quarta-feira, julho 02, 2014

Só consegui pensar uma coisa durante toda a entrevista do Neymar que acabei de ver: ele só tem 22 anos. Com 22 anos eu nunca tinha trabalhado – e portanto nunca tinha ganhado um tostão furado – nunca tinha andando de avião; não conhecia outros países; nunca tinha saído do Sudeste; não sabia dirigir; não tinha sequer me formado; já tinha trancado a faculdade duas vezes e transferido uma. Fazia curso de teatro na CAL. Com 22 anos eu não tinha a menor noção do que fazer com a minha vida. Devo confessar que rolou uma depressãozinha. Não pelo dinheiro que ele tem, pela fama, por nada disso, porque nada disso me importa de verdade (sério). Mas por vê-lo falar que desde os 6 anos de idade o sonho dele era jogar uma Copa e ser campeão. Quem de nós consegue sonhar tão alto e ver esses sonhos virando realidade e aos 22 anos? Não que os pequenos sonhos não sejam importantes. Ou que os novos sonhos que sonhamos (quando a vida vai dizendo que os velhos sonhos são grandes demais, impossíveis demais), não sejam igualmente importantes. Mas pensar que a maioria de nós não vai sequer arranhar conquistas desse naipe – que, volto a dizer, não tem nada a ver com dinheiro ou fama, mas com um grande sonho de infância – é muito injusto.

A bem da verdade, a chance de aos 37 anos ele estar falando m*rda nos jornais na TV e no jornal que nem o Ronaldo (que é da minha idade) é grande, também. Pelo menos aos 37 eu faço meu pós doutorado e ainda posso dizer que estou no início da minha carreira.


Enfim. Difícil e injusta a vida.

7 comentários:

Lilith disse...

Olha...gosto muito de futebol, do tipo de acompanhar campeonato...E a vida tem dessas coisas...sempre admirei o futebol do Ronaldo, mas quando ele abre a boca quase esqueço o quanto eu o admirava quando jogava bola...ao contrário do Neymar, que eu sempre achei meio 'mala' e que no entanto tem amadurecido e se mostrado um atleta de alto nível nesta Copa...fiquei triste por ele ter sido cortado...

Paula Clarice disse...

Amei! Continua afiada na pena! Que bom te reencontrar :*

trinity disse...

Só agora vi que voltou com o blog, só quero te dizer: Obrigada!

【✖ » ι-уuкoи « ✖】 disse...

Vou dar um pequeno sermão... Não diria que a vida é injusta. Como meu pai sempre diz vida está ai para a gente viver e ela é um barato. Se vc souber como aproveita-la, assim como o Neymar eu também tenho 22 anos e consegui ter um dos meus vários sonhos realizado o que seria terminar a faculdade. Sonhos são coisas difíceis de se alcançar mas não impossíveis. Posso dizer que.. quando vc realmente deseja uma coisa, vc a consegue. Não vai ser fácil mas vc consegue. Muitos sacrifícios serão feitos no caminho mas que lá na frente vc vai olhar para trás e falar que valeu muito a pena.

bel seslaf disse...

Saudades daqui.

Carrie, a Estranha disse...

Beeeeeeeelll!!!!!

:) :) :) Saudades! Achei sua irmã no Face e ela disse q vcs falaram sobre mim outro dia. Espero que não muito mal.

Querida pessoa de nome de letrinhas,

Bacana! Continue assim.
Deixa eu só te contar um segredinho: por mais que a gente deseje, acredite, batalhe, lute, corra atrás, alguns sonhos simplesmente não se realizam. Isso se chama vida adulta e a gente precisa lidar com isso. Sem querer dar sermão de pessoa mais velha, mas isso vc só aprende com o tempo. E depois que se passou muito dos 30. ;)

Lillith, Paula e Trinity,

Yeiiii!!!!

Bjs

Anônimo disse...

Não acredito q vc voltou!!!!
Ganhei o dia!