quinta-feira, outubro 18, 2007

Meu paizinho...


Sou uma pessoa de sorte. Sorte, não. Muita sorte. Fico impressionada às vezes com a sorte que eu tenho.

Eu sou a de preto. Claro.

8 comentários:

Jussara disse...

Que bonito, Carrie! me emocionei na sua fala , qdo vc diz que ele falava que mesmo após morrer, seu espírito não sairia do hospital. Bonita homenagem, e acho que justa tb, por tudo o que vc já falou aqui.

Márcia Motta disse...

É mesmo muita sorte poder participar de uma homenagem dessas...
Lindas as palavras do seu pai.
Acho que já sei a quem a senhorita puxou...

Andrea disse...

vc pareme mil mulheres, uma foto nâo tem naa a ver com a outra.

Parabéns pelos achievements do seu pai Bjs

Carrie, a Estranha disse...

Jussara,

Se vc se emocionou imagina eu!

Márcia,

Eu puxei meu pai em muitas coisas...

Andrea,

É? É q eu sou um tipinho muito ordinário! Rsrsrsr

bjs

Andrea disse...

O seu nome é A. ou V.?

Carrie, a Estranha disse...

A! De Aline.

Anônimo disse...

SE PAI MERECE!
FOI UM GRANDE PROFESSOR QUE EU TIVE E UM GRANDE HOMEM.
TER CONHECIDO ELE ME AJUDOU MUITO PROFISSIONALMENTE (GANHEI AUTO-ESTIMA) E PESSOALMENTE ME CATIVOU...
BONITA INICATIVA DO GOTTARDO. PARA ELE SEU PAI TAMBÉM FOI UM MESTRE.
UM BEIJO DO AMIGO DENIS.

Carrie, a Estranha disse...

Ô, Denis! Obrigada! Que bom que vc consegiu comentar! Valeu pelos elogios.

Bjs