quinta-feira, março 01, 2007

Movimento neo-dandaísta


Foi lançada por mim, em grande estilo (leia-se: no blog da Fal) a campanha: “De volta ao século XIX – de onde nunca deveríamos ter saído”.

Amigo leitor, você está cansado de viver na pós modernidade? Não agüenta mais a contemporaneidade? Se estressa com a total incapacidade de comunicação por mais que tenhamos todos os artefatos tecnológicos? Com o atual estágio do capitalismo? Não compreende o Homem Contemporâneo e está pouco se lixando com as suas reais necessidades enquanto macho? Se sente perdido(a)? Acha que o espartilho era um LU-XO? Queria ter freqüentado aquelas casas de ópio, onde todo mundo ficava doidão? Acha que este mundo não lhe pertence? Cansada(o) de tentar encontrar soluções para os nossos problemas? Cansada de ouvir essa balela de que homens e mulheres são iguais? Seus problemas acabaram!! Junte-se a nós!

Na campanha deste ano a idéia é ignorarmos o momento atual e vivermos no século XIX. Nas coisas boas do século XIX – nada de escravidão. Já estamos providenciando botons, canecas e camisetas. Na frente, a frase da campanha. Atrás temos as opções de frases: 1) Humanos: vocês ainda me pagam!; 2) O mundo é estranho? Você ainda não viu nada e 3) O cavalo já foi um erro. Reserve já a sua.

Serviremos chá, ópio e cocaína (sim, no século XIX a cocaína era liberada). Damas à esquerda, cavalheiros à direita. Distribuição de monóculos, cartola e bengala para os cavalheiros; luvas, chapéu e sombrinha para as damas.

Mezzo-dadas, mezzo-dândis. Mas sem viadagem.

7 comentários:

Alline disse...

Carrie, eu já falei lá na Fal e digo aqui: TÔ DENTRO!

Mas eu quero ser a dona do bordel! Pq há de ter um bordel neste nosso mundo, né?

Beijos

Carrie, a Estranha disse...

Craro, Xará! Como não? Vc pode ser o q quiser no nosso mundo.

bjs

Sergy disse...

Mas século XIX artistico-aristocrático, claro, porque a condição da populaça ainda era pior que no século XX.

QUanto ao dadaísmo, aconselho-te a ler a colectânea da Internacional Situacionista. É muito, muito bom!

aliki disse...

Carrie, vc leu Nabokov contando da infância dele? Era isso mesmo. Eu entro nessa viagem, mas só desço no séc XIV, índia na costa baiana, antes - bem antes - do desembarque do primeiro caraíba.

Carrie, a Estranha disse...

Sérgio,

Sim, claro! É um século XIX um tanto qto idealizado, onde os negros viviam entre a aristocracia.


Aliki,

Nossa! Radicalizou na viagem temporal, hein? Rsrsrs

Valeu pelas dicas de leitura, povo! Não conhecia os textos.

Bjs

jh disse...

"Serviremos chá, ópio e cocaína..."

opa!

onde é que eu faço minha carterinha?

;-)

Sergy disse...

Três palavras para sintetizar o melhor do século XIX:

Absinto com Láudano:

O combustível por excelência dos escritores, poetas e filósofos malditos.