domingo, abril 01, 2007

Além, muito além do Photoshop...


Maratona cinematográfica hoje. “300” às duas da tarde. Sessão lotada. Ô povo nerd! Vai pra praia! Vai tomar chopp!

Sem palavras pra descrever o filme. Cara...sem palavras. Tá bom, vou tentar achar as palavras.

É um épico. Um épico sobre homens de verdade. E eu tô numa fase em que eu não tô podendo ver essas coisas com homem de verdade, sabe? Eu deprimo muito fácil. Tipo...os caras são guerreiros espartanos, saca? O filme foi todo feito em estúdio...cromaqui (aquele fundo azul) e cenário inserido depois. Até o sangue foi inserido depois. Talvez por isso o filme todo tenha um tom de “irrealidade”. Ou talvez seja um excesso de realidade. A parada é quase expressionista. E é absolutamente idêntico aos quadrinhos. Até os diálogos.

E os homens, cara...os homens...com certeza rolou um photoshop ali, porque não é possível existirem 300 homens daqueles. Santo Photoshop, rogai por nós! Cara...é simplesmente a visão do paraíso! Os caras são a própria personificação da força e da coragem. Eu sei o que vocês estão pensando. Que os caras tomaram anabolizantes e basta pegar meia dúzia de “bombado” e você consegue esse resultado. Tolinhos...

Os caras não são enormes de fortes. Eles são...guerreiros. Espartanos. Só vendo cara. Só vendo. Eles não são enormes de forte (já falei isso, porra). Eles são... Guerreiros. Espartanos. Nobres. Leais. Corajosos. Honrados. Destemidos. Bravos. Gloriosos. Só vendo. Anabolizante nenhum consegue aquele efeito. Já o Photoshop pode ser. Mas é algo além do Photoshop.

E o Santoro?

E o Santoro...

(Ela suspira. Pensa se vale à pena tentar falar alguma coisa. Resolve arriscar)

Santoro simplesmente É o Deus-Rei Xerxes. Aviadado, é verdade. Mas é. Um gigante. Com voz de trovão. O mundo se curva literalmente a ele. Só vendo, só vendo.

Tinha um maluco no cinema que tinha um ataque de riso toda hora em que o Santoro entrava em cena (e eu ria do maluco). Em parte porque realmente ele tá aviadado. Em parte porque eu acho que o cara ficava meio nervoso, sabe? Porque...tipo...é o RODRIGO SANTORO, minha gente! BRASILEIRO! O cara JÁ CHEGOU onde nenhuma Sônia Braga, nenhuma Carmem Miranda juntas chegaram! E o cara é da minha idade! Rola uma síndrome tupiniquim do tipo: “é nóis na fita!”. Sabe? “É nóis de Eco”, moçada! É emocionante ver Rodrigo como um gigante – literalmente – num filme hollywoodiano e os gringos – mais uma vez – literalmente se ajoelhando aos seus pés (ai, já falei isso também. Estou me repetindo. Em parte porque não encontro as palavras certas. Em parte porque tomei alguns chops. Hic!). O cara é simplesmente o rei dos Persas! SÓ contra quem os 300 vão lutar. Só isso. Cabô.

É uma experiência sinestésica. Mas vou logo avisando: não é pra fracos de estômago ou mocinhas sensíveis à sangue. É cabeça decepada, empalamento e outras cositas más do início ao fim. É pra macho. Que nem eu.


*

Depois vi Maria Antonieta. Muito bom. Direção da Sofia Copolla. Eu gosto muito dela. Seu primeiro filme, “As virgens suicidas”, estão entre os meus prediletos. Também gosto muito de “Encontros e Desencontros”. Acho que ela realmente imprime uma visão autoral nas obras que assina.

O filme é a visão dela sobre a Maria Antonieta. Então você não vê quase nada da revolução francesa. A trilha sonora é rock and roll do início ao fim. Muito bom.

*

Eu geralmente prefiro ir ao cinema em dia de semana pois, além de mais barato é mais civilizado. Sábado vai a turba inquieta que não consegue sentar a bunda na cadeira. E precisa comentar todas as cenas. E tem que comer de um tudo e ruidosamente. E te chuta sem querer o tempo todo. E não desliga a caralha do celular. Tem sempre um tio, avô ou filho que tem que ligar no meio da sessão. Nessas horas eu agradeço não ter dois metros de altura e nem ser homem. Porque se não eu sentava a porrada.

*

No final encontro duas tias e uma prima. Agradável surpresa. Vamos tomar alguns chopssss. Fomos ao Manuel e Juaquim do Largo do Machado e...eu vi um rato – ou melhor, uma ratazana – correndo no teto! Uau! Que emoção! Pouca gente viu. Conjeturamos sobre a possibilidade de cancelarmos os pastéis fritos e o bolinho de bacalhau, mas como era fritura por imersão, acreditamos que não teria maiores problemas. Se eu morrer nas próximas horas processem aqueles portugueses safados.

*

Aí a pessoa (essa) chega em casa e tem quatro recados na secretária! Dois da minha irmã que pouco me liga, um da minha mãe e outro da minha outra irmã. Tipo...só porque a pessoa é nerd e anti-social ela não pode ter lazer? Some por algumas horas e todo mundo liga? Relou!! A gente é bicho, beibe! E se eu tivesse encontrado o Santoro por aí e ele tivesse me feito uma proposta irrecusável? I got a life, muchachos!

*

Ai, ai...

Vou dormir...e sonhar com os 300 de Esparta. Um só já tava bom pra mim. Meu número certim...

Antes que alguém diga que meu problema é falta de homem...SIIIIM (se lembram do programa do Sílvio Santos?), meu problema é falta de HOMEM. Porque homem eu conheço vários. Agora Homem de Verdade eu nunca conheci nenhum.

Como diz a rainha, mulher do Leônidas: “nós, mulheres espartanas, somos as únicas a dar a luz a verdadeiros homens”.

Vou dormir e sonhar com meu guerreiro espartano.

Lembrei daquele meu amigo do MSN que disse que “eu quero um Apolo com miolos”. Quero não. Quero um Hércules com miolos. Guerreiro. Forte. Em toda acepção da palavra.

Ou um filósofo pederasta ateniense que me dissesse sofismas e silogismos ao pé do ouvido também tava de bom tamanho. Agora: burro e feio, não, né gente? Chega. Separa que é briga. Larguei mão dessa fase.

4 comentários:

Bella disse...

cara, quero mto ver esse filme! tipo, qdo eu vi o trailer achei assim "ah, nem vou ver esse filme", mas depois com todo bafafá em torno dele fiquei com a maior vontade!!
e assim, eu adorei sin city,então acho q vou gostar desse tb.
ia ver logo na sexta mas preferi ir ver scoop pq deve sair de cartaz primeiro. vc viu né?? é mto bom tb!
ai, deixa eu ir... tá um mega comentário isso aqui.
bjs

Hetie disse...

Bom dia...estamos (meu marido e eu) para ir assistir a esse filme aqui ha um tempao. Deve ser bom mesmo... me diverti com seus comentarios e acbei ficando mais curiosa. Qdo eu for, se for, te conto. Assisti ao trailer e sabe que o Santoro nao aparece nele?! Achei muito estranho. Bom dia e beijinhos...

Carrie, a Estranha disse...

Bela,

Não gostei tanto de Scoop qto eu imaginava. ë bom, claro. É woody Allen. Mas não é dos meus preferidos.

Hetie,

Eles têm vários trailers. É possível q o q vc viu ele não aparecesse. Mas ele tem boas cenas no filme. Claro q não está entre os protagonitas. Mas é o arqui-inimigo e tem uma super participação.

Mas vai ver o trailer q eles fizeram pros EUA acharam melhor não colocar um ator latino q ninguém conhece, né?

Beijinhos às duas!

Milema Medeiros disse...

Tb fui assistir 300 ontem. Confesso q a princípio fui só pelo Rodrigo. Mas adorei o filme.
1 pq a história é legal.
2 pq além do Rodrigo tinham 300(eu disse 300) homens com corpos absolutamente divinos. Leônidas tem pernas impressionantes
3 pq Rodrigo bate nos 300,alto, Deus, poderoso. Ai,ai,ai.........