quarta-feira, abril 14, 2010

Não me inveje, tenha um blog FODA que nem o meu

O Formspring tem sido interessante pra descobrir algumas coisas. Em primeiro lugar, como as pessoas têm curiosidade sobre a minha vida e perguntam coisas pessoais! Mesmo tendo um blog onde eu falo coisas tão pessoais. Meu Deus! Algumas dão pra responder. Outras, infelizmente não. Não dá pra ficar botando a cidade e o bairro onde eu moro.


Sem dúvida a minha maior surpresa foi perceber que tem uma fila de gente que me detesta. Menos, Carrie. Que pretensão a minha. Na verdade é uma pessoa só que botou três comentários ofensivos e que eu deduzo que seja a mesma que vem botando uns comentários meio malas por aqui também – afinal a linha editorial, o tom debochadinho/engraçadinho é sempre o mesmo. Acho que tem a ver com o tipo de assunto que se aborda no blog. Eu tenho um jeito debochadinho/engraçadinho de ser no blog e atraio gente deste tipo. Com a Roberta as pessoas se sentem à vontade para perguntar intimidades sexuais. Com a Bel não param de fazer perguntas sobre suicídio. E por aí vai. Num universo de cento e blau, até que tá bom. Não vou entrar no mérito de porque a pessoa faz isso, afinal ema ema ema, cada um com seus pobrema. Sim, porque acho que ninguém duvida que é pobrema de neuvro - e dos grave - uma pessoa agredir a outra anonimamente com argumentos do tipo: “você é boba, feia e chata” e que isso denota o quão importante o ofendido é para a pessoa. A ponto dela ficar entrando toda hora e perguntando coisas seguidas e iguais e lê uma coisa no seu blog e vai lá e provoca no Formspring... Nossa. Que preguiça.

Outra surpresa foi ver que as pessoas têm uma imagem de mim completamente diferente do que eu sou. Um leitor no blog da Roberta, ao ver a minha foto, disse: “nossa, mas ela não tem nada de estranha”. Gente. Relou! O que vocês pensam? Que eu sou o corcunda de Notre Dame? A bruxa do Oeste? Que eu guardo a vassoura atrás da porta? Ou que sou mesmo a personagem do Stephen King, que anda por aí cheia de sangue de porco e matando as pessoas com o poder da mente? (quem dera). Uma menina – não sei porque acho que é menina, mas acho que é - perguntou se eu me sinto feia e gorda. Oi?

[Parênteses para falar da minha mãe que logo disse: “mas é claro! Você vive falando que você é gorda no blog! Quer que as pessoas pensem o quê?”]

Quero que as pessoas tenham um pouco mais de senso de humor e levem as coisas menos a sério, não tomando tudo que eu escrevo como verdade absoluta. Mas, pelo visto, não. E volta e meia tô eu aqui, fazendo o que eu mais odeio: me justificando. Sou só uma garota comum. Ordinária, no sentido de corriqueira. Com várias qualidades e vários defeitos. Que tem amigos, emprego, família, que sai, que fica com uns caras de vez em quando, que acha tudo uma merda, depois acha tudo ótimo, mas que tem suas esquisitices como todo mundo. E que conta algumas coisas num blog. O que eu falo - ohhhh!!!- não é a verdade absoluta.

E a mais bizarra de todas foi perceber que tem gente que realmente acha que eu gosto do Alexandre Frota a ponto de querer transar com ele. Tsc, tsc, tsc...

É, quem mandou ter Formspring, Carrie? É, é ridículo, é só mais uma bobagem, só uma brincadeira. Mas me deu o que pensar.

Como volta e meia eu faço, tá na hora de dar uma mudada na linha editorial do blog.

Dito isto, encerro aqui os comentários sobre o Formspring.

Aproveito pra acender uns incensos neste blog, dar um banho de sal grosso, benzer... ainda bem que dia 23 tá chegando. Valei-me São Jorge. Me livre desse povo ruim e à toa.

17 comentários:

Adolpho disse...

Faz tempo que eu acompanho seu blog e o da Roberta (gosto muito dos dois), mas nunca comento nada. Dessa vez, apesar de nao ter nada a ver com o assunto do post, gostaria de dizer que vc esta linda com o cabelo vermelho na foto que ela postou.

SILVANA FOUREAUX disse...

Carrie,
leio seu blog diariamente, apesar de não comentar. Acho sensacional a forma como você relata suas "aventuras". Pena que nem todos percebam suas ironias que tanto enriquecem a leitura.
Continue a publicar do seu jeito e não se sinta obrigada a justificar.
Abraços,
Silvana

Alê disse...

Olá

Carrie, que dureza hein?

Sabe, minha avó materna (ainda viva), é de Minas e ela sempre diz essa frase, quando ela vê que têm pessoas sem semancol:

- Minha filha, manda esse povo pra bem longe, para onde não não canta galo e nem galinha.

Bom, vou te escrever algo particular, que eu passo, às vezes, como leitora: eu já interpretei um ou outro post em blog como algo pessoal, mas depois eu entendi que a pessoa que faz o blog é a dona(o) dele e escreve o que bem entender.
Aprendi com isso, a abrir a mente e a pedir desculpas também, porque, em certos casos, dependendo da situação, posso transmitir a sensação de intolerância.
Só que existem pessoas que realmente não agem dessa forma.
Eu escrevi isso porque muitas vezes, no âmago de querer defender minhas idéias e na inocência dessa auto defesa, sei que posso magoar alguém, mesmo sem perceber.
Mas, escrever para um blogueiro em tom de ironia, ofensa, ai não, isso não.
Eu aprendi que há metáforas em posts e que todos podemos ser bons amigos, basta respeitar o espaço de cada um.
Acho que hoje em dia, o que menos existe é respeito e tolerância, e por isso o mundo está assim.

Adoro seu blog.

Beijos

Alê

P.S.: Eu chorei com a citação da frase do livro. É muito bonita.

Carrie, a Estranha disse...

Muito obrigada, Adolpho. Eu tb gostava bem.

Carrie, a Estranha disse...

Oi Alê,

Obrigada pelas palavras de incentivo.

Este livro é muito bom. Acho q vc vai gostar. É da Ed. 34 a versão q eu tenho. É muito boa, pois é uma tradução direto do russo, feita pelo Bóris Shnaiderman, um especialista em Dostoiévski.


Oi Silvana.

Muito obrigada pelas palavras. São os ossos do ofício! Rsrsrs

Yêda Alencar disse...

Carrie, não muda a linha do blog nãooo!!! haha, adoroo vc e a roberta... leio todo dia, me identifico mt com vcs e sempre digo um dia ainda vou conhecer as duas pessoalmente, pq melhores amigas como vcs não deve existir. haha. Olha, povo invejoso existe em todo tipo de blog, e digo isso pq leio vários. Se tu fala de beleza, tem os q te chamam de feia, se tu fala da tua vida, te chamam de patricinha, fútil, se tu fala de politica, te chamam de metida a intelectual, enfim, sempre vai ter os idiotas da plantão. Então, como diz uma comunidade do orkut, Ligue o Foda-se e seja Feliz. E se tu fosse gorda, feia, e anadasse banhada de sangue de porco, o q teria?!? Ninguém tem nada a ver com isso!! Por falar nisso, adoro Stephen King e Carrie é mt bom! tenho o livro e o filme. haha. É isso. Bjos!!!

Carrie, a Estranha disse...

Oi Yêda!

Ah, lindinha. Obrigada! Ué, é só vc vir pro Rio um dia e a gente marca.
Vc tem toda razão.

Bjs

Regiane disse...

Como já tinha dito que esse negoicio é viciante..rs..vou meter o bedelho tb.
No mundo de "greiscol" que habito, não conheço MULHERES com doutorado com senso de humor,ou que pelo menos tenham um blog FODA como o seu. As pefêssoras, por conta da força do preconceito idiota são obrigadas a se camuflarem, e é ISSO que te diferencia dos demais. Que pelo fato de ter ralado e estudado muito não parece ser aquelas intelectualóides arrogantes, chatas e por aí vai ladeira abaixo.Pelo contrário! Tens humor inteligente, e não perdestes a tua doçura.
Ok?
Tá bom pra ti?
Então tá!
Bjocas

Carrie, a Estranha disse...

Ô Regiane! Que isso! Que coisa fofa. Mereço isso não. Fico até sem graça. Parece q eu botei este comentário só pra ficar ouvindo elogios. Muito obrigada, viu? Graças a Deus a maioria dos meus leitores são como vcs q comentaram aqui: conseguem entender as brincadeiras e sabem q isso é só um blog de uma pessoa anônima q gosta de escrever.

Bjs

Lilith disse...

Carrie...eu acompanho seu blog já faz um tempão e gosto muito da maneira como você conta as histórias, os fatos...gosto do tom irônico...quem não entende não deveria continuar lendo, sabe o probleminha de intepretação de texto??...deve ser esse o problema dessas pessoas...ou só é falta do que fazer mesmo...
Eu vou fazer o caminho contrário...vou lá conhecer o blog da Roberta...
bjus.

Carrie, a Estranha disse...

Muito obrigada, Lilith.

Sim, vá conhecer é blog da Roberta, o O mundo é estranho. EU gosto muito.

Bjs

reginaldo pereira disse...

os teus cabelos tomaram a cor vermelha
e enloureceram

as tuas cicatrizes multiplicaram-se
e ficaram depois impossiveis de encontrar.

A tua voz foi estremecendo
tornou-se mais firme, sussurrou, tremeu
transformou-se numa melopeia
era o único som na noite de todo o mundo
por fim calou-se, a meu lado

os teus cabelos lisos encresparam-se
os teus olhos claros escureceram
os teus dentes grandes ficaram pequenos
a pele bem esticada dos teus lábios
adquiriu o aspecto de um desenho suave, delicado e macio

no teu queixo sempre liso
descobriram os meus dedos uma depressão que nunca lá estivera

e os nossos corpos em vez de um ao outro fazerem doer
uniram-se fácilmente num só

enquanto na parede do quarto
à luz da lanterna vinda da rua

se moviam as sombras das arbustos dos jardins da europa
as sombras das árvores da américa
as sombras das aves nocturnas de toda a parte.

PETER HANDKE

Milema disse...

Esquenta a cabeça nao.
Pelo menos esse form esta me divertindo a beça. Morro de rir da loucura da cabeça das pessoas.
Bjinhos

Simone Tafinel disse...

Ahhh agora tem que logar no form pra fazer pergunta procê? Eu morro de preguiça de criar contas nessas coisas =/
Anyway, tem mta gente sem loção no mundo Carrie, até eu, que sempre te li mas nunca comentei. O mundo é estranho...
bjos (eu que perguntei das fumigas)

***GrAzI disse...

É como vc já disse outras vezes: "não gostou? se manda" rsrrsr
Eu sou da outra turma, já que gosto e sempre dou uma passadinha aqui!
Adoro seu tom irônico e sua disposição de nos "entreter" seja com humor, informação ou pedaços do seu dia a dia!
Beijokas!!

Carrie, a Estranha disse...

Oi Reginaldo,

Que lindo.

Milema,

Ah é, né? temq rir pelo menos.

Simone,

É, agora tem...

Grazi,

É isso aí!

Bruna França disse...

Carrie,
So tem gente lou-ca! as pessoas q nao conseguem ter blogs tao legais qto o seu ficam c inveja na periquita e comecam a aborrecer. liga nao! rs
bjos