domingo, agosto 14, 2011

Voar, voar, subir, subir...


A primeira vez que ouvi a música do Biafra (que descobri, no artigo do Artur Xexéo de hoje, que se escreve Byafra) foi em um rádio relógio despertador. Corria o ano de 1983 eu era então uma criança na pré-escola. Dormia no mesmo quarto de Formiga Irmã - quarto hoje que é só meu - já que meus outros irmãos habitavam os outros quartos. Ela estava no pré-vestibular e eu na pré-escola. Era muito bom, pois ela ficava lendo até tarde com o abajur ligado e eu tinha medo do escuro, daí eu adormecia com luz. Não sei se para ela era bom, porque nessa época eu ainda fazia xixi na cama. 

Parêntesis: devo ter feito xixi na cama até uns 8, 9 anos, o que é muito humilhante. Ninguém na minha faixa etária fazia xixi. Só eu. Tinha vergonha de ir dormir na casa de amiguinhas; tinha vergonha de ter minha intimidade ventilada a parentes quando íamos pra alguma casa nova, sem contar a constante lembrança de minha condição através do plástico que forrava minha cama e fazia splash, splash. Mesmo com todos cuidados de não beber água antes de dormir e fazer xixi antes de deitar o imprevisto dava as caras. É uma coisa meramente psicológica, de amadurecimento, mesmo. 

Enfim. O fato é que de vez em sempre acordava a pobre da Formiga Irmã no meio da noite dizendo: Bibi, fiz xixi na cama. Lá ia ela, resmungando sobre o simulado do dia seguinte, trocar minha roupa de cama, me dar banho, trocar meu pijama e me botar na cama de novo. Às vezes o sono era demasiado e ela só trocava a roupa de cama e deixava o banho pro dia seguinte.

Despertávamos sempre com o nosso rádio relógio sintonizado em alguma rádio - ela despertava, eu estudava à tarde. Ainda hoje mantenho o hábito do rádio relógio, mesmo colocando o celular também. Só que hoje em dia estranhamente o rádio relógio sintoniza muito mal. As únicas a pegarem bem são essas rádios evangélicas. Daí eu boto na mais hardcore, dessas que tem sempre um pastor pregando sobre o apocalipse e que tais. É bom pra botar pressão logo de manhã. Não que faça muita diferença, afinal as rádios locais se alternam entre musiquinha-mela-cueca-de-motel ou bate-estaca. O que, aliás, define bastante a minha cidade. Ou você é chófem ou entra pro grupo da terceira idade.

Nossa, a capacidade que eu tenho de fazer digressões é realmente um fenômeno. O que, aliás, define bastante a minha vida. Vamos lá. tentando terminar um post sobre o Biafra (ou Byafra).

Ouvi essa música a primeira vez na mais tenra infância e achei linda. A letra, a melodia, tudo. Continuo achando linda. Qual não foi a minha surpresa ao vê-la em um comercial de seguros, onde um bandido assalta um carro que vem com o Biafra (ou Byafra). Daí ele começa a cantar essa música e o assaltante prefere largar o carro. O slogan é: vai que o seu carro não vem com o Biafra.

Assim como o Xexéo na crônica de hoje achei uma injustiça . Tanta gente mais chata pra colocarem. Osvaldo Montenegro. Jorge Vercilo. Emerson Nogueira.  Mas, também como o Xexéo, minha simpatia pelo Biafra (ou Byafra) aumentou. 

Já pelo referido banco...                           

9 comentários:

ila fox disse...

Só para vc não se sentir tão sozinha, eu usei chupeta até os 11 anos!!! sim, praticamente larguei para virar mocinha. Bem feito pra mim que tive que passar a adolescência toda com aparelho na boca. :-P

Lembro que tbm era um transtorno dormir na casa dos outros, pois eu tinha vergonha da chupeta, daí eu levava escondido e usava debaixo do cobertor, hoho. E quando nem assim dava, eu ficava com insonia, era horrível dormir sem. T_T

... disse...

"Tanta gente mais chata pra colocarem. Osvaldo Montenegro (...)"

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Super concordo! Vc não tem ideia de como esse homem me dá sono...outro dis no plantão o colega colocou ele pra tocar....quase fiz de refém!

Bj!!!!!!!!!!

bel seslaf disse...

o/ Xixi na cama até os 7 ou 8, colchão humilhantemente forrado de plástico, e achar O Sonho de Ícaro a coisa mais linda do mundo.

Marcelo Carahyba disse...

AAAAAAAAAhhhhhhh q isso, Oswaldo Montenegro (com W mesmo) é maneiro! Vai dizer que não gosta de Bandolins? kkk

...
Como fosse um lar
Seu corpo à valsa triste
Iluminava e à noite
Caminhava assim

E como um par
O vento e a madrugada
Iluminavam à fada
Do meu botequim

Valsando como valsa
Uma criança
Que entra na roda
A noite tá no fim

Ela valsando
Só na madrugada
Se julgando amada
Ao som dos bandolins...

http://fantastico.globo.com/platb/fantastico30anosatras/2010/02/24/oswaldo-montenegro-canta-bandolins/

kkkkkkkkk mto bom!

Gazzy1978 disse...

Todo mundo tem um podre de infância pra contar, hahahahhaha. Eu também gostava do Sonho de Ícaro e ao mesmo tempo do RPM. E tomava mamadeira de Nescau ou Quick de morango até os 8, 10 anos, só pq meu irmão mais novo também gostava de tomar.

Devia ser um saco pra minha mãe, toda noite, preparar uma abençoada mamadeira pro baby de 4 aninhos, e outra pra meninona de 8. #PodeIssoArnaldo?

Carrie, a Estranha disse...

Ila e Grazy,

Chupetas, mamadeiras e afins eu nunca fui mto fã. Pra vc ter uma ideia, não consigo lembrar de mamadeira e chupeta. Meus primos, minhas amiguinhas ainda tomavam e eu já não tomava mais.

Marcelo,

Tttic (engatilhando a arma) - tpishhhh (atirando - no Oswaldo).

...

"Quase fiz de refém". Hahahaha... vou usar.

Bel,

Foi cumplicidade ou espanto o comentário? :)

Bjs

Marcelo Carahyba disse...

kkkkkkk

bel seslaf disse...

Foi cumplicidade. Esse bonequinho levantando a mão o/ não ficou mesmo bom nos comentários do blogger. :)

Silvana disse...

Um dos motivos pelo qual eu não consigo mais ver televisão é esse tipo de comercial, tentam ser engraçadinhos e perdem a mão feio. Bah, acho que Jorge Vercilo é ainda pior que Osvaldo Montenegro. Podia ser o Orlando Morais também (lista interminável essa de gente mais chata). Também gosto de Sonho de Ícaro, vamos formar um imenso cordão, como diz o Chico.
Beijos