quarta-feira, setembro 24, 2008

Hoje eu vi o Kiefer Sutherland.

(...)

Hoje eu vi o Kiefer Sutherland.


(...)


Hoje eu vi o Kiefer Sutherland.

Vocês tem a mais vaga noção, cara leitora, de que ele é maaaaaaravilhoso ao vivo? (comprovando minha teoria de que os homens ao vivo são mais bonitos do que as mulheres, que, por sua vez, são sempre mais fotogênicas).

Lindo, fresco, louro, de terno azul marinho, com uma pele de seda, cabelos platinados, paradinho em frente a uma galeria de arte no Village, sob o sol das cinco da tarde, conversando calmamente com uma mulher gorda de cabelo vermelho. Assim, como se ele fosse uma pessoa normal.

Uau.

É verdade que se não fosse meu amigo brasileiro – que ainda fez o favor de dizer: ih, olha o cara de 48 horas! – me chamar a atenção eu ia passar batida.

Quase que eu cheguei pra ele e disse: "você tem 24 horas pra fazer Zorba tomar banho. Noooooow!"



* * *


Essa é pro meu Cósnis! Estou andando calmamente quando de repente estou na Bowery. Ôpa! Essa não é a rua do lendário clube de rock CBGB? Saco meu caderninho de endereços e sim! Qual o número? 315! É onde eu estou! Do lado da Bleecker! É aqui! Quer dizer, deveria ser aqui, já que o clube não existe mais. Ok. Vejo que hoje em dia é um café chamado Think, tiro foto com o celular, mesmo sem saber se vou conseguir passar pra cá pelo Bluetooth. (Esse computador nunca mais foi o mesmo depois dos russos). Eis que pesquisando agora na internet eu descubro que...o CBGB ainda existe! Pela franja de Joey Ramone! Como assim? E nesse mesmo endereço, esquina com essa mesma rua?!!!! Bom, pelo que entendi hoje em dia é uma galeria do rock e loja, além de também ser um estúdio - e não mais um clube. Que, é claro, vou ter que voltar lá pra ver. Agora... como eu consegui NÃO ver isso eu não sei. Na certa deve ser mais uma coisa estranha de NY, do tipo eu fui pro lado West e era East...mas COMO PODE? As esquinas tavam certas! É o mesmo número! Inclusive, lendo o site deles eu descubro passagens do tipo: "aí eles foram tomar um chá - [sim, um chá, amigo] - e comer uns knishes no Yonah Schimmel's. Ôpa! Peraí! Yonah Schimmel's é o lugar que o Woody Allen vai e que eu fui, e fui de novo hoje, inclusive comi um knishe (uma paradinha de batata).
Tipo, eu já passei milhões de vezes do lado do lugar, mas não sei onde é e hoje, que eu achei que tinha achado - e de fato achei - descubro que a parada ainda existe, mas não tá lá! Quer dizer é lá, mas não é!
Bom, quem puder elucidar esse mistério me diga. Só sei que amanhã vou baixar lá e revirar de cabo a rabo aquele Lower East Side.
Ah é! E o Joey Ramone é nome de rua, também. Que eu não vi, claro. Também lá perto.
Atualizado: Ôôô merda. Agora eu vi que o clube fechou mesmo em 2006. E no site eles dizem que vão reabrir num futuro próximo. E essa notícia aqui fala Hall Of Fame do Rock, tipo um museu do rock pra onde iria a cabine telefônica do CBGB.
Que lixo é a a stabilishação (desculpem o neologismo) do underground. Tsc, tsc, tsc. Isso contra o espíiiiiiiiirito do punk!

6 comentários:

LadyoftheFlies disse...

Onde, onde, onde??? Eles estavam filmando alguma coisa ou foi a paisana mesmo? Conte tudo, nao esconda nada.
Beijo
Raquel

Benny disse...

nossa q dez!
vc viu o cara!

sou muito fã do dele!
fiz um blog pra ele:
http://kieferbenny.blogspot.com/

mas me conta mais, please!

sonia a. mascaro disse...

Deve mesmo ser o máximo encontrar na vida real as personagens até então virtuais. Será que você não vai encontrar o Sean Penn?

PS: Jamais fico convidando as pessoas para visitarem o meu blog, e imagino que você nem deve ter tempo pra isso... mas caso tenha, dê uma olhada no meu blog, que fiz uma homenagem aos blogs que gosto de visitar. Você está lá.
Bjs.

Carrie, a Estranha disse...

Raquel,


Completamente à paisana. Tipo, "apreciando o movimento". Uma graça. Acho q ele devia estar saindo - ou quem sabe entrando - na galeria.

Oi, Benny!

É, foi isso. Eu o vi, paradinho em frente a uma galeria. Conversando com uma mulher. Não sei se ele tava esperando alguém...ou saindo do lugar.

Oi Sonia!


Ah, que legal! Eu vou lá ver, sim! Sempre gosto de saber qdo as pessoas me citam nos blogs delas. Claro q tenho um tempinho pra ver os blogs amigos!


Bjo grande!

Júlio César Meireles de Andrade disse...

E ai cosnis,
"pela franja de Joey Ramone" foi ótimo, estou morrendo de rir até agora.
Eu sabia que o CBGB tinha fechado as portas em 2006, mas tinha a esperança de que o local fosse preservado e que fizessem um museu ou algo assim no próprio prédio, com as mesmas características, etc...
Mas se vão fazer, mesmo que em outro lugar, está tudo bem, quem sabe algum dia eu possa visitar NY e conhecer.
Um abraço,
Hey ho lets go!

Carrie, a Estranha disse...

Cosnis,

Pois é, eu nao entendi muito bem se existe algum tipo de galeria, sei lá...mas vou descobrir.

Loja virtual, tem!

bjs