segunda-feira, setembro 28, 2009

Free Polanski

Revoltada com a prisão do cineasta Roman Polanski em solo suíço. O cara vai lá pra ser homenageado e – pimba! – um mala de um policial que não tem o que fazer em Los Angeles pede a extradição dele? E o tráfico em LA, tá como? E as celebridades dirigindo bêbadas?

Polanski, para quem não sabe, foi acusado de drogar e abusar sexualmente de uma menor de idade, em 1973. Pedofilia, pra mim, é um dos poucos casos em que a pena de morte é passível de discussão (com direito a requintes de crueldade), mas...13 anos? Vamu combiná, né? Não digo que ele não tenha tido nada com ela, inclusive ele se declarou culpado na ocasião, mas...A própria moça já retirou a queixa. No Globo de hoje saiu que isso teria sido uma armação da mãe dela.

Polanski sempre teve preocupação de só visitar locais que não possuíam tratados de extradiação com os EUA e nem quando ganhou o Oscar por “O pianista” pisou em solo estadunidense. Aí vem a mala da Suíça e prende o cara no aeroporto?

Já estou recolhendo dinheiro para ir pra Suíça e me postar em frente à delegacia com cartazes de apoio.

Gente! O cara teve a esposa morta, grávida de oito meses, pelo Charles Manson. Cara...quando eu lembro disso eu penso: como uma pessoa dessas se levanta todos os dias da cama?

3 comentários:

ila fox disse...

Não sabia que a Sharon Tate era esposa dele. Coitado. :(

Ângela F. disse...

hm. eu não dou conta de relativizar os 13 anos nao.

Menina Eva disse...

Carrie, eu pensava bem parecido. Aí, li uma coisa no Hermenauta que me fez pensar.

Se fosse um padre, o que nós pensaríamos?