sexta-feira, outubro 23, 2009

Mas que espetáculo esse filho do Sarcozy, minha gente! (daquelas um pouco atrasada, né?). Olha isso!. E isso!

Só duas palavrinhas: pegava fácil.

Ele é Hanson do Mal. O Dark Side of the Jonas Brothers. Vem pro Brasil, neném. Aqui nepotismo não dá em nada – o que nem seria o caso.

O que me faz pensar que cada país tem o filho de presidente que merece, não é verdade?


Como diria Formiga Irmã indo deitar ontem à noite (o quarto dela fica na ala leste de Versailles enquanto o meu na oeste): boa noite, Odete Roitman.


* * *


Leitora fez bobagenzinha. (Espero que não fique puta comigo, já que ninguém sabe quem é você, eu posso falar sobre você, sem que ninguém saiba que você é você). Misturou remedinho e foi parar no hospital. Daí eu ligo pra ela, pra ver se tá tudo bem (quero dizer, eu passei torpedo e ela me ligou). Ela nunca tinha ouvido minha voz. Eis que a primeira frase, com a voz ainda arrastada de tanto remédio é: pooooorra, tua voish é igualzinhaaaa a da Anaaa Caroliiiina merrrrrmo.

Pensei em fazer alguma piadinha do tipo não, aqui é a Cássia Eller, mas achei que não seria prudente.

Humor afro-descendente.


* * *


E eu continuo péssima. E, quando a gente pensa, pra ter aquele consolo que amanhã já é sexta, aí é que a coisa piora mesmo, porque sexta é meu pior dia, de longe. Mas vou parar de declarar que gostaria de mandar todo mundo tomar no cu. Não é que eu esteja mandando, perceça a sutil diferença, caro leitor. Eu só queria mandar. Mas vou parar porque Formiga Irmã não gosta. Então não vou mais dizer que eu queria que todo mundo fosse tomar no cu.

8 comentários:

mel disse...

manda mesmo

quem manda os males espanta!!!!

Anônimo disse...

Manda, pode mandar.
Mas eu não vou porque mesmo nos meus áureos tempos de sexo selvagem nunca gostei. E agora sou virgem em todos os orifícios perturbadores.
Beijos
Maria Alice

Carrie, a Estranha disse...

Hahahaha...só vc mesmo, Maria Alice, pra me fazer rir.

Mel,

Oi!

Bjs

Dolores disse...

Sobre o filho do Sarcozy, benza Deus!

Sobre seu contínuo desejo de mandar os outros tomarem no cu, apoio.

Acredito que mandar tomar no cu é terapêutico.

Joel disse...

Nem precisa mais mandar, ó sutil pessoa.
Pelo sim, pelo não vou manter uma presença bem discreta.

Se o "se" não tivesse ficado só no "se" disse...

Palavras de uma jovem estudante de psicologia: com CERTEZA mandar tomar no cu é terapêutico.

Nayara disse...

Concordo com a Dolores aí em cima...nada mais catártico que mandar as pessoas tomar no pescoço..em francês...rs

Bj!!

Mama and Papa disse...

Carrie querida do coracao:
vc sabe q eu acho q e' o 'incosnciente coletivo'? eu tb tenho essa mesma vontade de vez em sempre...never mind!
kisses