sábado, abril 02, 2011

Viva!


Minha querida amiga Amana, que sempre comenta aqui, que eu conheci "pequena aqui em Barbacena", recém doutora em psicologia, acaba de passar para professora adjunta em uma universidade pública no Rio. Não é substituto, não. ADEJUNTO, prebe!! É partir para a aposentadoria.

Pessoa tem 30 anos.

Fico muito, muito feliz. Não só - como já disse em outros lugares - porque eu conheci essa pessoa com 12 anos (ela) e eu 16 (eu), magrelinha, óculos fundo de garrafa gigante, mega inteligente, fazendo um curso de orientação vocacional dado pelo meu irmão no colégio dela, meio perdida só como as adolescentes realmente inteligentes são, mas com uma enorme curiosidade. Leitora voraz, filha da minha professora de Educação Artística da 5ª série, vem de uma família brilhante - e as irmãs, mais novas, são da mesma estirpe. (Uma é jornalista, coitada, mas Deus vai ajudar essa menina e botar luz no caminho dela). Hoje em dia - vejam só - ela vai trabalhar na mesma instituição do meu irmão que lhe dava orientação vocacional.

Mas não só por isso. Também por ver que esforço e dedicação são recompensados. (E uma grande dose de sorte, que em nada desmerece o esforço e a luta). E por pensar que ela não vai precisar passar pelo calvário das privadas, que entorpece o cérebro e não te deixa estudar.

Amana foi uma pessoa que foi em linha reta (ok, de fora ninguém vê os tropeços, né?), da graduação ao mestrado, sempre estudando muito, prefirindo ficar apertada de grana a empregos que não a deixassem fazer as coisas direito. Uma lição pra mim.

Nos "separamos" sem motivo mais grave, apenas pelas coisas da vida, durante um bom tempo e voltamos a nos reencontrar quando ela foi pros EUA fazer bolsa sanduíche um pouquinho depois de mim.

Perdoem-me. Estou um pouco emocionada.

Imagino ela.

Beijo grande, querida. Você merece muito.

4 comentários:

Formiga Irmã disse...

Parabéns Amana!!! Muito bom mesmo!!!
Comemore, pois vc merece!
Beijos, com carinho
Vivi

Amana disse...

Obrigada, queridas fofas!!!
beijos e beijos

Gazzy1978 disse...

Tão bom ficar feliz pelos amigos!!! Eu fico feliz pelos meus, e também pelos amigos dos amigos.

Acho que reconhecimento e valorização de trabalho árduo hoje em dia é raro, parece que a pessoa está se exibindo e que isso é politicamente incorreto... VPM, PQP, cambada! Trabalhar e estudar nunca matou ninguém, até hoje. Acidentes ocorridos no trabalho, sim.

Parabéns, sem nem conhecer!

Carmen disse...

Parabéns, igualmente! Que esta seja somente uma dos muitos louros a serem colhidos por você, com o suor de todo esforço ;)