terça-feira, novembro 28, 2006

Da série "Este mundo não me pertence"

Mulher, solteira, 32 anos. Esse é o perfil do consumidor do futuro.

“O consumidor do futuro é mulher, tem em média 32 anos e, ao contrário do que se pensa, não é rico e tampouco fica conectado 24 horas por dia na internet”. Leia na íntegra.

Ainda bem que eu não sou mulher, nem solteira e nem tenho 32 anos. Ah é, além de ser uma intelectual diletante, que esnoba o proletariado, membro da alta burguesia e portanto podre de rica. E fico conectada 24 h por dia à internet.
Alguém me prepare um banho de ervas.

12 comentários:

Alexandre Avelar disse...

Oi, Aline:
Fique calma que sua cota de besteiras esta bem abaixo do aceitável.
Um abraço
Alexandre

Carrie, a Estranha disse...

Valeu, Alex!

Aline? Quem é Aline?

Bjs

Ila Fox disse...

Vai ver a Aline é amiga da Linda Blair... :-/

Ila Fox disse...

Bom, primeiramente eu acho que estes levantamentos que fazem é balela, acho que os homens estão muito mais consumistas e sem noção do que muita mulher por aí.

É mais fácil julgar que uma mulher é consumista por que elas adoram responder testes, os homens não gostam, logo, eles vão ser sempre a minoria, serão sempre os controlados e equilibrados.

Carrie, a Estranha disse...

Vai ver Aline é a identidade secreta do Padre Quevedo!

Cris disse...

gente, quando eu cheguei aqui confundi tudo. achei que linda, carrie, padre quevedo e todos os outros habitavam a mesma pessoa! lerda eu, não? agora de onde saiu essa aline? é algum espírito?

Anônimo disse...

hahahahah...

Boo...

Aline

Padre Quevedo disse...

Isho non ecziste! Shon todosh fenômenosh paranormaish q habitam uma mente perturbada!!

VanOr disse...

Você viu a capa da Veja desta semana? Está assustadora. Quase não dormi esta noite.

Padre Quevedo disse...

Isho também non ecziste! Shon tentativash de deseshtabilizar a mulher moderna! Permanesha firme na shua opchon, minha filha!

Cris disse...

pior foi a veja dizer: "está faltando homem até pra sharon stone". relôôôôuuuuu! isso é jornalismo? e que história é essa de ter que "arranjar marido"? é como uma amiga comentou lá no blog: estamos em 1906 ou em 2006? pe. quevedo, o sr. tem que ir até lá dar um sacode naquele povo besta da veja, isso sim...

Dani Machado disse...

Acho que a Veja estrapolou essa semana também? Quem vai pagar o meu analista agora, já que ela acabou com meu sonho cor de rosa de "na alegria e na tristeza, até que a morte nos separe"? Me restam 29% de chances de casar, se não me engano. E comentando isso com uma amiga, ela falou que a prima dela casou-se aos 36 e que as amigas tb casam nessa idade,e ela mora em SP, sendo assim, vou arrumar minhas coisas e estou de mudança pra lá, pq meus 20 e poucos por cento tem chances de virar 100%. Sim, existe um sonho de um amor lindo e perfeito dentro de mim. Mas paulista, vai ser dificil de durar até que a morte nos separe (paulistas, eu sei que tem excessões, só que não as conheço ainda).