sexta-feira, dezembro 15, 2006

Ela, a marvada


Todo mês eu tenho TPM. E todo mês eu nego a minha TPM. Digo que é coisa de mulherzinha e eu não sou mulherzinha. Jorjão, o caminhoneiro hooligan que habita meu corpitcho, diz que isso é frescura. Ele sempre agride Pollyanna, coitada, nessa época, e eu sou obrigada a ir à Delegacia de Mulheres - mas ele sempre paga uma cesta básica e sai livre.


Mas então. Voltando a TPM. Todo mês eu tenho. Aí no mês seguinte, quando começam os sintomas, eu digo bobagem. Mês passado foi porque eu não plantei bananeira, não dei três pulinhos num pé só (ou qualquer outra coisa tão sem sentido quanto). Eu não tenho TPM. Esse mês não vou ter nada. Aí lembro de todas as minhas amigas feministas que dizem que TPM é cultural. Não que não haja um desequilíbrio hormonal, mas elas dizem que o fato de sentirmos isso de forma tensa é que é cultural. Tento lembrar de Levi Strauss, de todos os textículos de antropólogos que eu já li. Mas aí ela me pega pelo pé – porque, porra, caralho, merda, buceta, eu estou imersa na fucking cultura e não tenho como escapar! E de repente eu me vejo querendo espancar a velhinha de 90 anos que passou na minha frente no caixa do banco ou me atracar com um pote de Nutella enquanto vejo a reprise de Dawson`s Creek. De repente eu acho que a pena de morte deveria ser aplicada só em caso de mau gosto musical.


E aí eu me rendo. Peço perdão a ela. À Dona TPM. Por ter blasfemado contra Sua Excelência. Por ter duvidado da sua existência. Sim, ela existe. Sim, eu sou uma mulherzinha. Cala a boca, Jorjão, que eu te enfio a porrada se você falar mais alguma coisa. Duvido qualquer homem agüentar isso todo mês. Cada celulite, cada dobrinha deste meu corpinho-delícia voluptuosamente inchado e gordo chora e pede clemência e piedade. Oi, meu nome é Carrie White e eu tenho TPM. Sou impotente diante dela. Tudo pesa. Aí eu digo que mês que vem vou me comportar, vou beber mais água, vou fazer exercícios e ter uma alimentação equilibrada. Mas no mês seguinte eu esqueço. E começa tudo de novo.

TPM é atenuante pra homicídio?

OBS: Este post foi escrito sob o efeito de pesadas drogas. Relevem erros de digitação e português mais do que o normal.

7 comentários:

Tereza Cristina disse...

Tenho medo de Pollyanna se emputecer uma hora dessas e assassinar Jorjão, pois simpatizo muito com ele. Mas sei que algumas TPMs justificam os meios. Eu te absolvo!
Sem querer dar receitinha mas já dando, se tiver um tempo dê uma olhadinha no blog do Dr. João Curvo.É didático sem ser chato.
http://oglobo.globo.com/online/blogs/vivermelhor/
Ah! tome muito suco de melancia ou abacaxi, ambos com hortelã. É diurético e ajuda a descomprimir o cérebro. O coitadinho fica apertadinho dentro do crânio e nós desembestadas fazendo sandices....
beijos naturais

Carrie, a Estranha disse...

Ah! Descomprimir o cérebro! É tudo q eu preciso no momento! Depois vou olhar! Valeu!
Bjs

Cris disse...

a TPM me transforma num monstro, mas ainda não pensei num nome adequado pra ele.

Jussara disse...

Ai que meda! só vou te escrever então,depois que passar sua TPM,rs;o pior é que eu tb estou assim... e acabei comendo o que não devia, o que os médicos sempre falam para NÃO comer: ganhei um pedaço de pavê, e detonei rapidamente; fui ao cinema e entrei na pipoca com pimenta(tb super desaconselhável,pelo sal e pela pimenta). Enfim, na próxima tb vou beber mais água, chás diuréticos, fugir dos doces... esse inchaço é mesmo terrível.

ella disse...

Meninas, você conhecem o Eusimar Coutinho? Aquele mpedico que escreveu a Sangria inútil. Na casa dele ninguém menstrua, e prova que menstruar é uma coisa desnecessária. E juro queria ter conhecido esse homem quando minhas múltiplas personalidades (todas insuportáveis) tomavam conta deste ser. Senão, só a Menopausa salva!

bjs.

Anônimo disse...

Na literatura médica ha relato sim, de pelo menos um caso jurídico em que o fato da ré estar em TPM contou como atenuante. Não acompamhei mais este setor de publicações, mas é possível que haja outros.

Corisco Heilborn disse...

você tem amigas feministas? isso deve ser pior que tpm. dê três pulinhos, plante bananeira e as esqueça. sua vida vai melhorar.