sábado, março 31, 2007

O que você faria, pagaria pra ver?


Mais um Grobo Reporti falando sobre o self made man. Tá, um self made man tupiniquim e pobrinho. Mas a idéia liberal por excelência. Se você é pobre, é porque não se esforça. Afinal, veja quantos exemplos!

Além disso, a ideologia é sempre permeada pela idéia do dom, da sorte, da predestinação. A ética protestante e o espírito do capitalismo.

Sei lá. Acho muito cruel. A maioria esmagadora das pessoas não tem essa sorte.

*

Mudando de assunto, mas nem tanto: o que vocês fariam com um milhão? O que eu faria? Bom, em primeiro lugar vamu combiná que um milhão não é tanta coisa assim né, gente? Um apartamento na à beira mar na Zona Sul do Rio custa isso. Um milhão acaba rápido. Então eu compraria um apartamento na Zona Sul do Rio, mas que não fosse na praia. De dois ou três quartos. Um apartamento que custasse no máximo 500 mil. Depois comprava um carro. Um bom carro, mas nada demais, nada de importados e tal. E o resto eu guardava. Num desses fundos que rendem um pouco mais do que a poupança, mas que ficam estáveis (mentalidade de pobre é foda. Pobre quer estabilidade, casa própria...rico investe, né?). E continuaria minha vida do jeito que ela é.

E se eu ganhasse na Mega Sena, tipo prêmio acumulado, 45 milhões. Uou! Aí a parada muda de figura.

Em primeiro lugar eu daria um milhão pra cada irmão e pra minha mãe. Eu tenho 4 irmãos. Aí já foram 5 milhões. O resto da família, não né, gente? Chega. Tem ninguém passando necessidade.

Depois eu compraria um apartamento na Vieira Souto ou na Delfim Moreria. Sim!! Bem grandão. Depois eu comprava um carro um pouquinho melhor. E mandava blindar (que blindagem é caro). Só um carro tá bom. Tá, talvez eu comprasse um Eco Sport, só pra eu poder ir pra Andrelândia pela estrada de terra e cantar “é nóis de Eco” que nem os fantoches da propaganda. Nada de moto, iate etc.

Depois eu comprava uma fazenda em Andrelândia. E fazia uma grande casa, de cidade grande, claro. Com piscina, churrasqueira, pra juntá os pessoal e queimá umas carne na laje.

Aí eu ficaria envolvida nessas funções e obras. Enquanto isso, terminaria minha tese de doutorado – afinal, eu tenho que terminar, sou uma pessoa de palavra, tenho responsabilidades. Ia mobiliando a minha casa, fazendo meu banheiro branco, minha cozinha planejada...Ah, eu sempre tive vontade de ter um banheiro com televisão, com sofá, com banheira (lóooogico), com material de escritório (banheiros são sempre locais de grandes idéias) com dois vazos, dois chuveiros...pra receber convidados e poder conversar, sabe? Eu adoro conversar com amigas, com a minha mãe e minhas irmãs enquanto estou no banheiro. Praticamente uma sauna grega. Mas sem putaria. Tudo no maior respeito.

Depois que eu defendesse minha tese eu faria uma viagem de volta ao mundo, de primeira classe, que durasse um ano. Só ficando em Hotel Cinco Estrelas. Eu, mamãe e Baru (minha irmã). Pro povo dá sossego e esquecer de mim. Larga do meu pé, plebe!

Depois eu voltaria e aí é hora de pensar na realidade. Eu fundaria uma editora pra publicar meus livros e de novos autores (Só na minha família eu teria várias pessoas pra publicar). E ia viver das minhas rendas. E escrevendo. E viajando. Ah! Outra coisa que eu faria é ir pra um Spa! Sei que nem é tão caro, mas atualmente não tenho condições. Ficaria uns meses.

Aí pro futuro eu pensava em outras coisas. Talvez algum investimento na área artística...uma Casa de Cultura, com vários cursos de Arrrrrrte (AMA? Hahaha...quem sabe algo parecido, mas que não fosse tão mala quanto a AMA). Uma livraria que tivesse oficina de textos, contadores de estórias, rodas de leitura...coisas desse tipo. Melhor: a livraria seria integrada à Casa de Cultura! Bem legal...

Não agüento essas pessoas que vêm dizer que “mas a sua vida não seria mais a mesma” (não MESMO e que bom!) e que “o dinheiro acaba” (ainda que eu torrasse uns 20 milhões nessas bobagens todas, o resto ficava no banco, só rendendo. Até se eu pusesse na poupança eu tava com a vida garantida). “Ah, mas as pessoas mudariam com você. Seus amigos não seriam mais os mesmos”. Cara, como eu sempre digo, eu tenho por volta de seis amigos que são meus reais amigos (eu adoro dizer isso! Tenho certeza que meus amigos ficam fazendo as contas e pensando: será que eu tô no meio? Tem fulano, Tem Beltrano...será que ela pôs Sicrano nessa conta? Sim, vocês que lêem este blog e já eram meus amigos do mundo real estão entre os seis. Ou sete. SIM DANIELE VOCÊ ESTÁ NO MEIO!). E esses não me abandonariam. Eu tenho certeza. Eles não me abandonam nem na pobreza! Hahaha...Pobre do jeito que eu sou, enjoada e mal humorada e eles ainda me chamam pras paradas, mesmo eu nunca indo! Se bobear eu dava um milhão pra cada um deles, também. Só pra eles poderem andar no meu nível e não darem vexame! Hahaha...O resto, os que vierem de graça pro meu lado, eu faço como já faço: dou logo uma patada. Não tenho paciência pra gente falsa nem na pobreza, que dirá milionária. Solto os dobermans pra tocar porta afora.

Nossa...gostei dessa vida de milionária, gente! Tenho todo o perfil de milionária! Acho que vou passar a jogar na Mega Sena toda semana. Ou mês. Nem sei como se joga na Mega Sena. Vou numa casa lotérica segunda feira.

15 comentários:

Anônimo disse...

Rá, pensei q sou eu era doida o suficiente pra ficar projetando vida de milionária!Meus amigos tb eu conto nos dedos de uma mão.
Bjs.

Sandra Lee

Anônimo disse...

For, bem parecido com o q eu faria...
O jogo da mega sena é quarta e sábado.
Tb acho q vou começar a jogar, pois tenho certeza q vou ganhar...
Será q essa certeza faz parte de uma personalidade bipolar?
Beijos,
Bibi

Cris disse...

"Não tenho paciência pra gente falsa nem na pobreza, que dirá milionária"

*
*
*
ahuahauahuahuaha! tô aqui mijando de rir. melhor frase do ano até agora.

*
*
*

deixa eu ser gerente dessa casa de cultura, deixa? mas com carteira assinada, INSS, as porra toda, que eu sou pobrinha e gosto de estabilidade...bj

Bella disse...

menina, tava pensando nisso essa semana?? o q eu faria se ganhasse os tubos na sena. o problema é q eu não jogo na sena. tenho q começar tb... hehee! não ´s só vc q tem devaneios sobre a vida de milionária!
bjs

ella disse...

O que acho curioso, é que o número de apostadores aumenta quando o prêmio acumula, como se uns cinco milhões já não resolvessem alguma coisa!
Agora, casa de cultura não , ando com trauma da AMA.

Agora editora sim,, só publicava fracassado sonhador! Tenho até nomes: ed.Kamikaze, ed.amaldiçoados, ed.suicida, rejeitados... e muitos outros.

Ah e também ia morar no Alaska, aquela terra fria de homão com cara de homão, mão de homão, jeito de homão...:)))

ella disse...

do Globo reporti, o que não aguento mais é obesidade!!Já deu.

Segunfa feira TAMBÉM jogo na megasena.

Sim, fazer planos mirabolantes deve fazer parte da bipolaridade!

Sim, falta de carboidratos, esvaziou minha mente!:):):)

Carrie, a Estranha disse...

Sim, Sandra Lee...acho q todo mundo só tem amigos de verdade q se conte em uma mão. Quem acha que tem mais se engana.

Sim, Balu, valeu pelas informações.

Clis,

A parte em q eu falo em soltar os dobermans é a melhor (daquelas q escreve e se empolga com o próprio texto, né?).

É...quem mais q falou??

Bella, craro! todo mundo sonha com vida de milionária!

Ella,

Num pode, minina! Ficar sem carbo! Pode não! Faz isso não. Carbo bonzinho, amigo...

Ai, não me fala de homão, não...hoje eu vi "300"...

bjs

Anônimo disse...

Moc, e o meu milhão??? Sobrei???
Ah, tb espero que esteja entre os seus seis amigos!!!! Até pq não venho te aguentando todos esses anos à toa, né?! Me ajuda, aí!!!!rsrsrsrs. Brincadeirinha!!!! bjs.
Fló

Anônimo disse...

Tenho trauma de infância com esse troço de MEGA SENA. Meu pai jogou a vida inteira e não sonhava -tinha certeza! - que iria ganhar. Até hoje... Tomei ojeriza desse troço. Arrepio só de ver as filas imensas em frentes as lotéricas, só de pensar que quanto mais acumula mais a chance chega perto do impossível. Desculpa, mas a pessimista aqui hoje sou eu. Meu pai bloqueou esse tipo de sonho pra mim. Mas, no final das contas foi MUITO importante. Reforçou que tenho ser feliz com o que tenho. E muito feliz! Fê

Carrie, a Estranha disse...

Mocreiona,

Craro q vc está entre os seis, né? Dãã...relou! Eternamente entre os seis do meu coração. Te amo, viu?

Mas daí te dar um milhão já vai uma certa distância! Rsrsrs...sacanagem. Vc seria a psicóloga de plantão da minha casa de cultura. Em caso de surto (principalmente da propretária).

Bjs e saudades

Fê,

Só pode ser a Fernanda irmã da Flácia, né? Se não seria muita coincidência! Qt tempo!! Tudo bão?

É, sem dúvida ficar confiando a vida na sorte não tá com nada. Mas tb não custa nada fazer uma fezinha, né?

Durante muito tempo eu não jogava com medo de ganhar. Mas agora eu perdi o medo.

Bjs

Carrie, a Estranha disse...

"Flácia" foi horrível...Flávia.

Milema disse...

Tbem tenho vontade de ter um banheiro bco, com mtas coisa, mas nem chegaria aos pés do seu.
A observação pra Daniele foi ótima!!!

Gisele disse...

Adorei o texto "dos sonhos"....to rindo até agora......aqui será não dá pra mim incluir na volta ao mundo.....posso carregar as malas.....hahaha. bjs.

Gisele disse...

foi mal ai "mim"......péssimo......hahaha

Carrie, a Estranha disse...

vou pensar no seu caso, gisele! rsrsr