sexta-feira, dezembro 11, 2009

Os alunos falaram pro coordenador que a minha voz é grossa demais. Que é mais grossa que a dele, que é homem (é, meus amiguinhos do prezinho me sacaneavam. Diziam que minha voz era de homem). Que é a voz mais grossa do mundo. Ana Carolina, bla, bla, bla...só falta escreverem pro reitor reclamando da minha voz.

Como diria Formiga Mãe: “quem sabe, minha filha? Quem sabe você ainda desponta em uma carreira musical?”. Ah é. Afinal, a Susan Boyle tá aí mesmo pra dar esperanças a toda gorda esquisita com voz boa.

Sou uma diva do jazz perdida em Gotham City! (mãozinha na testa simulando desmaio). Sarah Vaughan do Vale do Paraíba!

(detalhe que a megalomania da pessoa não a permite pensar em ser simplesmente a Ana Carolina, nããão. Tem que ser logo a Sarah Vaughan).

Mas eu já fiz aulas de canto lírico e fui classificada como soprano. Quer dizer, esse tema é bem controverso. Um professor ficou em dúvida entre mezzo soprano e contralto, mas depois sentenciou mezzo. Já outra professora disse que contralto é dificílimo em mulher (a não ser que você seja uma negona do Mississipi) e até mesmo mezzo é raro, e que eu era uma soprano dramática (com certeza, muito dramática), que é a voz feminina que, além de sua extensão de soprano, pode emitir graves sonoras e sombrias (sombrio é comigo messs). Mas ambos foram unânimes em afirmar: “você tem certeza que nunca fez aula de canto? Olha, sua voz realmente é impressionante!”.

Quando eu fui fazer Kung Fu o professor, na primeira aula, disse: “você tem certeza que nunca fez nenhuma arte marcial?!”.

Ou seja: ou só encontro professor picareta que quer me enganar ou sou um talento nato para várias coisas. Como diria Formiga “Pinky” Irmã: “você tem muito a contribuir em qualquer área, Cérebro!”.

Sou o máximo.

Mas não acredito em talento nato.


* * *


Depois desse momento de descontrole emocional, voltamos com nossa programação normal.


* * *


Mentira. Bota uma tabuada na minha frente ou uma simples regra de três pra ver se eu sou gênio. Eu babo três dias. Faço com a calculadora do lado e ainda erro. Há pouco tempo eu consegui dominar a tabuada de dez. Sério.


* * *



Haha. Aposto que vocês ficam curiosos com a minha voz, né? (quem não me conhece ao vivo, claro). Afinal, não dá pra se saber através do blog. Posso gravar um pronunciamento e postar no You tube, mas ele deturparia meu incrível timbre, portanto vou deixar vocês na curiosidade mesmo.

E quem me conhece de muito tempo também não acha nada demais na minha voz. Mas é muito engraçado, quem me conhece há pouco tempo sempre tem que fazer algum comentário sobre a minha voz. Às vezes eu entro nos lugares e faço alguma pergunta - loja, banco – e noto que as pessoas tomam um certo susto ou todo mundo olha. E eu acho que com a idade vai ficar mais grossa. Tô com medo de ter calo nas cordas vocais. A otorrino do exame adimissional já achou que eu tinha uma voz “porosa” e perguntou se eu ficava rouca com facilidade. Não. Só quando eu passo a noite no sereno bebendo cerveja gelada ou grito muito.

Chega de assuntos vocais.


* * *


Então tô indo amanhã de manhã pro Rio, pra embarcar na hora do almoço pra SP, passar a tarde no aeroporto de Congonhas (Lívia, me escreve até amanhã antes das nove), pegar o vôo às 6 pra Berrrrlândia e depois mais duas horas até Patrocínio. Segunda feira todo esse périplo de volta.

A manicure do salão que a minha mãe vai mandou toda a saga Crepúsculo emprestada. Vou ler Eclipse amanhã no aeroporto.

Fiquem bonitinhos. Nada de brigas enquanto titia Carrie vai ali e já volta. Tem carne assada na geladeira e lasanha. É só por no microondas pra esquentar. Não abram a porta pra estranhos e se alguém ligar não fala que a tia viajou. Qualquer coisa os telefones importantes estão na gavetinha da cômoda. Podem abrir lata de leite condensado (quando meus pais saiam ou viajavam quando meus irmãos eram pequenos, eles perguntavam: “mãe, posso fazer tudo o que eu quiser?”. Minha mãe: “pode”. “Tudo o que eles quisessem = abrir uma lata de leite condensado e dividir por quarto. Na minha época era uma lata só pra mim).

Até terça.

9 comentários:

Joel disse...

Quem sabea verdade eles não estavam sacaneando o coordenador dizendo que ele tem voz fina?

ila fox disse...

A cara que o povo faz quando escuta sua voz da primeira vez, deve ser a mesma cara de quando descobrem que tenho 27 e não 17. -__-'

*

Minha mãe teve calo vocal e por causa disso foi readaptada, hoje ela parou de dar aula e trabalha na secretaria e na biblioteca da escola... não sei se isso é bom ou ruim. :-/

*

E por falar em aeroporto, tô doida para pegar um avião e visitar meus pais. Pena que morando no interiorrrr tem que fazer baldeação com ônibus. E eu odeio ônibus.

Ventura disse...

No início do post eu já tava "ah não, mas agora ela vai ter que colocar um vídeo no toutubiu falando alguma coisa, ah mas vai!".

E nada, larga todo mundo na curiosidade... =/

Karine disse...

Bom, posso dizer que acho sua voz normal. Diria... com certo tom de presença sabe? Pode deixar que não abrirei a lata de leite condensado tia. Não tô podendo... Achei essa viagem meio confusa. Não tem um jeito mais fácil, não? Bon voyage!! Bj

Dolores disse...

Estou curiosa para ouvir sua voz, admito. Canta um blues e posta para a gente ouvir...
Ah, fui lá verificar e vc está linkada sim. Tudo direitinho.
Um beijo e boa viagem.

Lívia disse...

Já te passei um e-mail! Assim que puder, me responda!
Beijos,
Lívia

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Que alunos chatos os seus...

trinity disse...

Eu sou megamente curiosa para ouvir sua voz, afinal a curiosidade matou o gato e eu!

Uma dúvida que eu tenho é se você nucna tentou cantar profissionalmente em algum momento da vida?

Carrie, a Estranha disse...

Joel,

Pode ser. Não havia pensado nesta variável.

Ila,

Quase todo professor tem problema de voz em algum momento da vida.

Ventura,

Claro! Só pra manter o suspense! Hehehe...

Karine,

Sim, não tem nada demais. Ainda mais pra quem cresceu convivendo com ela, como vc. Mas acho q ela pode estar engrossando com a idade, sei lá. vai ver qdo eu tiver uns 60 anos vou ter a voz da Rogéria! Hahahaha...

Dolores,

carece curiosidade, não. Tem nada demais.

Lívia,

Meu anjo, não deu tempo. Vou lá ver só agora.

Se...

Aluno é bicho ruim. Reclama de tudo. Já vi auluno reclamar do perfume do professor!

Trinity,

Nem profissionalmente nem amadoramente.