quarta-feira, outubro 25, 2006

Steelwoman


Caras...tô correndo moooito! Estou em Gotham City essa semana, recuperando forças na Bat Caverna para continuar a luta contra o crime. Não sei se são o aço e fuligem que a CSN cospe todos os dias, e na qual fui criada, que estão me fazendo a retornar ao meu habitat de origem...não sei se são as arvorezinhas e eucaliptos do meu bairro...não sei se é a comidinha de Maria – não a minha faxineira megera, mas a senhora que trabalha aqui em casa - o fato é que eu tô correndo moooooooooooiiito! VanOr, você vai se orgulhar de mim (sim, por isso não fui aos VsP ontem. Poderia ter ido aqui, mas como andei aprontando, vou esperar pra próxima semana)! Consigo dar duas séries de corrida, de 15 minutos cada, ininterruptas. Trinta minutos de corrida ao todo! Mais quinze de caminhada forte antes, entre as séries e depois. Pra quem era ultrapassada por todos os velhinhos do Aterro há menos de um ano, nada mal! Ainda que seja um trote meio urubu malandro, já é muita coisa! Acho que desde as olimpíadas da sexta série não conseguia esse prodígio.

Te cuida, Fernanda Keller.

X

Mas casa de mãe é tudo de bom, né? Você senta na mesa e plim! Aparece uma comida deliciosa pronta. E de repente...plim! A louça aparece limpa. O meu banheiro tem um buraco que dá direto na área de serviço. Eu só jogo a roupa suja ali e plim! A roupa aparece limpa e passada no dia seguinte em cima da minha cama e cheirosa – por que tem quintal pra secar, claro, não precisa ficar espremida num varalzinho de apartamento! É mágica, gente! Mágica! E melhor: de grátis!

O que me faz pensar: o que eu estou fazendo no Rio, sendo que em duas horas eu posso estar lá – menos até, se eu for de carro? Tem gente que gasta quase isso pra ir ao trabalho!

7 comentários:

Tereza Cristina disse...

E de quebra ainda tem uma mãe gracinha para dar beijoquinhas. Bom demais!!!
Tenho uma tese a respeito do pó de minério das nossas siderúrgicas: ele melhora as nossas performances esportivas. É isso!!
beijinho

Dani Machado disse...

Casa de mãe é mágica mesmo, tenho que concordar. Adoro essa sensação que vc está sentindo. Mas só notamos quando moramos longe e temos que dá conta da roupa, da comida e da correria do nosso dia a dia, uma pena!

Mani disse...

Ah...as delicias da casa da mãe. e de ser apenas a filha...

Jussara disse...

Parabéns Carrie, por já estar correndo tanto!sim, pq meia hora pra mim é muito, mesmo que com intervalo de caminhada. Eu tenho resistência pra fazer quase qualquer atividade aeróbica: caminhar,aulas de academia, pedalar,etc.; mas se começo a correr, em menos de 2 minutos meu coração quer sair pela boca,os pés parecem chumbo, o rosto esquenta e parece que as pernas pesam toneladas.Simplesmente não consigo. Vejo as pessoas correndo no local onde faço caminhada, e parece que é tão fácil, que elas não fazem esforço algum...quem me dera fosse assim comigo.
Queria comentar outros posts seus, mas ficaria mto grande. Mas aquele do "Carrie tb é Lair Ribeiro" foi demais.

Queria aproveitar a oportunidade(sem querer absuar do seu espaço) e perguntar pra Tereza Cristina, como faço para baixar a série do Lost. Ou como faço para baixar filmes em geral. Sei que tem um tal de torrent, mas não faço idéia do que seja.
Obrigada.

Tereza Cristina disse...

Jussara, na verdade eu só assisto. "Marido" é quem faz o serviço duro. rsrs
Vou pedir para ele fazer um manualzinho e mando pra você, ok??
beijinho

*Carrie, desculpe a utilização do seu espaço. beijinho

Carrie, a Estranha disse...

Q isso, gente! A casa é nossa! Podem usar e abusar!

Jussara,

Ah, puxa. Comente, sim! Adoro comentários! E qto maiories, melhores!

Bjs

Jussara disse...

Obrigada Tereza!será que ele vai querer fazer o manual?hehehe.Se ele fizer, ele é gente boa pra caramba.Abs.

Carrie, depois comento então,rsrs.
Abs.