sexta-feira, julho 27, 2007

Top ten das músicas mais chatas


Hoje tinha um(a) vizinho(a) ouvindo um cd infernal da Elis Regina no talo. Daí eu resolvi elaborar uma lista das músicas brasileiras mais chatas dos anos 70 e 80. Segue:


1) “Madalena”, do Ivan Lins. Aliás, todas as músicas do Ivan Lins. Aliás de novo, o que é o Ivan Lins? Algo justifica a existência do Ivan Lins como cantor? Se você gosta do Ivan Lins, guarde isso pra você, amigo. Nunca revele em público. As chances de você pegar mulher depois de uma informação dessas são de –2. As músicas do Ivan Lins me fazem ter vontade de espancar as pessoas. Tenho vontade de aplicar a eutanásia. Em mim mesma.

2) Aquela da propaganda da Unimed, da “risada mais gostosa e do seu jeito de achar que a vida pode ser maravilhoooooosa”. Do mesmo sujeito.

3) “Dinorah, Dinorah”. Do mesmo. Só nome de mulé mocréia, por aí você já tira uma base.

4) “Meu país”. Idem ibidem. Aquela: aqui é o meu paííííís. Fala sério. Ainda mais nos tempos atuais.

5) “Andanças”. Sem contar que é a mais tocada em rodinhas de violão, onde as pessoas não sabem tocar violão e não sabem cantar. E quem faz a segunda voz é sempre ainda mais desafinado e não dá conta de sustentar a nota - pois o refrão vai sempre subindo e a voz do prego sem loção não acompanha. E quase sempre o prego está alcoolizado/entorpecido, também, o que baixa o seu juízo crítico.

6) “Espanhola”. Sempre assim/ cai o dia e é assim/ Cai a noite e é assim/ Essa lua sobre mim...que porra de rimas são essas?

7) Aquela do Belchior da “casa no campo e um filho de cuca legal”. Sem comentários. Já “Como nossos pais” eu gosto.

8) Todas músicas que fazem tchururururu, uerapauê ou outras onomatopeices de origem tupi-guarani. A regra é clara (ou deveria ser): a menos que você seja a Sarah Vaughan, não improvise sem letra, amigo! Detenha-se à letra.

9) Aquela “brinquedo de papel machê”, daquele moço de barbinha. Não é que não goste, não chega a ser totalmente ruim, mas tenho uma vontade incontrolável de dormir quando ouço.

10) “Viveeer e não ter a vergonha se ser feliz”. Eu tenho vergonha é de cantar essa música, amigo. Quando toca isso numa festa e vem aquele primo do marido da sua tia-emprestada de quinto grau - que você vê de 5 em 5 anos e ele confunde o seu nome com o da sua irmã e pergunta sempre se você já terminou a faculdade, mesmo você já estando no terceiro pós doutorado, aperta suas bochechas e pergunta cadê o namoradinho - te puxar pra dançar enquanto balança seus braços efusivamente (não se dando conta de que ele corre risco de vida), fique tranqüilo(a): isso é atenuante em caso de homicídio. E não vai faltar quem testemunhe a seu favor.


Minha lista é anos 70 e 80, por isso pára por aqui. Nem vou entrar nas incríveis canções da Ana Carolina – eu só queeeeero, sabeeeer em qual rua minha vida (aí percebe que a letra não vai caber e resolve acelerar): vai encontrar na suaaaaaa. Nem as do Jorge Vacilo, nem TPM 22, Detonautas e bandas cujos nomes são personagens infantis.

Se você não gostou ou se eu coloquei algum artista aqui que você gosta, me desculpe. Se você é fã incondicional do Ivan Lins, faça um blog em homenagem a ele. Mas não me convide.

9 comentários:

KARINA F disse...

ate aqui, longe pra cacete, eu tenho que ler teu blog e rir que nem uma cretina dentro de um cyber cheio de turco e chines que ficam me olhando.....so o teu blog. meu, o lance do ieaieaiea, foi otimo. beijao pra ti.

Cris disse...

ahauahauhauhauahua, carrie, o paulinho gosta de ivan lins, sabe. e eu já sou a terceira mulher dele. eu, se fosse você, revisaria essa tese do -2...

bj

paulinho disse...

Querida CAE,

Ivan têm harmonias perfeitas, atestadas por M.Davis, Q.Jones, Sarah
e outros menos badalados.
Vou procurar um namorado para vc que goste do IL.

p.s. Talvez o principal problema seja o passado nebuloso, mas ele se redimiu entrando para aquele partido que obriga a presidente a usar roupa branca.

Cris disse...

[carrie, eu tb acho o IL uma maaaaaala!! kkkkkkkkkkk] bj

nervocalm pastilhas disse...

Assinei embaixo. Também colocaria Madalena em primeiríssimo lugar, cruz credo eca. E a Elis Regina, né, pode até ser uma boa cantora, mas tinha um repertório de dar dó, eu acho. Alô, alô, marciano? ... ?

Carrie, a Estranha disse...

Karina,

Onde cê tá minina?

Cris,

Paulinho (q eu não conheço) é um gentleman, mas tem seu senões, não é verdade? E, cá entre nós: meu ex-namorado tb adorava Ivan Lins.

Paulinho,

Sim, Meu ex-namorado tb vinha com essas justificativas de "harmonia" e "fulano de tal disse q é ótimo" e outros termos para q nos, leigos, fiquemos com cara de bobo. Mas não dá. Madalena? Não dá. Mas tudo bem. Vc é um bom rapaz.

Nervinha,

Elis tinha problemas com drogas, né? Isso explicao repertório dela. Upa neguinho na estrada? Como assim?

bjs

Gustavo disse...

Sorte sua que não tem pai que gosta de tocar "MPB" (Musica Pseudoerudita Brasileira).

João Bosco é o mais canastra. Chega a ter músicas inteiras só com "Zimba, zimbauê, baramanô)!

Ivan Lins SUCKS. E todo o resto SUCKS a lot. Ainda bem que inventaram a internet, assim tendo acesso a outras músicas o parâmetro de música boa fica mais equilibrado.

J@de disse...

Gosto e cu, cada um tem o seu, e se alguém não corcorda com a lista, paciência, todas elas já me encheram o saco também!! Achei sua análise muito legal e engraçada!!
Mas como comentário é prá gente deixar nossas impressões, em defesa das pobrezinhas, acho que a década e o contexto pesam!!
Só queria chamar sua atenção nuns detalhes, também não gosto do Ivan Lins, mas ele é bom compositor, Dinorah, Dinorah merecia uma relida, de João Bosco (o moço da barbinha) eu gosto, acho um bom compositor, mas como todo mundo tem suas músicas comerciais prá ganhar algum né? E Casa no Campo é de Zé Rodrix e Tavito.
Eu disse no começo que todas elas já me enjoaram, mas eu fui assistir O Baile na sexta, tocaram algumas dessas já batidas e eu me emocionei por ter vivido parte da história.
Beijos!!

KARINA F disse...

oi, carrie, onde vc acha que algume que acrescenta F ao nome, poderia estar......ta vendo, nem ler o blog vc le. desculpe a falta de acentos....karina f esta na alemanha a procura de christiane f. beijoa e a procura das botas heilderberg, se e assim que escreve porque estou com ansia de vomito. e nao estou bebada nao. quem me dera. beijao.