quinta-feira, março 08, 2007

As flores de plástico não morrem


Hoje fui cortar o cabelo e ganhei uma rosa. Por causa desse troço aí de dia internacional da mulher. Aí já viram, né? Flores são um negócio que mexe comigo. Mesmo dadas assim em um estabelecimento comercial, com finalidades meramente capitalistas.


Saí pensando...eu NUNCA, JAMAIS, NEVER, EM TEMPO ALGUM, NUNQUINHA recebi flores de um homem. Em 30 anos de existência. Nunca. Ah não ser do meu pai, de pessoas da minha família, de amigas. Mas de alguém com que eu estivesse ficando/namorando etc? Jamé.


Aí eu continuei pensando. Vai ver eu não mereci até hoje. É. Deve ser isso. É mais fácil pensar assim. Porque a outra alternativa seria concluir que eu só namorei ogros. O que não é verdade. Eu namorei homens inteligentes, sensíveis e educados. Ou vai ver é justamente por isso. Eu namorei homens tão inteligentes, mas tão inteligentes e tão sensíveis que achavam um tremendo clichê mandar flores. (Só que a gente precisa de alguns clichês de vez em quando). É. Acho que é isso. Eu preciso namorar um ogro. Que não saiba nem o que é um clichê.


E aí me lembrei daquela frase que atribuem ao Shakespeare e que diz algo como “ao invés de esperar por alguém que lhe mande flores cultive o seu próprio jardim”.


Sei que é meio clichê, mas ser mulher não é nem um pouco fácil, por isso um feliz dia internacional das mulheres (o que quer que isso signifique) pra todas. Afinal, qualquer oportunidade de ganhar flores é sempre bem vinda.

6 comentários:

Bella disse...

realmente carrie, ganhar flores pode ser o maior cliché, mas no fundo toda mulher gosta. mesmo as mais modernas e pra frentex acham legal,né?
eu, pelo menos, acho mto fofo!!
bjks

Jussara disse...

Obrigada Carrie, pela felicitação; ser mulher não é fácil mesmo não. E suas flores ainda vão chegar; não acho que vc não as mereceu, mas sim, que eles não te mereceram.
Uma vez tb recebi uma rosa numa farmácia, no dia da mulher, e gostei; achei mto legal o gesto, mesmo que tenha sido, como vc disse, "em um estabelecimento comercial, com finalidades meramente capitalistas".

sandra lee disse...

Eu choro em comercial de margarina, de cachorros tb, tenho TPM, me derreto toda com palavras de carinho, adoro receber flores e quando to deprimida me entupo de chocolate, ai eu sou tããão clichê!(ah mas não tenho medo de barata)
Bjs de feliz feminilidade!!

Gisele disse...

No dia das mulheres escutei de uma amiga: "Não acho a menor graça em dia das mulheres, pq só tem dia quem é discriminado: negro, indio e por ai vai....fiquei refletindo e achei que de certa forma ela tem razão.
Ah!! Adoro receber flores.
bjs a todos.

Carrie, a Estranha disse...

Pois é...

Sandra, eu tb faço isso tudo q vc disse, e tb não tenho medo de barata!

Bjs, povo

Andrea disse...

Só recebi flores de namorado culpado ou de stalkers. Preferia não ter passado por nenhuma das duas situações.