domingo, março 04, 2007

Cúmulo da coincidência


Toca o telefone:

- Alô?
- De onde fala, por favor?

(Mansão Carrie White pensei em responder, mas reconheci a voz de cara)

- Rafael?
- Sim!
- Sou eu, Rafael, Carrie, porra!!

(Silêncio)

- Olha só, acho que aconteceu um duplo engano. Meu nome é Rafael, mas eu tô tentando ligar pra Domino’s Pizzaria.
- (Muito sem graça) Noossa! Me desculpe! Você tem a voz absolutamente idêntica a de um amigo meu!
- Não, que isso! Tudo bem.
- Tchau.
- Tchau.

É por essas e outras que eu acredito, assim como meu amigo J.S.B. Haldane que o universo não apenas é mais estranho do que supomos. Ele é mais estranho do que somos capazes de supor.

Um comentário:

Andréa (baiana) disse...

Que medo!
hauhauahuhaha