domingo, junho 07, 2009

Escatológicas


Uma questão para os amigos médicos que lêem este blog desta pobre alma hipocondríaca: acho que estou com problemas intestinais. Estou tendo diarréias muito amiúde, sem ter comido nada “ó, que extravagante”. Estou com uma diarréia terrível e dores de barriga lancinantes que abrandaram agora à noite. O pior de tudo é que é uma dor em cima e por toda a barriga, não apenas na região de cólicas intestinais.

Ok, ontem rolou uma feijoadinha aqui em casa ontem, mas eu comi super pouco e só o caldo. Eu detesto feijoada. Aliás, detesto carne de porco em geral. Não sou muito dada a carnes – com exceção de um bom filé mignon – mas essas paradas de carne assada e talz eu passo tranquilamente sem. Prefiro carboidratos (hmm...massa, doce...), peixes, saladas, frango...enfim. o fato é que eu comi só feijão e pouco. Juro. Quando eu como muito – e isso acontece com freqüência – vocês sabem que eu falo. Mas eu noto que não só eu não gosto de coisas gordurosas, mas também quando como passo mal (então pra quê que come, né leitor?).

E isso vem rolando. Antes eu achava que era por causa da tese, estresse. Sim, porque ao contrário da maioria das mulheres que tem o intestino preso, o meu é soltinho. Sabe mulher que viaja e o intestino trava, come uma coisa diferente e trava, fica nervosa e trava? Pois é. Pense tudo o oposto. Sou eu. Meu intestino não pode ver banheiros diferentes que ele se assanha logo, Activia pra mim é lacto purga, alimentos inofensivos como laranja e café são quase como laxantes e até cerveja, dependendo do dia, me dá diarréia (no dia, não no dia seguinte. Isso me faz lembrar uma vez em Buenos Aires, quando eu estava numa boate de música eletrônica...não, não, deixa pra lá, vocês não querem saber. Esse é mais um post em que Formiga Mãe diz: “minha filha...é por isso que você não arruma namorado”).

Os terapeutas reichianos podem associar esse meu comportamento à minha verborragia. Assim como sofro de diarréia mental às vezes e não consigo segurar o que penso e o que falo, isso se traduz de algumas formas no meu corpo. Uma delas é essa diarréia cada vez mais frequente. Outros sintomas sempre foram as espinhas. É como se eu não conseguisse segurar, em nenhuma escala, meus podres. Será?

O fato é que estou achando que sofro de Síndrome do Intestino Irritável. Ouvi falar nessa doença e queria saber se eu posso estar sofrendo disso. Eu tenho crises isoladas, não é todo dia que isso acontece, mas tem acontecido com mais freqüência. E, mesmo os dias em que eu não tenho a diarréia propriamente eu tenho, como direi...uma maior soltura, se é que me entendem. Só quando eu estou no auge do equilíbrio, fazendo dieta legalzinha, é que a coisa se fixa em bases sólidas (com trocadilhos).

Ou seja: se eu me tornar vegetariana, parar de beber e de comer porcaria eu fico ótima. O que seria o mais sensato a fazer, caso a pessoa aqui fosse sensata e não comesse Doritos em frente à TV e não falasse sobre os movimentos intestinais em público.

O que vocês acham, amigos médicos? Denis? Karine? Amiga com nome estranho que é ginecologista e eu esqueci o nome? Devo procurar um médico? Qual? Gastro?

E o pior é que você pensa: ah, pelo menos assim você emagrece né, Carrie? Porra nenhuma, amado leitor. Porque depois eu como. E como como.

Ai, ai. Deve ser tão bom ser normal nessas horas.

11 comentários:

disse...

Caraca, vc descreveu, e diga se de passagem, muito bem, o que ocorre comigo, igualzinho, e no alto do meu 1,60 e 70 kg, como vc, tb n emagreço porra nenhuma!

Carrie, a Estranha disse...

Pois é, Ná. Minha proporção tb é essa.

ila fox disse...

Seria algum reflexo pós stress fim de doutorado? O_õ

Solange disse...

Carrie, dá uma olhada se você não está desenvolvendo uma intolerância a glúten.

Carrie, a Estranha disse...

Ai, Solange! Será?? Não me dá susto, não!

Ila,

Humm...será? Acho q não...

marcele disse...

Fiquei mega curiosa com a nigth de Buenos Aires.... hehehe.O que terá acontecido meodeosssssssss!!!
Bjssss

B. disse...

menina, eu sou médica...é meio difícil te falar alguma coisa sem te examinar ou ver algum exame seu, mas seus sintomas podem ser de colecistite. É comum depois dos 30 em mulheres e pode dar este tipo de sintoma. Procure um clínico ou um gastro e faça uma ultra ou TC...
beijão e melhoras

*Ta* disse...

Aaahh Carrie... é até feio falar isso, mas eu fiquei com inveja de vc !! Tenho o intestino preso e fico mto feliz qndo fico do jeito q vc se descreveu !! hahaha !!
Meu primo q mora comigo pegou Rotavírus semana passada e ficou mais ou menos assim como vc está... e emagreceu 3 quilos !! Não é possível q vc não emagrece nadinha.... :( Esse é o lado bom da doença !! :D hehehe !
Bjoss !

Lilith disse...

Ai...Carrie...só vc mesmo...hahhaha...se cuida, hein.

Carrie, a Estranha disse...

Ta,

Minha irmã tb diz isso.

Lilith,

Ri não. É muito triste.

Marcele,

Um dia eu te conto.

B,

farei exames.

NanaZylber disse...

É mesmo difícil saber o que você tem sem exame físico e complementar, mas há várias hipóteses para se pensar. Você come salada em restaurante, toma bebida com gelo fora de casa? Pode ser uma amebíase, giardíase...
colecistite? talvez,mas... você tem náuseas e vômitos também? Nem sempre há todos os sinais e sintomas, mas estes são muito comuns, além da dor.
Cólon irritável, doença de Crohn...em geral há constipação intestinal e diarréia intercaladas.
Um ultrassom de abdome total vai mostrar a vesícula, o pâncreas, enfim, os órgãos da cavidade abdominal, mas não dá pra avaliar o intestino. Aí tem que partir pra endoscopia, alta e baixa...
Procure mesmo seu médico. Melhoras!

Parabéns atrasados pela conquista do doutorado!
Abração!