quinta-feira, dezembro 21, 2006

Técnica do Chapéu Refrescante


Hoje seria um típico dia para um chapéu refrescante. Vocês não conhecem a espetacular técnica do chapéu refrescante? Ah!! Não sabem o que estão perdendo. Explicar-vos-ei.

Papai, morador de São Cristóvão, Zona Norte do Rio e bairro tradicionalmente quente para caráleo, desenvolveu esta técnica na luta contra o calor. Quando ele era jovem, ventilador era artigo de luxo. E a casa onde eles moravam em São Cristóvão era muito quente, assim como quase todo bairro da Zona Norte do Rio. Piscina, nem pensar. Praia, longe. Chapéu refrescante!

Depois, já em Voltaço, papai me passou esse conhecimento único. Vamos lá:

1) Pegue um baldinho pequeno, desse que criança leva pra praia ou similar.
2) Encha-o d’àgua.
3) Vire a sua cabeça pra baixo até encostar na borda do balde.
4) Pressione o balde na cabeça.
5) Levante-se pressionado o balde, de modo que o conteúdo não escorra (é claro que vai escorrer alguma coisa pelos lados, mas o grosso vai ficar preso entre a sua cabeça e o balde). É como se você estivesse com um chapel-balde, cheio d’água, na cabeça, entendeu?
6) Levante o balde e sinta o jorro d’água percorrer o seu corpinho-delícia.

Pronto! Você experimentou uma típica técnica suburbana de refrescamento da telha. Aliado ao banho de mangueira é uma prática que faz parte do imaginário social do suburbano-zona norte carioca.

Muito importante: faça isso no quintal ou na laje.

Como moro em apartamento tive que usar um correlato ao chapéu refrescante, hoje. Enfiei a cabeça no tanque, de duas em duas horas, mais ou menos, e depois sentava na frente do computador pra trabalhar. Não é a mesma coisa, mas ajuda.

4 comentários:

Cláudio disse...

Hehehehe... Tá um calor da muléstia mesmo... Mas como meu cabelo é curto, secaria muito rápido com a técnica do chapéu-refrescante... Sendo assim, estou me entupindo de sorvete, mesmo...

aliki disse...

Carrie, vá rapido assistir "An inconvenient truth" do Al Gore, sobre o aquecimento do planeta... é de dar arrepios. Aqui estamos aguardando a 1a neve do ano: às 9 da matina era noite, às 16h30 será noite novamente. Vontade de hibernar total, mas patrâo num quer. Muitos kilos a menos em 2007 e outras mais alegrias!

anna v. disse...

Cara, adorei a técnica do chapéu, vou experimentar um dia desses. Eu, nos momentos de desespero, entro embaixo do chuveiro com roupa, porque ela fica molhada e refresca mais um pouco. Mas às vezes nem isso resolve porque a água do chuveiro sai mooorna! Eca!

Carrie, a Estranha disse...

Claudio,

Mas papai era careca!

Aliki,

Inveja, inveja...

Anna,

Sim, a água sai morna.