo por causa da sua cobertura da guerra da Iugoslávia! E agora BBB! Você é o meu herói!

Alechante é o novo Airton e Sandyana é o novo cowboy.

Agora é torcer pra Poor Petit parar com essa palhaçada de “proteger as meninas” e mandar a Sandyana.

Sangue. Choro. Ranger de dentes. É por isso que eu não torço pra futebol. Eu sou uma pessoa muito passional pra assitir diversões de massa. Daqui a pouco eu tô entrando no blog dos caras e xingando a mãe. Eu devo ter sido a primeira a gritar: "não amarra, não! Prega que é melhor" pra Cristo. Eu devo ter sido quem acendia a fogueira pra queimar as bruxas na Idade Média (se eu fosse homem, né? Se eu fosse mulher eu ia ser queimada). Eu tenho até medo de mim.

Eu tô horrível, hoje. Já fiz tanta maldade aqui no meu caldeirão...

3 comentários:

Hetie & Claudio disse...

Carrie querida do coracao... nao entendo nada desse BBB mas divirto-me com seu jeito de escrever....sabe, deixa eu te contar... uma vez, numa Pascoa, estavamos ai no BR e meu filho do meio, que mora em Sao Paulo, disse que tinha jogo no Morumbi, so que faz TANTO tempo q nao lembro quem jogava...(acho q Corinthias e Sao Paulo - talvez - mas Corinthias eu tenho quase que certeza, pq jogava o Marcelinho) eu, como nao gostava dele, e adoro futebol, fui..meu filho nos levou... ai... todo mundo..-toda aquela homarada... xingando o dito cujo e eu xinguei junto... xingamos a mae dele, o juiz, a familia toda... eu no meio, em pe, xingando... meu filho de um lado e o papa do outro... os dois e mais TODO mundo do nosso lado, olhando assustado p'ra minha cara... foi DIVERTIDISSIMO...p'ra mim... meu filho ria (acho q de vergonha) e o papa me dizia: para de gritar...hahahahaha... tinha umas "senhoras"assim como eu, distintas, e tb me olhavam assustadas... bom, foi so para comentar sobre uma de minhas aventuras no Morumba - SP e Corinthias..., ja que vc falou de futebol...(desculpe se sai do assunto..)beijos, Hetie

Luiza disse...

Hahahaha e tem gente que acha que "acadêmicos" estão imunes à diversão de massas.

Eu amor futebol, não perco um jogo do meu time por nada... mas tento abafar e não escrever sobre isso no meu blog!

Os empregadores podem ler...sabecumé!

abs

Carrie, a Estranha disse...

Hetie,

Hahahaha...eu posso te imaginar numa cena dessas...deve ter sido ótimo.

Luíza,

Seja bem-vinda!

Quem acha isso? Puxa, acho q vc está precisando rever seus conceitos. AS pessoas são muito mais complexas do q sonha o vão marxismo.

Até entendo como o BBB pode fuder a vida de um empregado, mas...futebol? Puxa! Que emprego duro esse seu.

BJs as duas