domingo, novembro 05, 2006

A crônica da Martha Medeiros no Globo de hoje está uma coisa. Fala sobre a idéia que se tem de aproveitar a vida: “e aproveitar a vida passou a ser sinônimo de algo que tem que ser feito emergencialmente, ou você estará jogando a vida fora”.

Eu adoro a Martha. Ainda mais porque ela sempre respondeu meus e-mails e até se deu ao trabalho de entrar no meu outro blog e comentar meus textos depois, em um e-mail. Muito gentil.

*

Na boa, essa Operação Sibéria com a Glória Maria e o Paulo Coelho tá bizarro. Alguém tem contatos com a máfia russa? Pago em euro.

*

E por falar em bizarro, hoje vi um programa no Home & Health chamado “Solteiras na cidade: South Beach”. Mostra a luta de mulheres solteiras em Miami, na night.

Caras...na boa...como diria Caetano: “não sou homem e nem sou branco”.

Eu realmente sou uma estranha. Não sei se isso é bom ou ruim, mas é um fato. Fala sério, mulherada...bora cuidar da vida...

2 comentários:

Jussara disse...

Até tentei ler o texto da MM, mas simplesmetne não dá, desde que O GLobo fez essa "GENTILEZA" com os leitores;tenho que aumentar o texto pra conseguir ler, mas depois tenho que diminuir pra tentar ler a outra parte, enfim...desisti.

Ah Carrie, tb sou estranha... aliás, acho que foi por isso que me identifiquei de pronto com o seu blog, desde o antigo.

Já essa frase do Caetano, rachei de rir; não a conhecia. Acho que vou passar a usá-la,kkkkkkkkk.
Não conheço esse programa, mas é por isso que não gosto da série Sex and the City. Os poucos episódios que assisti, só vi a mulherada correndo atrás de homem...(não sei se é n omesmo sentidoq que vc falou),mas achei o fim da picada, deprimente até.

Carrie, a Estranha disse...

Essa frase do Caetano é ótima. Perguntaram pra ele:"o q vc, como homem branco, acha..." E ele mandou essa resposta. "Não sou homem e nem branco". Qdo vejo esses "papos de mulher" tenho vontade de dizer "náo sou mulher".

Ôôô...bigada pelos elogios! Eu fico toda boba!!

Rsrsrsr

bjs