quinta-feira, fevereiro 14, 2008

Eu vi, eu vi um cachorrinho.






O que é o destino minha gente. Venho falando algum tempo sobre cachorrinhos. Hoje saio para caminhar próximo ao meu logradouro gothancitiano e eis que, de repente, me deparo com essas três fofuras abandonadas em uma esquina. O meu bairro é super residencial, calminho e tranquilo. Daí deixaram os cachorrinhos na esquina - eu nem vou dizer o que um ser humano que faz isso merece. Tem diversas associações de bicho...porque não leva pra um lugar desses?


Claro que não consegui continuar a caminhada. Até tentei, pensando que o simples fato de eu levar três caezinhos, ainda que durante algumas horas, pra minha casa poderia fazer minha mãe infartar. Voltei, catei os cachorrinhos e estou com eles aqui. Vou levar a um abrigo (sim, minha mão não deixa eu ficar com nenhunzinho. Isso porque a gente tem quintal aqui. Enorme. Sim, eu tenho 4 aninhos). E ela também não me deixa levar pra minha casa no Rio. E, sim, eu tenho que obedecer, porque...bom, longa história. Que pode ser resumida a: no momento eu não tenho um puto. Muito triste.


De modos que, se você morar perto de Volta Redonda, Barra Mansa, Resende (ou quiser vir de onde você estiver até aqui) e quiser um desses lindos caezinhos, eu estou dando. Já falei com os caras da obra, o vigia da rua...


Os cachorros quase não tomaram o leite que eu botei nem a água. Só tremem. Minha mãe diz que eles estão com hidrofobia, doentes, que vão em atrapalhar na qualificação, que toda a minha vida vai virar um caos por causa dos cachorros, que não latem, que devem ter um problema muito sério, que eu tenho que dá-los o mais rápido possível...mas por enquanto - só por enquanto - eles são meus. E estão lá. Mimindo. E eu vou lá e brinco com eles, aperto eles e finjo que eles são meus.


Será que se eu der leite na seringa eles tomam?Acho que eles tem 1 mês, né? Acho que são pastores alemães, o que vocês acham?


Qualquer pessoa que puder ajudar com informações (porque a pessoa aqui não entende muito de cães) - ou pedidos que comovam minha mãe - sintam-se à vontade.


12 comentários:

Patricia disse...

Ai, Carrie, um tempinho sem vir aqui e chego e econtro essas fofuras. Eu não entendo de cachorros, só de gatos, mas diria pra sua mãe a frase da Roberta: bichinho faz feliz! fala pra ela que um cachorrinho, um só deles, vai deixar a casa mais alegre, que ela logo vai se apaixonar, que você vai ajudar a cuidar dele, que vai sempre visitá-lo. Diante de bichinhos, eu sempre vou ter 4 aninhos.
Patricia do Rio

Jussara disse...

Ai, que dó! eles são fofos!! mas se aí tem associação, leve pra lá mesmo então :(. Será que eles não tremem pq estão com medo?sentindo falta da mãe? eles são grandinhos, já deviam estar bebendo no pires; mas tente dar na seringa sim; de preferência naquelas de insulina, mais finas, mas se não tiver, pode ser outra. Eles não latem pq ainda são mto pequenos. Não acredito que seja hidrofobia, aparentemente eles estão saudáveis. Tb acho que não são pastores, mas vira-latinhas(os melhores). Não sei o que dizer pra sua mãe; se ela não gosta de animais, fica difícil. Agora animal não atrapalha, só traz alegria e ainda faz companhia e faz bem ao coração, provado pela ciência.Espero que dê tudo certo com eles.

Bella disse...

meu deussssssssssssq coisucas fofas!!! ahhhh, eu tb quero!!!
olha, não sei o q são, mas comc erteza não são pastores!! devem ser vira latinhas com alguma origem de raça pq tb não tem aquela pinta clássica d vira latinhas sangue puro!
bjs

anna v. disse...

Muito lindos. Escreve para a Marina W (www.blowg.pixelzine.com), que ela sempre divulga no blog dela (milhaaares de acessos) pedidos para adoção de fofuras como essas.
Beijos

Cristiano disse...

Oi, Carrie
Entro aqui há um tempinho, adoro. A partir de hoje te adoro ainda mais. Diz pra sua mãe que é uma das mais lindas formas de afeto. E que quando Ulisses chega a Ítaca, o primeiro a reconhecê-lo é o seu velho cão, enquanto todos os humanos levam um tempo ou precisam que ele prove. Olha só, pela foto, acho que já estào espertinhos e podem comer uma raçào para filhotes molhadinha em água morna. A raçào é boa porque tem todos os nutrientes, é higiênica e prática. Menos trabalho para quem cuida, hoho... E dá uma olhada pra ver se ekes podem ser vacinados. E a Marina W ajuda a divulgar, sim. Ela é minha amiga pessoal, e adora bichos. Outro blog que ajuda a encontrar donos é o da Cora Ronái.
Um beijão e vá dando notícias deles, por favor.
Bia

Carrie, a Estranha disse...

Oi, pessoas!

Muito obrigada por todas as informações. Eu quero sim, q a Marina W divulgue. Se vc puder ajudar, Bia.

Bom, vou indo.

Bjs

Natiz disse...

Oii Carrie!

Então, provavelmente eles não foram vacinados e podem ter vermes (normal em qualquer animal, inclusive na gente), pra saber se eles estão relativamente bem, olhe a mucosa de dentro dos olhos deles, se estiver rosinha estão bem, se estiverem pálida podem estar doentinhos, outra coisa é puxar um pouco de pele do corpinho deles, se demorar pra voltar ao normal é porque estão desidratados.
Quanto à raça, tbm acho q sejam guapequinhas (lindos, por sinal).
Em relação a sua mãe, diga a elas que quando um animal é adotado ele por alguém q lhe trate com carinho a retribuição que ele dá em troca é algo inexplicável, ele mostra o quanto é grato através do olhar, do Respeito, do Carinho, enfim, ele terá uma gratidão muito grande. Sei disso por experiência própria. =)

Bom, é isso. Espero q tenha te ajudado! =)

Bjooos!!

Natalia disse...

Ah! E a pessoa q abandonou esse cachorrinhos deveria ter um piriri dos brabo! rsrs
Outra coisa, a Natiz daqui de cima sou eu! rsrs

Carrie, a Estranha disse...

oi, natália!

Sim, como o post q eu vou colocar agora diz, uma delas está com vermes.

Qto a mucosa, boas dicas! Eles tem olhinhos muito pretos e vivos, mas ainda não vi.

Qto ao teste da pele...eu puxei eles (tipo gato) e tá normal. Voltou.

Bjs e valeu

Suzana disse...

Oi, Carrie =)
Eu, assim como o Cristiano, entro aqui há um tempo e tb adoro, mas nunca tinha comentado. Me identifico horrores!
Que surpresa boa saber que vc se mobilizou com os cachorrinhos. Há umas 3 semanas atrás, estava com dois gatinhos pretos que achei no lixo e estava como doida atrás de gente pra adotá-los. Olha, nunca achei tanta gente legal, que ajuda e se mobiliza com a cauda. No orkut - se vc tiver - tem milhares de comunidades de animais abandonados, animais, adotantes etc. Divulga por lá tb ;) Fora que existem muitas organizações online e foruns que ajudam a divulgar animais para adoção. É só recorrer à sabedoria milenar do Google.

Infelizmente (in?!), minha experiência foi com gatos, então é um 'pouco' diferente. Mas é legal que vc comece com o vermífugo, caso eles não estejam muito fraquinhos.
Não parecem, não, mas ninguém melhor do que um veterinário para avaliá-los direitinho. Com isso, complementei a alimentação dos meus com um complexo vitamínico e tb com muita água de coco güela abaixo pra hidratar.

Enquanto eles não acham um lar fixo, vc vai ter "um trabalhão", mas a satisfação que vai sentir em vê-los saudáveis e devorando os pés das cadeiras (brincadeira) não tem tamanho. Só toma cuidado pra não se apegar demais, porque dá uma saudaaade, quando eles vão embora... =/
Toda sorte pra vc e pros pulguentos. São lindões!

Carrie, a Estranha disse...

Oi, Suzana

Valeu pelas dicas aqui e no post anterior. POis é. Trabalho era tudo que eu não podia ter agora.

Bjs

Marcia disse...

Não li os comentários, pois estou com pressa. NÃO DÊ LEITE DE VACA PARA ELES! O leite de vaca só dá diarréia e não alimenta os cachorrinhos. Vou te passar uma receita de leite para substituir o leite materno canino. Se puder leve-os a uma veterinária.
Eles são leeeeeeeendos!