domingo, janeiro 10, 2010

Rio 50 graus

Tá um calor bisonho aqui no Rio. Cheguei ontem, pensei em fazer alguma coisa, mas a única coisa que foi possível foi ficar na piscina e tomando cerveja (foi mal aê). E piscina com sombra, o que é melhor.

Ia ver Abraços Partidos, mas não consegui. Este ano começou bem, cinematograficamente falando. Já vi Bastardos inglórios (perfeito), Julie & Julia (adorável!), Encontro de casais (bomba), Avatar (chato) e Sherlock Holmes (legalzinho) e ainda estamos no dia 10. Este ano eu resolvi anotar todos os livros e filmes que eu ler/ver.

Sim, Avatar é chato. Vamu combiná que Avatar é bem chato. Tudo bem que eu não vi a versão 3D, mas estou dizendo a história em si. Plasticamente o filme é lindo, não vou negar. Mas a história é um porre. Ah, é só divertimento, Carrie!. Reloooou?! It's me, Carrie White! A pessoa que chorou litros e amou Titanic, que ama a saga Crepúsculo e assiste todas as porcarias da cultura de massa e se amarra. Não sou exatamente uma expectadora de cinema cabeça iraniano. Eu fui com a certeza de que ia gostar. Várias pessoas cujo gosto combina com o meu gostaram. Comprei ingresso com um dia de antecedência. Toda empolgada. Chega lá e...boriiiing.

Ok, eu achei legal o lance de isso-é-o-que-vai-acontecer-com-o-planeta-Terra e esse lance de energia que flui e estamos todos ligados com os nossos ancestrais e somos todos uma coisa só. Eu ando bem numa fase lance-de-energia-que-flui. Mas, achei uma história mal contada. Sem roteiro. Sei lá. E aqueles avatares são feios pra caralho. Não sei quem disse não sei aonde, mas azuis, só os smurfs.

Deixa eu ir lá. Tô em dúvida se agora vou pra Floresta da Tijuca e entro numa cachoeira ou vou ao cinema; ou se vou ao cinema e depois ao Fashion Rio; ou se deixo pra ir ao Fashion Rio amanhã pra ver a Alinne (com dois Ns) Morais desfilando. Uiuiui. Me achando.

Ai, ai. Tchau, plebe. Deixa eu ir pras minhas férias.

6 comentários:

Joel disse...

Vai ver Cidadão Boilesen lá no Artplex.

Tião Medonho disse...

isso que é nao ter medo de polemica...to bobo.

Docinho de abacaxi disse...

E eu que ainda não posso comentar nada a respeito de Avatar?
Tentei SEIS vezes seguidas comprar o ingresso para o mesmo dia, o dia seguinte, o dia depois de amanhã, para a próxima quinta-feira de lua cheia e tava sempre esgotado.
Já desiludida com a vida, achando que só o veria o filme quando exibissem no Tela Quente, eis que surge um filho de Deus com os ingressos.
Aguardei TRÊS dia ansiosa para assistir a tal obra-prima.
Sábadão de sol, 40 graus torrando minha cabeça, sessão pra começar às 13:40 da tarde, rumei para o cinema.
Tava lá assistindo o desfile de escola de samba mais bonito que eu já vi (e até então, cheio de clichês) quando tudo ficou escuro. Escuro demais até pra uma sala de cinema.
A porcaria da lâmpada do projetor estourou e eu fiquei sem ver a outra metade do filme.
É isso.
Acho que vou numa sessão de descarrego.

Carrie, a Estranha disse...

Joel,

É, tava afim, mas não sei se vai dar tempo.

Tião Medonho (adorei),

Polêmica? Why? Pq eu falei mal de Avatar? Sério? Então vc é novo por aqui, pois isso não é nem uma ponta do q eu sou capaz. ;)

Docinho,

Hahahaha...tá foda messs. Rsrsrs...Mas acho q isso é um aviso divino pra vc não ver Avatar.

Bj, crianças.

ila fox disse...

Ai, acho que o pessoal tá indo com muita expectativa para ver o filme... por isso acabam se decepcionando.
Eu fui sem nem saber direito do que se tratava, por isso que achei o máximo. :-P

Mas acho que o que pega no filme MESMO é a tecnologia por trás do filme. Não é uma simples animação, é captura de emoção e movimento com renderização em tempo real. Um negócio incrível. Tem noção de que nunca foi feito nada parecido neste sentido?

Vi o backstage e achei muito legal -> http://www.youtube.com/watch?v=L6JXUoWeZ7Q

Eliane Santos disse...

Smurfs, forever!!!!
Ps.: e eles já lutavam em prol da natureza, viviam em comunidade, harmonia, blá, blá, blá...