sexta-feira, fevereiro 16, 2007


Quando eu fico em determinado grau de cansaço, não consigo dormir. Ou melhor, fico brigando contra o cansaço. Não vou dormir. Fico vendo TV, mexendo no computador, comendo, mas não durmo. Cansaço me dá irritação. Irritação me deixa agitada e não me deixa dormir.

Tenho que entregar um trabalho dia 03/03. Isso significa entregar pro Orientador um pouco antes. Isso significa trabalhar no Carnaval. Sem problemas, porque eu não ia viajar mesmo e não acredito da existência do Carnaval e nem em trevo de quatro folhas.

Mas aí começa: quando eu tenho que fazer um trabalho eu resolvo ler outras coisas. Tipo agora. Não consigo parar de ler Dr Jivago. Que até é uma das minhas leituras da próxima disciplina que eu vou fazer. Mas não dava pra dividir?

Sei lá. Acho que sou caso pra internação. Não é fácil ser eu, caros.

PS: Cara, não tiro essa musiquinha da Schincariol: “sabe a sensação quando alguém te beija, ou seja, cerveja...”. Nobody deserve.

Caralho, meu I-pod estragou. Novinho. Eu tenho garantia – foi comprado nos EUA, quando chegou eu me registrei no site da Apple e tal - mas como devo proceder? Tem autorizada da Apple no Brasil? Será que eu escrevo um e-mail pra Senhora Dona Maçã? O que eu digo? Dear Miss Apple, my I-pod is fucked. Please, what the hells should I do? Thanks. Carrie, a very stressed person. Porra, vai dá mó trabalhão. Ter que achar alguém que escreva descentemente um e-mail em inglês...

Se alguém tiver alguma informação favor avisar essa criatura que vos fala.

Aí eu voltei a ouvir rádio nas minhas caminhadas, né? Nossa. Tá foda. Descobri que existe uma rádio Oi. Como assim, Bial? Os caras vão dominar o mundo? Êpa! Então preciso me juntar a eles!

Por falar em dominar o mundo outra empresa que vai dominar o mundo é a Plus Vita. Vocês sabiam que o pão do Bob’s é da Plus Vita? Vocês sabiam que o pão da Sendas é da Plus Vita? E vocês sabiam – pasmem – que aquelas cestas vermelhas onde os pães ficam deitadinhos no supermercado custam mais para a fábrica que os pães? Descobri esses e outros mistérios viajando ao lado de uma maluca que trabalha com controle de cestas de pães da Plus Vita. A vida da mulher é fazer planilha de pão. De 5 em 5 minutos ela mandava: “adoro números. Números não mentem. Não te traem”. A mulher tava saindo de um plantão – porque a Plus Vita precisa de plantão é algo além da minha compreensão. Só sei que os caras são a Al-Qaeda do ramo da panificação.

Caras, minha capacidade de falar merda sobe exponencialmente a medida em que eu vou ficando cansada. Acho que cheguei no meu limite. Fui.

E esse Lost é besta, hein? Tô vendo uns pedaços aqui na Grobo, mas não ta dando, não. Cara, que maluquice! Nem o Swyer salva. E a melhor teoria pra mim é que todos morreram no desastre de avião. Pronto.

Gente – essa é a última – e a Nanda dando de Poltergeist ontem? Hahahaha...Aparecendo na TV da Marta! Booo...

4 comentários:

Andrea disse...

A Nanda bem podia morrer de novo, néamm?

Cris disse...

...e ir pro quinto dos inferno... néam???? ahauhauhauhauhuahaa!

carrie, adouro quando a sua capacidade de falar merda sobe exponencialmente, santa... deus te conserve assim...

Ana disse...

Tive mais de dois meses pra fazer a dissertação de fim de curso, agora só tenho uma semana, e nem terminei de ler o livro ainda. Eu me odeio por sempre acbar fazendo isso.

Anônimo disse...

Putz! Futilidades... perdi 5 minutos da minha vida aqui lendo esta merda.