quinta-feira, junho 14, 2007

Stop me, please.


Eu estou viciada em compra de livros pela internet. Alguém por favor intervenha porque eu estou sem limites. Especificamente: estou viciada no site Estante Virtual. O site é um portal de sebos que faz a ponte entre o leitor e sebos do país todo. Daí é só você depositar no banco (tem várias formas de pagamento, depósito em vários bancos, etc) e em poucos dias seus livros chegam. Ou seja: você escolhe, paga e...tcharan! O livro surge na sua casa. Que delícia chegar em casa, abrir sua caixa de correios e ter livrinhos esperando por você, embaladinhos...Rápido, fácil e sem complicação, que nem pegar dinheiro emprestado em financeira. Se você tem um fraco por livros e ainda não conhece a estante virtual, humm...melhor nem conhecer, leitor. É um caminho sem volta.

E os livros estão quase novos e por um preço bem em conta.

Já comprei seis livros. Quatro eu realmente precisava pra minha aula.

Também comprei os livros da Fal: Crônicas de quase amor e O nome da cousa. Esses eu comprei direto com a autora. Demorou, mas por fim chegou com um pedido de desculpas da Fal e dedicatórias fofas. Já tô quase acabando o primeiro. Uma lindeza de livro! Como tudo, aliás, que a Fal escreve.

O problema dessas relações virtuais de dinheiro é que você perde a materialidade do rombo na sua conta bancária. É tudo tão virtual que você só cai na real quando chega no banco e não tem realmente nada para tirar da sua conta. Sinto-me igual a quando eu era criança e perguntei pra minha mãe porque os pobres não davam cheques, já que eles não tinham dinheiro (Maria Antonieta Rules!).

Ontem eu “tive” que comprar O falcão maltês, na feira de sebos da Cinelândia (uma bosta) que eu nunca li, além de uma coletânea de contos policiais cubanos de vários autores que eu nunca ouvi falar, no sebo do Paço.

O problema do viciado é esse: ele nem tá precisando, mas não pode perder a oportunidade. Sempre saio para procurar um livro e volto com três que eu não estou precisando. Alguém me pare.

Vou ser uma velhinha pobre, soterrada por livros que eu não dou conta de ler. Peraí! Eu já sou uma velhinha pobre e soterrada por livros que eu não dou conta de ler. Só faltam os gatos. Sim, pois toda velhinha maluca que se preze tem montes de gatos pela casa.

10 comentários:

Cris disse...

eba, hoje eu sou a primeira. já tem semanas que entro aqui, leio, mas não comento. sei lá porquê. aquele post do aniversário da tua mommy, por exemplo eu achei deslumbrante. mas quanto aos livros: isso deve ser problema de doutorando pobre. quanto mais pobre, mais metido. eu só mando vir meus livros pela amazon.com, tá legal? uia, chique no úrtimo! essa tua última frase sobre a velhinha me lembrou um episódio de sex and the city quando a carrie bradshaw diz que vai virar uma velhinha homeless [ela não tinha dinheiro pra comprar um apê], mas cheia de sapatos. é hilário! faz assim, da próxima vez que te der esses ataques liga pra mim! bjs

Carrie, a Estranha disse...

Hahahaha...sim, eu lembro desse episódio, Cris! Ela até cita uma fábula (que eu não conheço) da meninna que dormia dentro de um sapato...Hahahaha...eu vou ser a velhinha dos livros empoeirados!

Cara, doutorando é muito metido, né? Tem dinheiro pra porra nenhuma, mas qdo é pra livro "ah, não, eu preciso". Agora, Amazon ainda não dá pra mim, não. Aí não dá. Mas adorei a teoria: qto mais pobre, mais metido.

bjs

Cris disse...

menina, mas tem livros que eu procuro no Brasil, na livraria Cultura, por exemplo e vejo que saem muito mais caros quando comprados aqui [livros em inglês, que fique claro]. na Amazon o frete é caríssimo, coisa de 12 dólares, mas eu compro livros usados, em ótimo estado e às vezes pago 5 dólares neles + o frete. e ainda assim sai mais barato do que comprando em uma livraria brasileira. vai entender. é uma côdiloco esse mundo. bjs

Carrie, a Estranha disse...

Olha, q interessante. Bom saber.

Bella disse...

ai to até com medo de clicar nesse link. já sou viciada total em comprar livros e mais ainda pela internet (nem me lembro a última vez q comprei em livraria - na internet é sempre mais barato!)... ui, ui, ui... vc tá me levando pro mal caminho! :)

Cris disse...

carrie, só pra botar mais água na tua boca: eu já comprei livro usado na amazon por míseros U$1,50. um clássico; um desses livros de autores que foram importantíssimos pro movimento X/Y/Z, mas que a gente não acha mais pra comprar nem a pau. olha, e "usado" é figura de estilo. o livro estava em perfeitíssimo estado. por isso que de vez em quando eu fecho os olhos, faço uma prece pra são judas tadeu e mando ver no cartão de crédito. porque vale a pena mesmo! bjs

Gustavo disse...

Minha praia. Minha dica:

www.abebooks.com

É um sebo (acho que) americano. Funciona como o Estante Virtual. O shipping sai mais barato do que a amazon (sendo que vc tem várias opções como "next plane" ou o mais demorado possível).

Ótima pedida para livros que vc definitivamente NÃO vai encontrar aqui.

Já comprei vários livros por preços risíveis (3, 4 dólares e shipping de 9 dólares). Recomendo.

Cris disse...

vou lá fuçar, gustavo. thanks!!!

Carrie, a Estranha disse...

Traficantes de uma figa! Humpf!

Roberta Carvalho disse...

Quando quiser começar a adotar gatos me avisa. ;)

Olha só, eu não posso te parar porque sou completamente viciada em compras pela internet. Quadno o pacote chega parece que ganhei presente, não importa que a conta do presente venha na fatura do cartão. Quer dizer, até importa, mas....

Eu compro de um tudo... roupa, sapato, cd, livro, ração pra gato... até sofá já comprei pela internet. Até hoje só tomei um cano, tô no lucro!

:P