sábado, maio 15, 2010

Fofulência

Eu dou aula pra uma turma que têm três alunos regularmente matriculados. Uma quase nunca vai, então somos eu e mais dois, a rigor, toda semana. Eles nunca faltam. São gente boa à beça. Um sempre lê os textos. O outro menos, porque trabalha muito, mas é muito interessado, também.

É muito interessante porque a aula segue em outro ritmo - vale dizer que nesse lugar as aulas são quase todas de 4 tempos, então dou aula de 18:30 às 22:00 pra eles. Claro que eles só chegam às 19h, ou mais, tem um looongo intervalo e eu solto um pouco mais cedo. Mas dá pra fazer atividde mais individualizadas, fazer leituras, ser quase como um grupo de estudo.

Na última aula um dos garotos vira e diz: "essa é a aula que eu mais gosto. A única onde eu posso dar minhas opiniões e discordar do professor".

Muito bom saber que a sua aula serve ao menos pra uma pessoa.

Esse mesmo aluno, semana passada, me disse: "professora, você fica muito bem de bordeaux".

Muito fofo.

Não, ele nem é gay. Dou aula pra namorada dele na outra universidade.

E não, plebe. Ele é beibizinho. Nem pensem merda - eu sei que vocês pensam merda.

2 comentários:

Carmen disse...

???? Mas nem abrimos a boca...kkkk
Bem, pelo menos eu acredito em vc; fora que do pouco que conheço do seu gosto, duvideodó que vc fosse sentir atração por um homem que chamasse a cor vinho de "bordeaux"...kkkkkkkkkk
Tá mais pra ele te dar uma boa olhada e dizer:"hummm, hj vc está bonita pra caramba!", sem sequer conseguir identificar a cor da roupa, rsrsrss.

Ivy disse...

"bordeaux"?? tem certeza que ele não tá escondendo o #telegrama?!!