segunda-feira, outubro 09, 2006

O Sexo e os Super Heróis


Eu achei que eu já havia chegado ao fundo do poço. Que já tinha visto todas as merdas na televisão. Tolinha. Sabem quem está na Luciana Gimenez? O Roy. Dos Menudos. Quem foi criança/adolescente nos anos 80 se lembra disso. Roy era aquele com carinha de bebê.

Vocês não podem, nem em sonho, imaginar como o cara está. No visual ele parou nos anos 80. No físico, ele parece ter 40 anos. Gordo, careca. Estranho. Muito estranho. O som é anos 80. Faixa na testa. Colete de couro. Gente, quem usa colete? Deplorável.

O cara tem uma filha de 16 anos. Como assim?! Imaginem a quantidade de gozação que a garota escuta no colégio?

As pessoas falam dos Rebeldes, mas quem gostou de Menudos não pode falar nada. E eu amava os Menudos. Delirava. Gostava do mais podre deles, o Rob Rosa. Hoje, vendo as fotos deles, eu me pergunto porque eu gostava do mais feio? Sei lá. Eu era uma criança apaixonada pelo Gonzaguinha e pelo Fagner. Pelas músicas e por eles. Então, pode-se esperar tudo. Só não fui no show do Menudo aqui no Brasil porque entrei na paranóia – sim, sou paranóica desde criancinha – que ia morrer pisoteada. E deu altas merdas, mesmo. Sorte de Rimão do Meio, pobrezinho, que ia comigo. Já tinha comprado ingresso e tudo.


Mas falando sobre os meus heróis infantis – que acabam todos, invariavelmente na Lu Gimenez - meus primeiros sonhos eróticos foram com o Batman. Havia uma série quando eu era criança que eu amava e era feita por atores de carne e osso. Até hoje assisto todos os Batmans. Mas não me mantive fiel. Tenho uma quedinha pelo Homem Aranha. E pelo Demolidor-Ben-Afleck. Es-pe-tá-cu-lo aquela roupinha dele. E depois que vi “V de Vingança”...ai, ai...

Além disso, eu só descobri como os bebês vêm ao mundo assistindo ao Superman 2. Minha mãe já tinha me contado a história da sementinha. Mas como a sementinha chegava até o local onde ela crescia ainda era meio nebuloso pra mim. Acho que eu ainda evitava o assunto. Não ligava os nomes às coisas. Mas a verdadeira descoberta veio com o Superman 2. Quando ele casa com a Lois Lane, morre e daí roda a Terra ao contrário pra tudo voltar como era...tão lembrando? Pois é. Vi-o junto a Lois, debaixo dos lençóis e não entendi o que eles estavam fazendo pelados. Aí fui perguntar pra minha mãe – sim, eu perguntava tudo pra minha mãe – e ela me disse que era assim que sementinha encontrava a outra sementinha. Quer dizer, aí ela me deu detalhes. Confesso que fiquei meio chocada e o Superman nunca mais foi o mesmo pra mim.

Pior foi uma prima minha que descobriu como os bebês vêm ao mundo assistindo à Lagoa Azul. Viu umas trezes vezes. Hoje em dia já tem dois filhos, de um ex-presidiário. Isso porque ela é da minha idade. Quando eu digo que eu sou uma sobrevivente, que minha infância e adolescência foram hardcore e que minha mãe deveria jogar às mãos para o céu – tá, Babyssauro? – por eu ser essa pessoa normal e não estar roubando nem matando, as pessoas acham que eu exagero. Galera já era punk no jardim.

6 comentários:

MM disse...

Putz, Carrie, estou arrasada! Nunca fui fã total, mas (até porque já tenho 35), gostava do Robbie (e não Rob) Rosa, que era quem cantava If you're not here. Adorava... Pena que saí com a cã, fui botar a filha pra dormir e perdi esse programão. Agora, só Otávio Mesquita, que ninguém merece!
Beijos e boa noite.

MM disse...

e... há! Já que eu só tinha lido o post até a metade, a parte dos Menudos, devo acrescentar...
1. Eu também adorava Gonzaguinha e Fagner. Além de Milton Nascimento e Moraes Moreira, até onde me lembre. Tenho uma performance com meus sobrinhos com "Borbulhas de Amor" que é de chorar de rir.
2. Você não faz idéia de como eu descobri a verdade. E não dá pra contar aqui e agora.

roberta Carvalho disse...

Vem cá, Rimão do Meio é o que eu conheço, né? Tô aqui em cólicas de gargalhadas imaginando ele no show dos Menudos.

Eu não gostava dos Menudos, achava que era coisa de criança, me achava muito adulta, sabe? Mas minha irmã, que é modelo 74, adorava! Minha mãe levou a bruta no show dos Menudos. Ser mãe tem dessas coisas. Ela me levou no show do Kiss tb.

Bom, se é pra fazer confissões trash... eu era fã do Barry Manilow. Mas pelo menos não assisto Lu Gimenez hoje. :p

Beijo

Carrie, a Estranha disse...

Q porra é essa de Barry Manilow?!

Sim, Rimão do Meio era incumbido pra essas roubadas. MAs não precisou ir.

MAs depois fomos a muitos e muitos shows, mais agradáveis como red hot, nirvana, stones...Apareci até no Rock and Rio nas costas dele, eu com 14 anos! Show do Guns. Eu bêbada igual uma porta achando q era o Axel Rose, quase tomando porrada de meio maraca. E RImão lá, me escoltando e impedindo q me baixassem o cacete.

Carrie, a Estranha disse...

Eu assisto Fogueira Santa no Monte Sinai, Terapia do Amor e FAla q eu te escuto.

O mundo é muito, muito, muito estranho e até eu tenho medo de mim.

Joana disse...

morri de rir!! eu fui no show dos menudos no "mineirinho" em belo horizonte! nao lembro de nada, exceto que foi a primeira vez que vi aquelas luzes de "raio lazer", sabe? fiquei abismada