terça-feira, janeiro 09, 2007

O affair Suzana Vieira



É público e notório que o meu grau de evolução espiritual para com a pequenez humana está bastante elevado. Sou praticamente um Dalai Lama cabeludo e ruivo. Quase nada me irrita hoje em dia. Eu simplesmente acho tudo muito engraçado.

Para os que não ouviram falar e também para meus leitores internacionais – sorry, periferia, eu tenho leitores por todo o mundo, não só brasileiros - farei um brief do episódio a ser comentado. Susana Vieira é uma atriz de novelas brasileiras de muito sucesso. Tem sessenta anos, é bonitona e inteirona (horrível esse adjetivo e todos os terminados em “ona”). No início deste ano, ela se apaixonou pelo PM que tava trabalhando no Sambódromo. Ela sempre desfila no Carnaval - acho até que é Rainha da Bateria sei lá das quantas. Não satisfeita em dar uns peguetes no moçoilo, Susanão vai e casa com o dito cujo, seis meses depois. Resultado? O cara foi preso após destruir um quarto de motel, no Rio, onde ele estava com uma garota de programa e está internado numa clínica pra quem tem pobrema de neuvro. E, claro, saiu em todos os jornais e programas sensacionalistas. E, mais claro ainda, agora surgem histórias escabrosas sobre o sujeito, de que ele era freguês do bordel onde a garota de programa trabalhava, que tinha problemas com o álcool...

Se alguém aqui é parente ou amigo as Suzane Vieira – ou se a própria está me lendo agora – eu queria dizer que eu sinto compaixão pela situação, sinto muita pena da Susana Vieira enquanto ser humano a nível de pessoa-gente, não lhe desejo o mal, mas como evento midiático eu acho é bem feito. É o famoso: “tenho dó, mas nem ligo”. Quem mandou casar com PM? Sim, eu tenho preconceito contra PM. Sei que é feio, que eu não devia, mas tenho. Eu tenho medo de PM. E também tenho medo de gente que casa com menos de seis meses de namoro.

Se ainda fossem esses policiais-Sustagen, da polícia federal que têm curso superior e são enriquecidos com ferro, vitamina B12 e cálcio...mas PM, gente? Pê Eme? Que fala “o elemento evadiu-se do local”, extorque 50 pila em blitz pra cervejinha e têm barrigão e bigode? (Não que o “elemento” da Susana tenha barrigão e bigode, mas metaforicamente falando). Ah não. Mereceu.

Lembrei de um amigo meu que, tomando uma dura, completamente chapado começou a rir. O PM disse: “eu sou policial!!” e ele respondeu: “bem feito!”.

Ah, e o melhor de tudo. A mãe dele revelou à revista Quem Acontece: “Fizeram feitiço contra o meu filho”. Hahahahah...Muito bom, muito bom, como diria o Sílvio Santos.

Agora eu leio Quem Acontece toda semana. Formiga Mãe foi renovar a assinatura do Grobo e ofereceram assinatura di grátis de uma das duas revistas: ou Época ou Quem Acontece (adoro escrever Quem Acontece). Mamãe escolheu a Quem Acontece, no que foi amplamente apoiada por mim. Entre duas porcarias, porque não escolher a mais autêntica? Ou alguém acha que há diferença entre a Época a Veja e a Quem Acontece?

9 comentários:

Jussara disse...

Ahuahuahuahua, Carrie, a parte do PM está engraçada demais!!que me desculpem os PMs e os seus simpatizantes.

Agora, quem fala "muito bom, muito bom", não é o Serginho Groisman??

Celso disse...

Bem, você está sendo preconceituosa sim com relação as suas críticas aos policiais militares, pois nem todos são corruptos ou safados. Há gente honesta lá e por isso não tenho preconceitos com eles, de forma alguma. Mas claro que numa blitz, em local deserto, eu vou ficar com medo sim, e quem não ficaria?

O problema todo da Suzana Vieira é inexplicável, pois como uma mulher da idade dela pode se meter numa história dessas? E o que aconteceu com ela poderia ter acontecido mesmo que esse cara não fosse policial militar, pois o que definiu a postura dele não foi a farda, mas sim o caráter. Conheço homens casados (nenhum é PM) que frequentam bordéis, e acho que isso é uma puta sacanagem com suas esposas.

Mas eu concordo com você quando diz:

"E também tenho medo de gente que casa com menos de seis meses de namoro."

É isso aí! Concordadíssimo mesmo, isso é irrisório para a seriedade de um casamento. Não se casa assim, como também não se fala em amor com pouco tempo de namoro, mas acho que a carência das pessoas e a pressa da vida moderna para TUDO, literalmente TUDO, é tanta, que todo mundo quer fazer tudo para ontem. Depois, dá tudo errado e as mulheres xingam os homens, e os homens xingam as mulheres, e ninguém quer se responsabilizar por nada. PQP!

Beijos.

Carrie, a Estranha disse...

Jussara,

Rá rai! É claro q é o Silvio, menina! Meu ídolo! ele diz "muito bom, muito bom, vai pra lá, vai pra lá". Aliás o Silvio diz tudo duas vezes! rsrsrs

Bjs

Jussara disse...

Carrie,rsrs, não me lembro de jeito nenhum do Silvio falar o "mto bom!"; do "vai pra lá" , eu me lembro... meu pai uma época pegou essa mania dele de falar duas vezes a mesma coisa...ai,ai, era meio irritante,rsrsrs; mas então o Serginho copiou dele, pois todo mundo que canta no programa, qdo a música termina, ele diz: "mto bom", mto bom!", rsrs.

Gisele disse...

Vc voltou com inspiração total....to adorando os textos. "Muito bom, muito bom"...rsrsrs

Mama & Papa disse...

Voce eh muito bem humorada! Eh uma delicia ler seus textos (alias muito bem escritos)e, a proposito, ja peco desculpas porque certamente sempre sai alguma coisa escrita erradamente; como moro fora do Brasil (e tb para pagar a minha lingua) acabo confundindo/esquecendo como se escrevem algumas palavras, sem contar que meu teclado nao tem acentos..- eh muito bom ler o que vc escreve depois da um dia stressante de trabalho. Voce eh otima. Parabens! Suas visitas tb fazem comentarios otimo (Jussara, Gisele e o Celso, seguro nas colocacoes. Otimos. Uma licao tb). Vamos nos visitando, ok? Abracos para todos e vcs estao me fazendo MUITO BEM (com o tempo vcs perceberao porque...)
Hetie (Mama)

Cláudio disse...

Oi, Carrie. Pois é, a Suzana Vieira entrou numa roubada anunciada, mesmo... Agora vai ter que usar Lustra Chifres Ypê...
Te mandei um e-mail sobre Andrelândia, mas acho que não tenho muito a contar, foi há muito tempo e alzheimer precoce é foda mesmo Aliás, no meu caso nem tão precoice assim...
Beijo.

Jussara disse...

Mama, obrigada pela parte que me toca, rsrs. Não sou a dona do blog, mas te desejo boas vindas,rs. Os textos da Carrie são mto bons mesmo; às vezes provocam uma terapia de riso. E que bom, que de alguma forma, o blog está te ajudando :).

Carrie, a Estranha disse...

Sim, Mama,

Perdõe a minha indelicadeza, mas Jussara fez as honras da casa. Seja bem vinda!

Bjs