quarta-feira, abril 04, 2007

Alemão é que é a verdadeira Grazi


Chorei que nem criança com a saída do Alemão. De soluçar. Em sete edições de expectadora de BBB – eu acho que vi todas, mesmo as mais chatas, pelo menos o último capítulo - eu nunca vi uma final dessas. E não tenho vergonha de dizer isso. Mentira, tenho sim. Tem condição uma pessoa istudada, com 30 anos nas costas, cínica e pseudo intelectual arrogante pra caralho, ficar chorando desse jeito por causa de um programa? Se eu fico assim, imagina o Zé das Couves ou a Maria Chiquita que mora lá no interior de Deus me Livre e vê nisso uma possibilidade real de mudar de vida? Chorei que nem criancinha. Como em filme de sessão da tarde (é verdade que a TPM pode estar por trás disso, mas...). Impressionante uma pessoa angariar tanta simpatia assim. A televisão brasileira é algo assustador.

Vocês têm idéia que um cara que saiu com 91% de aprovação do Brasil pode ser e fazer o que ele quiser? Votação recorde. Ele pode se eleger presidente do Brasil, ter um programa de televisão, fundar uma seita, escrever um livro, virar ator, cantor...O que menos importa é o milhão que ele ganhou. O cara não ganhou só o jogo. Ganhou o país. Isso é bizarro. É aquilo que o Bial disse: ele não tem idéia do mundo que o espera aqui fora. Ele não tem idéia que ele deixou um mundo e vai entrar em outro. No qual, no momento, ele tá sentado no topo.

Chorei em ver a família dele. O pai, a mãe, a irmã (linda, muito mais bonita que ele), a sobrinha. Fico sempre pensando na minha família numa situação dessas. O estresse que seria. Impossível não ver ao lado da felicidade uma pontinha de alívio. Do tipo: que-bom-que-tudo-terminou. Ledo engano.

A pior situação do mundo deve estar a ex-namorada dele. Nossa, imagina ver seu ex em rede nacional ganhando um milhão, saindo aclamado nos braços do povo e beijando outra na boca? Eu mudava pra Sibéria. (Graças a Deus que meu ex nunca participaria de um BBB. Quer dizer...ele mudou tanto que se bobear participaria, sim).

E o mais bizarro é ver que o Big Brother é um programa que não tem regra. O Alemão entrou escolhido pela produção numa boate – ele disse isso várias vezes no programa – era de classe média alta, tem curso superior, morou 3 anos na Califórnia, falava inglês, bonito, gostoso, inteligente, nunca viu as outras edições, fez merda ao longo do programa...ou seja: exatamente o oposto de todos os ganhadores de todas as edições. Eu mesma, nas primeiras semanas, jurava que a Íris ganharia.

(Eu não vou entrar em questões de manipulação porque eu já disse aqui o que eu penso sobre isso).

O que é o acaso, não é minha gente? Se ele não tivesse ido àquela boate aquele dia...Bom, alguns preferem dizer que é o Destino. O que sei eu? Nada.

Ai, ai...agora vou ter que passar a estudar nessas noites de terça feira.

Valeu, Limão! Te espero no Paparazzo e na G Magazine.


(PS: Peço desculpa aos leitores internacionais que devem boiar nesses posts. E também a todos aqueles que odeiam BBB. Voltaremos agora com a nossa programação normal. O nosso estado normal, entretanto, nunca mais será o mesmo depois do Alemão. Abalou profundamente minhas convicções sobre a raça masculina. Eu acredito nos homens novamente. Ou o mais próximo disso - o que no meu caso já é muito).

5 comentários:

: disse...

Não está solitária. Chorei de soluçar também. (claro que no meu caso, a TPM é a culpada-mor hhehe).

Demorei pra domir depois. Assim como tu, fique pensando sobre todos os demais mortais que devem achar que ali está todo a salvação para seus problemas.

Chorei ao ver, pela primeira vez no bbb, alguém sair realmente emocionado por ter ganho 1 milhão, ou será que por se ver aprovado pela maioria?

Doesnt matter. O importante é que o Alemão é "king of the world". hahaha

Anônimo disse...

Putz, tu gostas merrrrrrrrmo do cara né? e acho que nós merecemos big bródi e afins. BBB é igual a novela, eu não aguento mais!!!Sei do que rola mas não tenho saco pra acompanhar,não assisti a final, mas acho que se acontecesse em uma semana poderia ser até divertido. E eu não entendo o q o cara tem demais,sério!

Sandra Lee

Hetie disse...

Nao entendo nada mesmo! Entendo que ganhou um milhao de reais, mas NAO TENHO A MINIMA IDEIA PORQUE. Que criterio eh usado? Ficam dentro de uma casa e as pessoas olhando; o que? sao eliminados? vao para o paredao? por acaso eh algum pre-vestibular para morar em Cuba? ("paredao"???)...Deixa p'ra la, querida. O que vale mesmo e ler o que vc escreve. Aqui tb tem, mas nem imagino em que canal... mas divirto-me com voce, muito bom mesmo! Beijinhos, Hetie

Anônimo disse...

BBB não é Jogo pra mostrar o bom caratismo correto de ninguém! Pela primeira vez vi isso em BBB.
Alemão é um fenômeno, nesse quesito. Mais do que o Dhomini, pois é simpático, meio cafa, meio esperto, meio doce.
Só consigo classifica-lo assim: fenômeno.
Não tem perfil de quem vai empregar bem a grana, não tem lá muito "juízo", mesmo assim agradou a todos. É caso da Globo pensar em só "escolher" na base do olhômetro!
(hahahaha) o olheiro acerou de primeira, vai ser bom assim lá na minha Balada!

L@

Bella disse...

cara, será q se eu passar a frequentar boite tb tenho chance de ser descoberta??? hahaha!!
realmente, o Alemão é um fenômeno nunca antes visto! engraçado esse apego q a gente desenvolve baseado em... sei lá o q! quase chorei tb, mas não cheguei lá. agora, q terça a noite vai ficar chatinha, ahhh isso vai!
bjks