quarta-feira, novembro 08, 2006

Personal cubismo







Hoje eu acordei meio assim. Fora do tom. Fora de mim. Fora do mundo. Aos pedaços. Um terrível desencontro se opera entre mim e o resto. Ou entre partes de mim e o todo. Não acompanho a melodia. Descompasso. Eu só sei ser esses pequenos pedaços de mim. Eles me bastam.

7 comentários:

VanOr disse...

É o tal do inferno astral. Viva o inferno: rendeu uma composição (fotos, texto) ótima!

Pierre Vieira disse...

Rs, algumas soluções (acho), hipoglós, novalgina gotas, ass, sonrisal, geléia de mocoto imbasa no copo, mingau de cremogeme, chaves, sitio do pica pau amarelo... este seu baralho ta demais figuraça.

Pierre Vieira disse...

Ops, cremogema.

Carrie, a Estranha disse...

Ahhhhh...sítio! Chaves! Ver desenho com leite condensado!

Van,

Antes fosse...antes fosse.

Carrie, a Estranha disse...

Pierre,

Vc já viu "Desconstruindo Harry", do Woody Allen, em que o cara acorda, de repente, fora de foco?

Acho q é nesse - mas não tenho certeza - q um dos filhos de um dos casais (filme do Woody Allen quase sempre tem uns 2 ou 3 casais), bate a cabeça - mesmo - e passa, de democrata a republicano fervoroso. Hahahaha...é muito hilário!

É mais ou menos por aí...tudo isso...

Bjs

MM disse...

Carrie, belo cubismo, ficou demais!

MM disse...

E belo pequeno texto!
Bjs