quinta-feira, outubro 26, 2006

Yo no creo en brujas...(ou momento narcísico)

(Como se o fato de fazer um blog já não fosse narcisismo suficiente...)




Descobri que sou insuportável (nããão?!! Jura? Demorou trinta anos pra descobrir isso?). Na verdade a gente já desconfia desde pequena, né? Aí vêm os namorados, amigos, primos, irmãos... Um toque aqui, outro ali. E um dia a ficha cai – como sei diz por aí. Mais precisamente, ontem, lendo um manualzinho de astrologia chinesa. Não, não acredito em astrologia. Odeio quando leio ou vejo entrevistas em que as pessoas dizem: “você sabe, né? Sou sagitariana, logo...”. Odeio quando tentam adivinhar meu signo. Mas a semelhança dos meus signos – tanto zodiacal, quanto chinês - é tão absurda que eu começo a me render. Ligeiramente.

Sou escorpião. Certa vez um amigo que entende de astrologia, colocou meu dados num programa de mapa astral, de computador, só de sacanagem. Ele ficou espantado com os resultados – se é que ele fez tudo certo e se é que dá pra confiar num mapa feito por computador. Ele disse que eu sou a escorpiana mais escorpiana que ele conhece. Todos os meus planetas estão em escorpião, com exceção da Lua – que representa os relacionamentos – que está em Virgem (signo equilibrado, organizado...). Meu ascendente é capricórnio, o que confere a todas as características de escorpião uma certa dose de teimosia.

Como se não bastasse, no horóscopo chinês eu sou Dragão. E não qualquer dragão, mas um dragão de fogo. Não precisa nem entender muito de astrologia pra imaginar o que isso significa. Pensem literalmente, amigos. O que é um dragão de fogo? No mínimo, um pleonasmo.

Em resumo: sou vaidosa, teimosa, persistente, gosto de ser o centro do planeta Terra, gosto de ter atenção, gosto de ser a melhor – e gosto que as pessoas reconheçam isso o tempo todo – sou impulsiva, apaixonada, obsessiva, ciumenta, vingativa, não esqueço as coisas fácil e espero até o final dos tempos pra dar o troco, mas quero um relacionamento tradicional, organizado etc (não é à toa que eu tava lendo que dragões não costumam se casar, ou quando o fazem, é na juventude. Visto que 30 anos não é exatamente o ápice da juventude...ou é?).

E o pior de tudo: parece que eu gosto de ser assim! Porque se você encontrar um escorpião que não goste de ser escorpião, desconfie! Ele é uma fraude. Escorpião de verdade ama o próprio signo assim como o próprio umbigo e tem pena do resto do zodíaco que não nasceu com a mesma sorte que ele. Aliás, quero ler mais pra entender se escorpião e dragão são parecidos, pois pra mim, com os meus parcos conhecimentos astrológicos, são absolutamente idênticos.

Mas, como nada na vida pode ser uma coisa só o tempo todo – e quanto maior a subida, maior o tombo – nós (escorpiões, dragões e peçonhentos em geral) somos signos de extremos. E quando a gente vai pra outra ponta, se acha o mais vil, mesquinho, terrível, feio, burro, chato, horroroso, pequeno, formiga, menor do Universo inteiro incluindo todas as galáxias já criadas ou por serem criadas. E tem vergonha disso. E pede perdão por ter sido tão vaidoso, afinal, você é um dos seres mais insignificantes do universo. Aí vai dando uma vergonha, uma vergonha, uma vontade de sumir, de dizer “tava biiiincando!”, esquece tudo, apaga, finge que eu não existo, na verdade eu realmente não existo...

O que leva à conclusão de que você não é nenhuma das duas coisas. E os dois extremos só fazem te distanciar da realidade; uma realidade que quase todo escorpiano detesta: você é só uma pessoa comum. Existem 369.562 pessoa iguais a você. Se liga, mala!

Mas, advogando em causa própria – claro, porque esse blog é meu, eu mando nele e não vou terminar esse post queimando meu filme dessa forma, porque eu ainda sou uma escorpiana – tenho a dizer que nós, escorpiõezinhos, somos também um poço de doçura, que beira o melado (sim, porque tudo nosso é exagerado). Somos leais – acima de tudo, leais. Somos companheiros. Ajudamos os outros. Somos sinceros – ainda que essa sinceridade beire à rudeza, por vezes. Só precisamos dosar. Mas, definitivamente, não somos pessoas fáceis. Pensando bem...quem é fácil? Só os seres terrivelmente evoluídos ou terrivelmente chatos – e visto que a primeira espécie é muito, muito rara, é bem provável encontrarmos mais pessoas chatas. E a gente – ou eu pelo menos – tem uma vantagem: já sabemos de tudo isso. Fica muito mais fácil administrar seus defeitos quando você tem plena consciência deles.

8 comentários:

Anônimo disse...

Gisele (fiel amiga):
Adorei a "homenagem" ao nosso signo, concordo com partes do texto, ou melhor grande parte...rsrs!! Adoro ser escorpião; quando alguém pergunta: Qual seu signo?, ai eu respondo e a pessoa faz aquela cara de inveja misturada com admiração, medo...e outras coisitas mais...rsrs

osvjor disse...

já eu não me reconheci... vou ligar pra minha mãe agora mesmo pra checar a minha verdadeira data de nascimento...

Carrie, a Estranha disse...

Nossa! Audiência massiva de escorpianos?! Será q só faço sucesso entre escorpianos?

Bjs

Tereza Cristina disse...

Faço tudo para manter o ar blasé e dizer que não acredito em astrologia, porém... Acho que até me orgulho de ser a típica escorpiana, do último dia do signo (acho que deve significar alguma coisa, rsrs). Pelo menos a cara das pessoas muda, logo dão ênfase ao tal apetite sexual do signo.
Como bem disse a Carrie, o exagero ocorre em tudo, e fico pulando de um extremo para o outro. O pior é quando dou uma mancada com uma pessoa querida: fico me sentindo a mais infeliz das criaturas...

Pierre Menard disse...

Nossa, eu sou escorpião e dragão de fogo! E adoro ser scorpio! Bom praca!

Pierre Menard (Erick)

Carrie, a Estranha disse...

Erick,

Como assim, Pierre Menard? Why?

Jura q vc é escorpião e dragão de fogo? De q dia?

Ila Fox disse...

Carrie, então seu amigo não conheceu meu namorado!

Ele é do signo de leão, ascendente em escorpião e signo chinês Dragão.

É muito ÃO para uma pessoa só né??

Ele acha que está com a razão até quando é óbvio que está errado.
E depois eu, uma pequena taurina preguiçosa e esfomeada, que sou teimosa!

Carrie, a Estranha disse...

Mas meu amigo disse q eu era a pessoa mais escorpião, não a mais "ão". Rsrsrsrs...

Seu namorado deve ser uma pessoa meio difícil, hein?

Bjs