segunda-feira, setembro 25, 2006

Festa de 30 anos


Ando num dilema atroz. Vou fazer 30 anos dia 15 de novembro. Queria fazer uma festa que fosse diferente. Só que os problemas já começam na escolha da cidade em que vou comemorar. Explico.
Como vocês sabem, nasci em Volta Redonda, mas moro no Rio. Além disso, minha família está dividida entre Rio e Minas. E mais: meus amigos estão divididos entre Rio e Minas. Claro que eu sei que existem aqueles que irão até se eu resolver comemorar na lua. Mas ao mesmo tempo tem o quesito espaço.

Aqui no Rio meu apartamento é muito pequeno. Em VR minha casa é grande, mas sei que algumas pessoas não iriam. Ao mesmo tempo, é grande, mas não dá pra hospedar tooodo mundo. Em Minas eu teria que encher o saco de tios/tias, além de ser inviável pra algumas pessoas daqui do Rio.

Passemos para os problemas de outra natureza: o que fazer? Eu ando chata. Muito chata. Um campo gravitacional anda me prendendo a minha casa e a minha cama. Não tenho agüentado muito barulho, bebida...além disso, queria algo diferente. E recapitulando meus aniversários dos últimos 15 anos eu cheguei aos seguintes resultados:

A) Minha festa de 15 anos foi um big churrasco na minha casa de VR onde eu tomei um porre (meus quinze anos foram anos de intensas bebedeiras. Fígado novo...). Gugu, amigo nosso, mijou na cama de casal do quarto de hóspedes, queria colocar um bebê em cima pra disfarçar e “morreu” de tanta bebida debaixo da minha cama, com todas as minhas amigas patricinhas do colégio olhando em pânico. Deviam ter umas 50 a 60 pessoas na minha casa.

B) Alguns aniversários de festinhas com pouca gente em minha casa em VR.

C) Alguns aniversários com a minha turma da Cal, aqui no meu apartamento minúsculo, com gente até no banheiro.

D) Alguns aniversários em bares, com pessoas da família e poucos amigos, aqui no Rio.

E) Aniversário em Andrelândia.

F) Aniversários só com meu namorado.

G) Aniversários em viagem.

H) Aniversário na festa de formatura do meu primo Davi.

I) Aniversários em VR, sem fazer nada.

Pra esse ano eu tinha pensado em algumas alternativas que marcassem de forma intensa:

A) Uma festa de debutantes com 30 amigos dançando valsa.

Prós: seria hilário e diferente.
Contras: seria caro e acho que não tenho 30 amigos que topariam pagar esse mico. No máximo uns 20.

B) Uma festa à fantasia em Voltaço, talvez com alguns amigos tocando. Comes e bebes básicos.

Prós: mais fácil e menos bizarro do que as outras alternativas e poderia dividir meus hóspedes na casa de amigos.
Contras: minha mãe é fofa, mas é meio tensa em relação à mega eventos dessa natureza.

C) Tertúlia literária/sarau musical. Uma coisa meio anos 50. Os convidados que desejassem declamariam poesias e/ou textos. Trariam textos para serem lidos na hora (de sua própria autoria ou não). Traje obrigatório: preto total. Poderiam ir caracterizados como escritores beatniks. Uma coisa meio existencialista, meio Sartre. Seriam servidos café com bolo, bebidas alcoólicas como conhaque, gim e Cuba Libre e torta salgada. Música ambiental ou no caso de convidados muito talentosos, algumas exibições seriam permitidas, com parcimônia.

Prós: seria muito hilário e muito diferente e é a alternativa que mais se aproxima de mim no momento.
Contras: tirando um ou dois amigos o resto pensaria que eu definitivamente surtei de vez e simplesmente não iria. Aliás, eles já pensam isso. Ou, na melhor das hipóteses, rapidamente encheriam a cara e pegariam um violão. E eu odeio rodinhas de violão.

D) Um Haloween.

Prós: Nunca fiz e seria relativamente fácil e pouco dispendioso.
Contra: não é a alternativa mais original, e novembro já tá meio atrasado pra ter Haloween. Além disso fantasia de vampiro em pleno novembro dá um calor...

E) Um retiro espiritual num spa.

Prós: morro de vontade de ir pra um spa.
Contras: acho que ia deprimir de passar meu aniversário sozinha.

Outros problemas que enfrento, de natureza geral: como sou sociopata e anti-social quase não vou, ultimamente, aos aniversários de meus amigos. Tenho medo de que todos resolvam se vingar e caguem pro meu. Mas aí lembro que nem todo mundo é ruim e vingativo que nem eu.

Tô aceitando sugestões.

14 comentários:

VanOr disse...

Aniversário de trinta TEM QUE SER COMEMORADO, BEBEMORADO E ATÉ FUMADO! Gostei da festa beatnik, mas acho que não arrebenta a boca do balão como exigem os trinta. Tem que arrepiar, Carrie, botar pra ferver, entrar na rua Augusta a 120 por hora. Amanhã falamos sobre isso, mas já vou te adiantando uma coisa: não vou me pesar. Não estou psicologicamente preparada pra isso ainda.

bjs,

Van

Carrie, a Estranha disse...

hahahahaha!

Anônimo disse...

Acho as alternativas C e D legais...,
Mas meu voto é uma festinha básica na casa da Formiga Senior e Cunhado Único.
Chame os primos, amigos volta redondenses e os do Rio.
Ah, e q essa festa seja no sábado!
Bjs
Formiga Sister

Dani disse...

Letra A. Mas eu acho que a dificuldade maior vai ser arrumar 3
0 homens...rsrsrsrsrs

Anônimo disse...

Acho a alternativa A e B bem muito interessante, o lugar não importa. Vc sabe que eu vou mesmo né? rsrs.Gisele

Joselita Sem Noção - VOTE 22 (maluca sim, surtada tb) disse...

Desde que ouvi pela primeira vez a idéia do baile de debutantes, achei o máximo! Hilário e original. No entanto, deverão ser feitas algumas adaptações. Imagine 30 homens e 30 mulheres dançando... Teríamos a festa inteira valsando! hahahahaha Já virou tradição na turma essa idéia de comemorar os 30. Aliás, motivos não faltam pra isso. Só de pensar que estamos no auge de nossa maturidade (inclusive, sexual - uuuuueeeebaaaa!) já é um estímulo e tanto! Voto em qualquer quebradeira. Não somos vingativas. Amamos nossos amigos e queremos é FESTA! De preferência VIP, porque o resto é resto e nós somos uó (de bom)! rs Beijos! Fê

Carrie, a Estranha disse...

Aê... tenho q dar esporro pra geral vir aqui opinar. Agora só falta a ordinária da sua irmã.
bjs

Fê disse...

Meto o bedelho muito tempo depois... Sou meio "atrasilda" mesmo. hahaha
Beijos!

anna v. disse...

Carrie querida, compartilho suas aflições. Faço 30 na próxima quinta, 5/10, e tb sofri pensando na comemoração.
Primeira máxima: esqueça qualquer hipótese que não seja bombástica e apoteótica. Meu lema atual é: 30 anos não são 30 dias.
Segunda máxima: não importa se vc está passando por uma fase boa ou má na vida. Todas as suas fases futuras serão meio ruins se seus 30 anos não forem memoráveis.
Mas enfim, eu fiz o seguinte: aluguei todos os quartos de uma pousada em Paquetá no fim de semana 7 e 8/10. De modos que quem quiser pode passar o sábado, ou o domingo, ou dormir lá. Churrasco num dia, macarrão no outro. Piscina. Campinho de futebol. A recepção do público tem sido o maior sucesso.
Para colocar como vc fez:
Prós: Paquetá é exótico e bate na memória afetiva das pessoas (todo mundo gosta).
Contra: se chover vai ser uma merda.
Pró do contra: se chover eu vou fazer uma chantagem emocional tão gigante que todos serão coagidos a ir.
Se vc quiser pegar a barca e aparecer, será bem-vinda. Se não, depois eu te conto como foi.
Bom, foi mal pelo tamanho do comentário, mas enfim, identificação total, hehe.

MIlema Medeiros disse...

Eu voto na letra A. E é tranquilo arrumar as 30 meninas e meninos. Se precisar de ajuda. Bjinhos

Dede disse...

Eu voto na letra A. Sendo assim, vc só precisa arrumar 29 homens.
Dede

Anônimo disse...

Estou com o mesmo problema, vou fazer 30 neste mês, quero fazer uma festa flash house, uma noite inteira em volta de amigos cantando e dançando com sucessos das domingueiras.
Bem se não for uma viagem paradísica eu prefiro a festa com30 casais debutantes é claro... rsrsrsrs

Mari Migliacci disse...

e eu que fiz a grande besteira de organizar a festa de trinta de uma amiga...sem idéias...nenhuma...se tiver alguma (se achar uma) me ajuda!
escorpiana tb...e saquei pelo sociopata, anti-social e vingativa, antes de saber q o aniversário era em novembro.

ah! achei o seu blog no desespero de 'montar' a tal festa.
seu post é de 2006...se vc 'achar' o comentário perdido (espero q ache e me ajude, por favor NOssa Senhora da Rede Mundial de Computadores)me diga o q acabou decidindo e me dá uma luz! hehehe

Obrigada e desculpe a invasão virtual.

Bjo

ticia_santana disse...

Nossaaa..como tem gte preocupado e pensando tipo eu.....o que eu vou fazer na minha festa de 30 anos, msm pq acho q se eu não fizer nada....vou ficar mto deprimida..30 anos...balzack...aff...

Mas o q vc fez???? Qual foi a escolha??
bjoos

Le.